‘Animais Fantásticos e Onde Habitam’, derivado de ‘Harry Potter’, terá Katherine Waterston no elenco

‘Animais Fantásticos e Onde Habitam’, derivado de ‘Harry Potter’, terá Katherine Waterston no elenco

COMPARTILHE!

A atriz Katherine Waterston (‘Vício Inerente’) vai estrelar, ao lado de Eddie Redmayne, ‘Animais Fantásticos e Onde Habitam‘ (Fantastic Beasts and Where to Find Them), o spin-off da franquia ‘Harry Potter‘.O anúncio foi feito nesta segunda (15) por Greg Silverman, presidente de Desenvolvimento Criativo e Produção da Warner Bros. Pictures.

Waterston irá desempenhar o papel central da Tina, abreviação de Porpentina, uma bruxa que, ao contrário dos amados personagens de “Harry Potter de Rowling, trabalha sua mágica nos EUA. Ela conhece Newt Scamander (Redmayne), quando ele está em New York para encontrar e documentar criaturas mágicas.

Ao fazer o anúncio, Silverman disse:




Katherine Waterston é uma estrela em ascensão, que foi uma revelação em nosso filme ‘Vício Inerente“, ganhando o elogio da crítica e do público. Estamos muito contentes de tê-la de volta na família Warner Bros., especialmente em um de nossos títulos mais esperados para 2016, “Animais Fantásticos e Onde Habitam.

 

Spin-off de ‘Harry Potter’ vai apresentar nova escola de bruxaria

 




animaisfantasticos_1

 

A Warner Bros. está preparando uma trilogia cinematográfica para a obra. O primeiro filme será rodado nos estúdios Leavesden, na Inglaterra. Trata-se do mesmo local que foram filmados os oito filmes da franquia do bruxo.

O estúdio agendou o lançamento da primeira parte para 18 de novembro de 2016. O livro de 50 e poucas páginas será adaptado em três filmes de longa duração, lançados anualmente, seguindo a linha de ‘O Hobbit‘.

Recentemente, J.K. Rowling revelou que escreveu o primeiro rascunho do roteiro em apenas doze dias.

“Quando a Warner Bros veio até mim e disse que queria fazer um filme baseado no livro , eu tive essa sensação que a história tem um grande potencial. Ao mesmo tempo, veio um sentimento de pânico por eu ter escrito esse livro e não querer arruiná-lo. Então eu realmente tive um daqueles momentos que sempre fazem você se animar como escritor, mas também sabia que eu ia acabar tendo uma tonelada de trabalho”, afirmou.

“Mas eu queria fazer e me animei muito com isso. Então me sentei e pensei: ‘Eu só quero saber o que seria parecido com …’, e escrevi a primeira versão do roteiro em 12 dias!”, concluiu.

A escritora tem total controle sobre o roteiro da adaptação de Animais Fantásticos & Onde Habitam. A principal questão que Rowling levantou antes de assinar um contrato foi o controle criativo, um privilégio que é dificilmente concedido a alguém que nunca roteirizou para o cinema antes. Supostamente, a Warner só pode contratar alguém para reescrever o roteiro se a autora aprovar, e o mesmo acontecerá com os outros filmes da nova franquia.

A situação é bem diferente se comparada à parceria anterior entre o estúdio e a escritora. Os filmes da franquia Harry Potter foram assinados por roteiristas experientes, como Steve Kloves e Michael Goldenberg.

Iniciadas há mais de um ano, as negociações com Rowling contaram com o envolvimento de Kevin Tsujihara, que viajou para o Reino Unido diversas vezes para encontrá-la.

Fontes afirmam que a Warner está interessada em contratar novamente David Heyman, que produziu os oito filmes da franquia Harry Potter.

Idealizado como o início de uma nova franquia, o longa será inspirado no livro Animais Fantásticos & Onde Habitam (Fantastic Beasts & Where to Find Them) e nas aventuras do autor fictício da enciclopédia, Newt Scamander.

“Mesmo que [o filme] vá ser ambientado na comunidade mundial de bruxos e bruxas onde eu fui tão feliz por 17 anos, Animais Fantásticos & Onde Habitam não é nem um prólogo nem uma continuação da série Harry Potter, mas uma extensão do mundo da magia”, declarou Rowling. “As leis e os costumes da sociedade mágica secreta serão familiares a qualquer um que leu os livros de Harry Potter ou assistiu aos filmes, mas a história de Newt terá início em Nova York, 70 anos antes da de Harry.”

A nova franquia também será desenvolvida através de jogos e outros produtos, além de iniciativas digitais, como conteúdos especiais para o site Pottermore.

A franquia Harry Potter teve 8 filmes, lançados entre 2001 e 2011, que combinados renderam mais de U$ 7,7 bilhões nas bilheterias do mundo todo.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «