E


Crítica | O Esquecimento (Im)possível

Crítica | O Esquecimento (Im)possível

Como filmar o que não existe? O que não tem forma, o que falta? Em busca de preencher lacunas sobre seu pai, um militante argentina em época de ditadura, o cineasta argentino Andrés Habegger tenta recriar os caminhos de momentos importantes da vida desse homem que nunca mais ..
Crítica | El hombre de las mil caras

Crítica | El hombre de las mil caras

O risco de uma decisão errada é preferível ao terror da indecisão. Vencedor de dois prêmios Goya (uma espécie de Oscar espanhol) nesse ano, nas categorias melhor ator revelação e melhor roteiro adaptado, El hombre de las mil caras é um suspense policial embasado em uma t..
Crítica | Estrelas Além do Tempo

Crítica | Estrelas Além do Tempo

A força sem inteligência é como o movimento sem direção. Baseado no livro Hidden Figures, de Margot Lee Shetterly, Estrelas Além do Tempo fala sobre o preconceito na época da corrida espacial, com o foco em três grandes mulheres negras que ajudaram a mudar o rumo das desc..
Crítica | Eu Fico Loko

Crítica | Eu Fico Loko

Geração Youtube Assim que sobem os créditos iniciais, com as logos dos patrocinadores, a voz em off de Christian Figueiredo explica que o procedimento é padrão para obras cinematográficas, concluindo que grande parte do público que lotará as sessões de seu filme não est..
Crítica | Elis

Crítica | Elis

Por Julie Nunes É pau, é pedra, é o fim do caminho? Contar a história de uma figura importante de um país definitivamente não é uma tarefa fácil, mas na qual vemos o cinema brasileiro se aventurar mais nos últimos tempos com títulos como Cazuza (2004), Heleno (2011), Go..
Crítica | Um Estado de Liberdade

Crítica | Um Estado de Liberdade

A Verdadeira Guerra Civil Desde que se reinventou, ou melhor, reinventou sua carreira, o ator Matthew McConaughey fez as pazes com o sucesso, podendo novamente adentrar o seleto grupo do time A de Hollywood e recobrar o status de astro de uma vez por todas. A trajetória iniciada..
Crítica | Elle

Crítica | Elle

O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não. Baseado na obra do escritor Philippe Djian, o novo trabalho do ótimo cineasta holandês Paul Verhoeven  (RoboCop – O Policial do Futuro, Instinto Selvagem, Zwartboek) , Elle, que concorreu à Palma de Ouro em Cannes esse ..