10 Séries Para Maratonar Durante o Carnaval

10 Séries Para Maratonar Durante o Carnaval

COMPARTILHE!

🍿 URGENTE! Inscreva-se no nosso canal do YouTube para receber vídeos EXCLUSIVOS e PROMOÇÕES! 🍿



Alô, alô, foliões! Carnaval 2018 já chegou e com ele os blocos de rua, as festas, os bailes de máscaras, desfiles das escolas de samba, entre tantas outras coisas. Contudo, sabemos muito bem que nem todo mundo curte ir às ruas durante este período do ano ou irá viajar, e foi pensando neste lado que decidi criar esta lista para os membros do Unidos do Streaming com as 10 séries para maratonar durante o Carnaval. Portanto, pode relaxar, conferir a lista com calma e decidir qual (quais) você gostaria de assistir neste período.

E só mais uma informação adicional: as séries aqui indicadas são de poucos episódios e facilmente maratonáveis em cinco dias. Shall I begin?

Serviço de Streaming: Netflix

Atypical

Sabe aquelas séries que além de te fazer rir adquirem rapidamente um lugar no seu coração? Atypical, criada por Robia Rashid (How I Met Your Mother), conta a história de um garoto de 18 anos com Síndrome de Asperger, dentro do espectro autista. A série que contém somente oito episódios conta com um humor negro de primeira e pode ser classificada como uma dramédia (comédia + drama). A história é bem construída e se torna difícil não se apaixonar por todos os personagens ali apresentados, sem contar que aborda o autismo de forma leve, delicada e sensível. É quase impossível não morrer de amores pela produção logo no episódio piloto.




Jessica Jones

Jessica Jones, baseada nos quadrinhos de Brian Michael Bendis e Michael Gaydose criada por Melissa Rosenberg (Dexter) para a TV, traz a história de uma das heroínas mais humanas da Marvel. O elenco da série conta com atrizes excelentes e badass, uma história de dar gosto assistir, que aborda temas como violência contra a mulher, sem precisar exibir cenas dos atos em si. A produção é bem construída, possui uma direção maravilhosa, um roteiro bem adaptado e desenvolvido, atuações que vão além das expectativas e uma jogada de cores marcante para o subconsciente dos telespectadores.

De todas as histórias da Marvel/Netflix, Jessica Jones se destaca facilmente como uma das melhores e mais marcantes. Aproveita que são só 13 episódios e a segunda temporada estreia dia 8 de março.

Mindhunter

Criada por Joe Penhall (A Estrada) e com David Fincher (Garota Exemplar) assinando a direção do piloto e de mais três dentre os dez episódios apresentados, Mindhunter pode ser considerada uma das melhores séries a estrear no ano passado. A produção conta a história de Holden Ford (Jonathan Groff) e Bill Tench (Hold McCallany), que com a ajuda de Wendy Carr (Anna Torv), passaram a estudar a psicologia dos assassinos em série para entender como funcionam as mentes destes e poder identificar crimes desse cunho antes mesmo de acontecerem. Com um roteiro bem construído, é difícil não querer saber cada vez mais sobre o que irá acontecer no capítulo seguinte. A narrativa é no estilo slow burn, leva seu tempo para se desenvolver, portanto, a dica é assisti-la fazendo dobradinha com alguma comédia.

Wynonna Earp

De todas as séries aqui indicadas, esta é a que possui o maior número de episódios, mas isto se deve pelo fato de que a série já possui duas temporadas com 25 episódios no total. Criada por Emily Andras (Lost Girl), Wynonna Earp traz uma protagonista badass, heroína beberrona e cheia das qualidades e defeitos, como todo e qualquer ser humano, que te conquista logo nos primeiros minutos do piloto. A história da herdeira da maldição dos Earp é baseada nos quadrinhos de Beau Smith, e produz um roteiro amarrado, bem adaptado e coerente no que apresenta. Além de ser uma produção feminista, Andras não hesita em trazer personagens representativos e abordar temas debatidos nos dias atuais.

Santa Clarita Diet

Que o meu amor pela Drew Barrymore (Como se Fosse a Primeira Vez) é enorme todo mundo já sabe! E vê-la estrelar uma comédia da Netflix só fez com que este mesmo amor aumentasse. Santa Clarita Diet é aquela série que não tem medo algum de usar humor negro, fazer piada das situações mais bizarras que você possa imaginar e trazer um roteiro que irá te fazer rir cada vez mais a cada episódio que passar. Com dez capítulos, a criação de Victor Fresco (Louco por Você) traz a história da família Hammond, cuja mãe se transformou numa espécie de zumbi viva e consciente. Devido a isto, ela e o marido decidem que é uma boa ideia matar bandidos para alimentá-la. Agora só imagina as tretas que podem sair disso!

Serviço de Streaming: Prime Video (Amazon)

The Marvelous Mrs. Maisel

Lembra daquela série que saiu levando todos os prêmios de comédia do Globo de Ouro sem as pessoas esperarem? Então, original da Amazon, a criação de Amy Sherman-Palladino (Gilmore Girls), rainha da dramédia, conta a história de uma dona de casa dos anos 1950 que vê a vida passar por uma reviravolta e decide se arriscar no mundo das comédias de stand-up. Além de super divertida, com a tonalidade certa de drama, típicas das produções de Palladino, a história conta com diálogos sensacionais e memoráveis, sem falar no tom feminista abordado numa época em que as mulheres lutavam por mais direitos e voz dentro da sociedade. A série é um espetáculo de roteiro bem construído e direção que acompanha o desenvolvimento da trama, sem contar as atuações maravilhosas de todo o elenco, em especial, a protagonista Midge Maisel, interpretada pela espetacular Rachel Brosnahan (House Of Cards).

E fique no aguardo, que durante o Carnaval a crítica da primeira temporada será disponibilizada aqui no site.

The Good Fight

A criação de Michelle King e Robert King, ambos roteiristas de The Good Wife, e Phil Alden Robinson (Quebra de Sigilo) não é uma série original da Amazon e sim do canal de streaming da CBS, contudo, a prime video possui a produção no catálogo e olha, QUE SÉRIE! The Good Fight é um spin-off da aclamada série jurídica The Good Wife, e traz uma história difícil do público não gostar de primeira. No estilo slow burn, a narrativa se desenvolve ao redor de três protagonistas mulheres e badass que se veem trabalhando juntas no mesmo escritório de advocacia. Com um roteiro atual e realista, os criadores constroem uma trama que debate assuntos atuais passando veracidade na história apresentada. É impossível não se apaixonar por The Good Fight durante os dez episódios que a mesma possui.

American Gods

A Rafaela Gomes, aqui do CinePOP, me disse que não poderia faltar nesta lista a série criada por Bryan Fuller (Hannibal) e Michael Green (Logan), que contém oito episódios na primeira temporada. A sinopse do prime video diz o seguinte: "Ao sair da prisão, Shadow Moon (Ricky Whittle) conhece o misterioso Mr. Wednesday (Ian McShane) e uma tormenta começa a se formar. Desorientado após a morte da esposa, é contratado como guarda-costas de Mr. Wednesday. Ele se vê em um mundo oculto onde a magia é real, os Deuses Antigos têm medo da irrelevância e do poder crescente dos Novos Deuses, e onde Mr. Wednesday está criando um exército para recuperar a glória perdida.". Até eu fiquei com vontade de maratonar esta durante o Carnaval.

Serviço de Streaming: HBO GO

Big Little Lies

É impossível falar de HBO e não comentar sobre Big Little Lies. A série que abocanhou todos os prêmios durante a temporada de premiações merece e muito estar nesta lista. Criada por David E. Kelley (Ally McBeal) e estrelada por Nicole Kidman, Reese Witherspoon e mais outras atrizes formando o bonde poderoso de mulherões da porra, a série baseada no romance de Liane Moriarty conta a história de três mães que se aproximam quando os filhos começam a estudar juntos e a vida perfeita de aparências que viviam começa a desmoronar devido a acontecimentos que só vendo para compreender. A série possui sete episódios e fica ótima para fazer dobradinha com alguma comédia, afinal, é muita coisa que pode desgraçar a cabeça do público. Só um lembrete para te animar ainda mais: Meryl Streep estará na segunda temporada.

Westworld

Mais uma indicação da Rafaela Gomes, que me ameaçou caso não colocasse esta série na lista, tipo, ela disse que faria a Arya Stark comigo (brincadeira, viu, a Rafa é um amor de pessoa... ou naõ?!). Westworld, que também está na minha lista de maratonas, foi criada por Jonathan Nolan (Interestelar) e Lisa Joy (Pushing Daisies). A história se passa em um parque temático futurístico no estilo Velho Oeste, onde os ricos vão para se divertir e viverem uma espécie de vida sem leis. Os anfitriões são androides programados para acreditarem serem humanos e que aquilo é a vida real. Contudo, uma atualização no sistema das máquinas dá errado e a treta começa a surgir daí.

A produção já está renovada para a segunda temporada e a primeira tem somente dez episódios esperando por você.

-//-

Então, foliões do Unidos do Streaming, estas foram minhas dicas para este Carnaval 2018. Caso algum de vocês tenha alguma série para indicar, só deixar nos comentários e se já assistiu a alguma das citadas acima, reafirma aí se vale a pena (ou não, né, vai saber) assistir. Bom Carnaval a todos!





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c