“A Viúva Negra nunca quis ser uma Vingadora”, afirma Scarlett Johansson

“A Viúva Negra nunca quis ser uma Vingadora”, afirma Scarlett Johansson

COMPARTILHE!

A atriz Scarlett Johansson conversou com a revista Entertainment Weekly sobre o papel da Viúva Negra em ‘Capitão América: Guerra Civil‘.

“Ela nunca quis ser uma Vingadora. A escolha não foi feita por ela. Ela foi levada pelos eventos da vida, e nesse filme ela finalmente é capaz de fazer uma grande escolha por ela mesma. Ela finalmente chega a uma posição que sabe que é sua escolha e é o que merece”, afirmou.

“No último filme, ela tinha grandes escolhas a fazer. Ela teve que fazer a escolha entre o dever e o que ela queria. De repente, esses eventos acontecem e ela é atraída a fazer o que é certo, e isso é ótimo. E ela escolhe isso, e é algo realmente heroico”, continua.




Ao ser questionada se ela vai liderar os Novos Vingadores ao lado do Capitão América, Johansson respondeu:

“Não sei dizer se ela está liderando, mas Natasha tem um grande pensamento estratégico e esse é o superpoder dela. Baseada em suas experiências de vida, a habilidade dela é a de tomar a decisão certa rapidamente. Ela encontra um grande problema para lidar com a Guerra Civil e serve como mediadora entre os dois grupos, algo que você nunca imaginou que ela seria. A Natasha consegue enxergar os dois lados desse conflito”, afirmou.

Ontem, divulgamos o curioso Acordo de Sokovia leia!

Frank Grillo diz que Ossos Cruzados busca vingança em ‘Capitão América: Guerra Civil’ 





Depois dos eventos de ‘Vingadores: Era de Ultron‘, ‘Capitão América: Guerra Civil‘ encontra Steve Rogers liderando o recém formado grupo de Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Mas após outro incidente, envolvendo os Vingadores, resultar em danos colaterais, aumenta a pressão política para instalar um sistema de responsabilização, comandado por uma agência do governo para supervisionar e dirigir a equipe. O novo status quo divide os Vingadores, resultando em duas frentes – uma liderada por Steve Rogers e seu desejo de que os Vingadores se mantenham livres para defender a humanidade sem a interferência do governo, e a outra que segue a surpreendente decisão de Tony Stark de apoiar a responsabilização e supervisão do governo. Prepare-se para escolher um lado e se juntar à ação ininterrupta, agora em duas frentes, quando ‘Capitão América: Guerra Civil‘ estrear nos cinemas dia 28 de Abril de 2016.

Diretor de ‘Homem-Formiga’ já assistiu ‘Capitão América: Guerra Civil’ 

‘Capitão América: Guerra Civil’ ganha trailer sensacional feito por fã 

O elenco conta com Scarlett Johansson como Natasha Romanoff/Viúva Negra, Anthony Mackie como Sam Wilson/Falcão, Jeremy Renner como Clint Barton/Gavião Arqueiro, Sebastian Stan como Bucky Barnes/Soldado Invernal, Chadwick Boseman como T’Challa/Pantera Negra, Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate, Samuel L. Jackson como Nick Fury, Frank Grillo como Brock Rumlow/Ossos Cruzados, Daniel Brühl como Barão Zemo, Emily VanCamp como Sharon Carter/Agente 13, Paul Bettany como Jarvis/Visão e Homem-Aranha (Tom Holland).

Homem-Aranha terá cena de luta em ‘Capitão América 3′ 

‘Capitão América 3′ será ponte para ‘Os Vingadores 3 e 4′

Chris Evans e Downey Jr. falam sobre rixa de seus heróis

Scarlett Johansson diz que ‘Capitão América 3′ será mais sombrio

Joe e Anthony Russo, diretores de ‘Capitão América 2: O Soldado Invernal, retornam à direção de ‘Capitão América 3‘. A dupla também vai comandar o terceiro filme dos Vingadores – que será chamado ‘Vingadores: Guerra Infinita‘ e dividido em duas partes – substituindo Joss Whedon no cargo.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «