ANCINE comemora sucesso de filmes brasileiros no Festival de Berlim

ANCINE comemora sucesso de filmes brasileiros no Festival de Berlim

COMPARTILHE!

Foi histórica a participação do Brasil na 65ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, que aconteceu entre os dias 5 e 15 de fevereiro, na capital alemã: o país teve 14 títulos exibidos na seleção oficial, o longa ‘Que Horas ela Volta?‘, de Anna Muylaert, ganhou dois prêmios, 13 brasileiros participaram do programa de residência Berlinale Talents e cerca de 90 estiveram no European Film Market, e o país voltou de Berlim com acordos fechados e negócios feitos.

O diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel, que esteve em Berlim acompanhado do Assessor Internacional da Agência, Eduardo Valente, fez uma avaliação bastante positiva da participação brasileira no evento.

“O Festival de Cinema de Berlim é hoje um dos três mais importantes festivais de cinema do mundo. O cinema brasileiro tem força e talento para romper a dicotomia entre mercado e arte. E quando os curadores dos festivais internacionais têm curiosidade e olhos pra ver, encontram um Brasil novo que pulsa e emerge’.




‘Que Horas Ela Volta?’ concorreu com outros 34 filmes de 29 países.

O longa, com as atrizes Regina Casé e Camila Márdila, recém-premiadas no Festival de Sundance, foi muito bem recebido pela plateia e ganhou críticas positivas na imprensa. Para o diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel, que assistiu ao filme em Berlim, “o filme é forte, sensível e absolutamente conectado com o Brasil de hoje. Estão em cena a herança escravocrata brasileira no ambiente doméstico e a emancipação, com humor, acidez e ternura no olhar sobre homens e mulheres”.

Os filmes ‘Sangue azul‘, de Lírio Ferreira, e  ‘Ausência‘, de Chico Teixeira, ambos na mostra Panorama; ‘Fuja dos meus olhos‘, de Felipe Bragança, na Mostra Forum Expanded; o curta ‘Mar de Fogo‘, de Joel Pizzini, exibido no Berlinale Shorts; o longa ‘Ma Ê Dami Xina – Já me transformei em imagem‘, de Zezinho Yube, participante da Mostra NATIVe de cinema indígena; ‘Brasil S/A‘, de Marcelo Pedroso, e ‘Beira-mar‘, de Marcio Reolon e Filipe Matzembacher, ambos na programação da Mostra Forum, também foram exibidos no festival com o apoio da ANCINE. ‘Brasil S/A‘ e ‘Beira Mar‘ foram apresentados ao curador Christoph Terhechte durante a oitava edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro.

Assista ao trailer:




Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «