10 Filmes que fazem bem ao Coração

10 Filmes que fazem bem ao Coração

COMPARTILHE!

Com tanta violência no mundo em que vivemos: arrastões nas praias cariocas, corrupção, roubo de dinheiro público por meio de merenda escolar, políticos corruptos e seus falsos infartos, sempre que for possível olhar para um novo horizonte e usar o cinema para tal devemos e faremos isso. Precisamos fazer um bem maior ao nosso coração!

Sabe aquele filme que nos faz respirar fundo e abrir um lindo sorriso quando termina sua exibição? Se formos colocar nossa memória cinéfila para funcionar, lembraremos de obras-primas que emocionaram e fizeram um grande bem ao maior músculo de nosso corpo. Não importa a nacionalidade, não importa o diretor, não importa que são os atores que estão em cena, existem filmes que ficam marcados para toda uma vida em nossos corações. Você sabia que quando tivermos 70 anos de idade, nosso coração já bateu cerca de 2,5 bilhões de vezes e muitas dessas batidas foram provocadas pela sétima arte?

Pensando nisso tudo escrito acima, uma listinha com 10 filmes indicado por esse metido a cardiologista cinéfilo que quer fazer bem ao seu coração!




 

10. O Que Traz Boas Novas (Monsieur Lazhar, 2011)

lazhar
Ganhador de mais de 26 prêmios internacionais, chegou aos cinemas brasileiros neste ano o novo e elogiado trabalho do cineasta Philippe Falardeau (do excelente C’est pas moi, je le jure! ), O Que Traz Boas Novas. Qual o papel do professor? Educar ou ensinar? O longa levanta essa questão básica da educação centralizado nos interessantes diálogos entre pais, educadores e alunos. Além disso, o filme é delicado, transborda ao mesmo tempo pureza e maturidade. Na trama, após uma tragédia inestimável, uma escola enfrenta um grande problema com seus alunos. Abalados, pais e orientadores buscam uma saída para a superação de toda uma classe até a chegada do novo professor de origem argelina, interpretado pelo ótimo ator Mohamed Fellag (O Gato do Rabino). Esse é o tipo de filme para ver ao lado de quem você ama e quem sabe fazer uma sessão dupla e iluminar a sala de cinema com brilho no olhar, de ter encontrado alguém que te entende e gosta das mesmas coisas que você.

 




09. As Palavras (The Words, 2012)

thwwordscinepop
Olhares perdidos, sonhos e desejos. Dirigido pela dupla Brian Klugman e Lee Sternthal, As Palavras, chega aos nossos cinemas nessa semana com o objetivo de emocionar o público. Com uma abordagem que foge do tradicional conquista o espectador já nas primeiras cenas recheando o restante da trama com muitas surpresas e atuações de tirar o fôlego. O belíssimo trabalho fala sobre amor, literatura e o poder que as palavras possuem. Um filme que muitos cinéfilos vão adorar, com toda a razão. Esse é o tipo de longa metragem que você corre para uma locadora onde vende filme, enquanto o amor da sua vida está no banheiro, e a presenteia, pois sabe que esse filme tem muito a dizer a um coração apaixonado.

 

08. Questão de Tempo (About Time, 2013)

questaodetempo01
Um pôster do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain preso na parede de um quarto já era o primeiro indicador que iríamos conhecer um sonhador, romântico e que faz de tudo para ser feliz. Em Questão de Tempo, o diretor e roteirista neo zelandês Richard Curtis (Um Lugar Chamado Notting Hill) nos leva a conhecer Tim e sua incrível jornada à procura de um futuro ao lado de um grande amor. Uma trilha sonora jovem e popular embala esse ótimo trabalho que é aquele tipo de filme que todo mundo na sala de cinema faz uma corrente imaginária positiva para que o desfecho seja feliz. Esse é o tipo de filme que você quer ver com a pessoa que ama. Se ela não puder ir, por ter provas no dia seguinte a exibição, vá com sua prima e pense nela. Fale do filme, mande mensagens no whatsapp, indique e faça o coração dela saber que precisa ver esse filme para entender cada dia mais que o amor de cinema está presente também na vida real.

 

07. Ruby Sparks – A Namorada Perfeita (Ruby Sparks, 2012)

rubysparks1
Para ela, com ela, sem ela. Dirigido pelos cineastas Jonathan Dayton e Valerie Faris, Ruby Ruby Sparks – A Namorada Perfeita aborda o amor como tema central, de uma maneira inusitada, transformando o espectador, desde o primeiro minuto, torcedor para o casal dos sonhos ter um final feliz. À bordo de uma máquina de escrever antiga, o público é levado para dentro dessa grande história, metáforas misturadas em sonhos preenchem a trama. Os diretores de Pequena Miss Sunshine acertam outra vez. O longa chega bem próximo da perfeição. É uma grande diversão além de um ótimo filme. Veja mil vezes, só não conte o final!

 

06. A Grande Beleza (La Grande Bellezza, 2013)

La-grande-Belleza
Um dos diretores mais fantásticos do cinema atual Paolo Sorrentino (que dirigiu a ótima atuação de Sean Penn no filme Aqui é o Meu Lugar) chega novamente aos cinemas brasileiros apresentando um personagem e seu conflito. Dessa vez, criticando assiduamente a alta sociedade europeia, seus altos e baixos, coloca um recheio de exuberância, luxo, dança e glamour através do olhar do amadurecimento de um homem e seus passeios nas memórias. Aos amantes de obras de arte, A Grande Beleza permite um grande tour, exclusivo para príncipes e princesas, por dentro de corredores memoráveis lembrando muito – nestas sequências – o clássico filme do russo Aleksander Sokurov, A Arca Russa. O protagonista fascina pois conhece tudo e todos. Molda seus raciocínios através da larga experiência que possui dentro dessa burguesia dominadora em que vive. É o tipo de filme que assistimos no chão do cinema, por não ter mais lugar na plateia, ao lado do amor de sua vida que pode reclamar um pouquinho pelo filme ser muito longo.

 

05. A Delicadeza do Amor (La Délicatesse, 2011)

delicadezas
Dirigido pela dupla David Foenkinos, Stéphane Foenkinos A Delicadeza do Amor chegou aos nossos cinemas no final de maio com o compromisso de manter a tradição de filmes água com açúcar que a França exporta aos montes durante todo o ano. Delicado como seu título, o filme consegue agradar todo tipo de público, por meio de canções, por rodadas de câmeras em 360 graus e diálogos muito bem construídos. O entrosamento em cena de François Damiens e Audrey Tautou (Bem me quer, Mal me Quer) é um ponto fundamental para que o carisma transborde na tela. O amor em sua forma mais delicada e o sofrimento em sua forma mais profunda são elementos que se misturam nesse romance.

 

04. Meu Pé de Laranja Lima (Meu Pé de Laranja Lima, 2013)

meu_pe_laranja_limacine

Como trazer a emoção de uma história que está no imaginário a 45 anos? Dirigido pelo famoso roteirista Marcos Bernstein (Central do Brasil), Meu Pé de Laranja Lima consegue emocionar e reunir todos os elementos de um bom filme. Atuações, roteiro, direção são alguns dos aspectos que andam em total harmonia. O espectador é brindado com uma verdade singela que é passada de maneira muito natural por todos os personagens. Os coadjuvantes também merecem destaque sendo muito bem aproveitados pela lente inteligente do diretor. O grande mérito do filme é brincar com o abstrato e a maneira como isso é passado ao público. O roteiro, adaptado, é crucial para que a execução se desenvolva naturalmente reunindo uma grande veracidade em cima de cada fala, cada gesto, cada expressão dos envolvidos nas sequências. Quer rir, chorar e se emocionar? Não deixe de conferir esse que será um dos grandes destaques do nosso contestado cinema neste ano. Bravo!

 

03. Meu Querido Intruso (Once Around, 1991)

once_around_movie_poster_1020222200

Quem de nós, meros mortais, já não sonhamos em voar até a lua? O longa de Lasse Hallstrom (diretor também do excelente Regras da Vida) nos aproxima dessa experiência ao som de uma canção muito famosa que se torna o grande destaque do filme. Na trama, uma jovem sonhadora vai em busca de uma nova oportunidade de trabalho numa cidade longe de sua família. Como é muito ligada aos pais, se sente muito solitária no começo, até conhecer Sam, um homem mais velho e com ele viver uma intensa e divertida história de amor. Com um ótimo elenco e uma história cheia de amor e sentimentos, que giram ao redor de relacionamentos em tons de comédia e drama, Meu Querido Intruso agrada a qualquer tipo de público. É uma ótima dica para alugar na locadora mais próxima!

 

02. O Sonho de Wadjda (Wadjda, 2012)

o sonho de Wadjda-blog

Ganhador de elogios ao redor do mundo, desembarcou no Brasil o drama O Sonho de Wadjda. Tendo influência do clássico da década de 40, O Ladrão de Bicicletas, de Vittorio De Sica (Desejos Proibidos), o longa fala sobre a destemida juventude que calça All Star e com uma mescla de inteligência e sabedoria consegue burlar qualquer símbolo de prepotência de uma sociedade machista no tempos atuais. É no mínimo um filme ousado, aguerrido e alentado. Talvez chocante para alguns. Pelos diálogos nos identificamos e torcemos para que mais Wadjda apareçam nesse mundo tão perto e conservador. Bravo! É o tipo de filme que procuramos em dezenas de sites, inúmeras lojas, sites estrangeiros, pois queremos dar de presente para alguém que amamos e nutre a mesma paixão que temos pelo cinema.

 

01. Paraíso (Paradise, 2013)

paraisocinepopo01

“Amo-te sem saber como, nem quando, nem onde, amo-te simplesmente sem problemas nem orgulho: amo-te assim porque não sei amar de outra maneira.” Com essa frase do grande Pablo Neruda (que explica muito desse filme), o nosso líder dessa lista foi uma das grandes surpresas do Festival do Rio 2013. Produzido por Gael García Bernal (No), Paraíso é, antes de tudo, uma grande lição de como o amor é importante para nossas vidas. Guiados pela estética e inteligência da cineasta Mariana Chenillo, o drama mexicano possui uma grande pitada de humor que faz o público se emocionar em muitos momentos. É o tipo de filme que assistimos, como mero palpite em festivais de cinema, ao lado de quem amamos. Quando a fita termina, os olhinhos verdes mais bonitos da face da terra estão cheios de lágrimas pois sentiu o coração bater mais forte nessa linda história de amor. Vejam e sintam essa experiência maravilhosa que só o cinema pode proporcionar.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «