20 curiosidades de ‘Capitão América: Guerra Civil’

20 curiosidades de ‘Capitão América: Guerra Civil’

COMPARTILHE!

O CinePOP separou 20 curiosidades do aguardado filme.

Confira:

• Para levar ‘Capitão América: Guerra Civil’ para a telona, os cineastas tiveram que decidir quais Vingadores ficariam do lado da Equipe do Capitão e quais ficariam do lado da Equipe do Homem de Ferro. Após cuidadosas considerações, os cineastas decidiram por uma divisão dos personagens que levaria Sam Wilson, Bucky Barnes, Gavião Arqueiro, Homem-Formiga e Feiticeira Escarlate para o lado do Capitão América, com a Viúva Negra, Máquina de Combate, Visão e Pantera Negra seguindo Tony Stark.




• Com a história de ‘Capitão América: Guerra Civil’ ocorrendo em diversos lugares do mundo, a produção acabou fazendo sua base em território familiar, estabelecendo-se na Pinewood Studios em Atlanta com várias unidades filmando na Alemanha, Áustria, Islândia, Porto Rico, Indonésia, Brasil e no Reino Unido durante a agenda de produção do filme.

• Além dos estúdios de som da Pinewood, os cineastas puderam utilizar alguns locais na região de Atlanta para realizar diversas cenas. Um desses locais foi um espaço grande e vazio na região central de Atlanta, onde eles construíram a cidade de Lagos, Nigéria. Com o auxílio da equipe de locações, do departamento de arte e dos decoradores de set, os cineastas conseguiram levar uma textura autêntica ao ambiente e contratando centenas de extras o local ganhou vida como a vibrante cidade de Lagos.

• No dia 18 de junho de 2015, no backlot da Pinewood Studios em Atlanta, as primeiras cenas da mescla histórica de Guerra Civil começaram a ser filmadas, colocando os Vingadores uns contra os outros com equipes lideradas pelo Capitão América e Tony Stark. Os cineastas apelidaram a batalha clássica de ‘Página Inicial’, por que parecia uma ilustração de página dupla em uma história em quadrinhos. A ‘Página Inicial’ é uma das cenas mais épicas da Marvel com a maior interação jamais vista em um filme da Marvel. A sequência foi filmada com câmeras IMAX para dar aos fãs uma experiência imersiva inesquecível.

• O filme também apresenta um dos automóveis mais modernos do mundo, que é dirigido por T’Challa/Pantera Negra. Os cineastas recorreram à Audi, que forneceu à produção o seu mais recente carro conceito de alta tecnologia para as filmagens. O carro deslumbrante tem todas as tecnologias mais recentes que a Audi possui, mas que nunca foram colocadas em produção. Fique de olho nesse carro no filme – você não vai vê-lo em nenhum outro lugar.




• A porção alemã das filmagens foi um regresso para casa para o membro do elenco Daniel Brühl, que mora em Berlim e é dono do seu próprio restaurante na cidade. Filmar em Berlim deu a Brühl a oportunidade de retribuir parte da hospitalidade que lhe foi dada por seus companheiros de elenco em Atlanta os convidando para ir ao seu restaurante de tapas para uma noite de gastronomia e diversão.

• Um novo Super-herói é apresentado ao Universo Cinematográfico da Marvel em ‘Capitão América: Guerra Civil’—T’Challa, o Pantera Negra, interpretado por Chadwick Boseman. O personagem amplamente aguardado chega sem concordar com nenhum dos lados na Guerra Civil por que ele tem seus próprios objetivos. Pantera Negra terá o seu próprio filme em 2018.

• O estilo de luta do Capitão América se baseia em artes marciais da velha guarda como Judô, Caratê, Tae-kwon-do e Aikido. Mas o Pantera Negra, um dos melhores mestres de artes marciais do Universo Marvel, tem um estilo de artes marciais mais fluído baseado na Capoeira, que é uma forma de artes marciais brasileira que combina acrobacias, dança e música. Seu estilo também sofre uma influência chinesa com o uso do Kung Fu.

• A roupa do Pantera Negra foi projetada cuidadosamente para incorporar um certo estilo de gato, de pantera, com aspectos africanos em seus adornos. Com sapatos minimalistas que adicionam um elemento de invisibilidade e deixam o traje bem ligado ao solo, ele ganha também um toque ninja.

• O Gavião Arqueiro retorna com algumas armas novas, incluindo um bastão retrátil para lutas corpo-a-corpo. Seu arco emblemático também passou por algumas modificações. Ele agora é para canhotos para se adaptar ao ator, é mais leve e mais fácil de manusear. Ele também apresenta um visual diferente, com uma jaqueta de mangas compridas em vez de um colete, assim como um retorno à cor roxa mais tradicional.

Brock Rumlow/Ossos Cruzados, interpretado por Frank Grillo, tem novas manoplas ‘tipo-britadeira’ que amplificam o poder de seus socos.

Anthony Mackie está muito feliz com as melhorias na sua roupa do Falcão. Ele se sente bem mais como um Vingador agora que sua roupa é mais tecnológica e aerodinâmica, sem mencionar sua parte favorita – um vermelho chamativo nas asas.

• Agora com a Feiticeira Escarlate sendo uma Vingadora completa, a roupa de Elizabeth Olsen recebeu uma atualização igual ao seu novo status. Ela agora tem um traje de super-herói de couro com uma capa projetada para ter movimento.

• O traje do Homem-Formiga de Paul Rudd recebeu alguns ajustes para ‘Capitão América: Guerra Civil’. O novo traje está modernizado e tem um visual mais high-tech para se adequar aos novos tempos. O capacete não tem mais cabos que se encaixam na parte de trás e as antenas sobem desde a parte de baixo. O regulador também não tem botão de ajuste.

• Quando o equipamento de cabos não pode ser usado, Paul Bettany usou um AirBoard para flutuar por aí como Visão. O AirBoard tem um dispositivo de pressão na ponta dos pés e nos calcanhares, imitando uma prancha flutuante e pode chegar a 20 quilômetros por hora. Bettany levou apenas alguns minutos para aprender a usar o AirBoard e isso com certeza ajudou a definir a flutuação intangível do personagem.

• A Sony Pictures e a Marvel Studios fecharam um acordo sobre divisão dos direitos de uso do Homem-Aranha nos filmes de ambos os estúdios. A Sony inicialmente rejeitou a proposta da Marvel de coproduzir uma nova trilogia do personagem com divisão de custos de 60/40 e ceder à Kevin Feige (presidente da Marvel) e sua companhia o controle criativo sobre o personagem – o que abriu caminho para a aparição do Homem-Aranha nos filmes da Marvel, como ‘Capitão América: Guerra Civil’ e ‘Vingadores: Guerra Infinita‘. Após o fracasso de ‘O Espetacular Homem-Aranha 2‘, os termos foram renegociados.

• Os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely revelaram que o Hulk iria aparecer em uma cena pós-créditos do filme. Porém, a cena nunca aconteceu. “Nós podemos esclarecer esses boatos rapidamente. Mark Ruffalo não gravou suas cenas para o filme. Nós conversamos sobre ter Bruce Banner no final do filme, mas parecia que estávamos colocando ele ali só para ter mais um herói. Ele obviamente foi a algum lugar no final de ‘Vingadores: Era Ultron,’ e isso é uma história. Queríamos mostrar isso na cena pós-créditos, mas ela foi cortada. Essa é uma história.”, confirmaram.

• O Orçamento foi de US$ 250 milhões, tornando o filme o mais caro produzido pela Marvel Studios até o momento.

Capitão América: Guerra Civil‘ deve arrecadar em torno de US$ 175 milhões em seu primeiro final de semana nas bilheterias norte-americanas, se tornando a maior abertura de 2016. Com o valor, o filme estrearia como a quinta maior abertura de todos os tempos nos EUA, atrás de ‘Star Wars – O Despertar da Força‘ (US$ 248 milhões), ‘Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros‘ (US$ 208 milhões), ‘Os Vingadores‘ (US$ 207 milhões) e ‘Vingadores: Era de Ultron‘ (US$ 191 milhões).

•  Quando foi revelado que Downey Jr. se juntou ao elenco de ‘Capitão América: Guerra Civil‘, todos imaginavam que o astro receberia uma bolada. Mas o valor é ainda maior que o esperado. O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, conseguiu convencer o astro a assinar contrato para ‘Vingadores: Era de Ultron‘ e, na mesma negociação, adicionou a sequência do filme do Capitão America. O ator levou para casa um cheque de US$ 80 milhões participar dos dois filmes (sendo que sua participação no filme do bandeiroso será menor). O valor ainda não inclui as participações nos lucros, que não foi revelada.

 

Depois dos eventos de ‘Vingadores: Era de Ultron‘, ‘Capitão América: Guerra Civil‘ encontra Steve Rogers liderando o recém formado grupo de Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Mas após outro incidente, envolvendo os Vingadores, resultar em danos colaterais, aumenta a pressão política para instalar um sistema de responsabilização, comandado por uma agência do governo para supervisionar e dirigir a equipe. O novo status quo divide os Vingadores, resultando em duas frentes – uma liderada por Steve Rogers e seu desejo de que os Vingadores se mantenham livres para defender a humanidade sem a interferência do governo, e a outra que segue a surpreendente decisão de Tony Stark de apoiar a responsabilização e supervisão do governo.

 

 

 

 

 

Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema!


Não esqueça de CURTIR nossa MATÉRIA ESPECIAL: