As 10 maiores DECEPÇÕES do cinema em 2017

As 10 maiores DECEPÇÕES do cinema em 2017

COMPARTILHE!

O editor-chefe Renato Marafon traz uma matéria especial sobre As 10 Maiores DECEPÇÕES do Cinema em 2017… até o momento.

Vale lembrar que são os filmes que DECEPCIONARAM, e não os piores filmes – por isso ‘Max Steel‘, ‘Paixão Obsessiva‘ e ‘Dominação‘ não estão na lista.

Assista:

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

A Cura

Duas horas e meia de um filme que fica rodando em círculos, não assusta e nem distrai. Foi difícil assistir até o final, apesar da fotografia belíssima.
O roteiro poderia ter sido mais enxuto e tirado uma hora de produção. Isso deixaria o filme bem melhor.
O pior de tudo é que o filme foi dirigido por Gore Verbinski, do ótimo remake hollywoodiano de O Chamado, estrelado pela Naomi Watts.
É um filme cansativo e chato, que tinha um trailer bastante intrigante. Mas de intrigante, só o trailer mesmo.

A Torre Negra

Stephen King voltou a ser moda, e antes do maravilhoso ‘It – A Coisa’, foi lançado nos cinemas esse A Torre Negra.
É triste ver Idris Elba e Matthew Mcgonagay desperdiçar seus talentos em um filme tão… xoxo. Apesar de ser adaptado do The Dark Tower, do King, a história é totalmente diferente. O problema é que falta tudo. Falta vida, falta coração, falta enredo. Quando termina o filme dá vontade de pedir seu dinheiro de volta.

Emoji – O Filme

Uma das piores animações da história do cinema. Eu já achei repugnante a ideia de Hollywood comprar os direitos dos emojis para fazer um filme, mas a animação conseguiu ser pior do que eu imaginava. Não tem graça, os gráficos são horríveis e nem as crianças pareciam estar se divertindo na sessão.

A Noite é Delas

A Noite é Delas prometia ser uma versão feminina de ‘Se Beber, não Case!’, mas errou feio. Que dó da Scarlett Johanson, esse definitivamente não foi o ano dela – já já vou falar sobre Ghost in the Shell. No filme vemos cinco amigas idiotas, matando um stripper sem querer durante a despedida de solteiro de uma delas, e cheirando cocaína enquanto tentam se livrar do corpo. Era pra ser uma comédia, mas não ri em nenhuma cena. Vergonha alheia total.

O Chamado 3

Sim, eu sei que eu falei bem do filme na crítica. Mas confesso que me arrependi depois que revi. Devo um pedido de desculpas a você. Errar é humano. Mas persistir é burrice. O clima de terror dos filmes estrelados pela Naomi Watts se perde nesse suspense b que tenta se aprofundar na história da Samara, mas acaba jogando a coitada de volta no poço por um bom tempo. O filme foi tão mal nas bilheterias que causou o cancelamento do reboot de Sexta-Feira 13, do mesmo estúdio.

Assassin’s Creed

Considerado a grande promessa para quebrar a maldição das adaptações de videogames, ‘Assassin’s Creed‘ acabou tropeçando durante o percurso.
Até o ator Michael Fassbender confessou que achou o filme chato porque ele se levou a série demais. Apesar de algumas cenas de ação legal, a história ficou um pé no saco.
Sem contar que essa mania da Fox de colocar Fassbender em todas as suas produções está cansando a imagem do ator. Eu já penso duas vezes em assistir a um filme dele, principalmente depois de Alien Covenant e X-Men-Apocalipse. Éca.

Cinquenta Tons Mais Escuros

Não sou preconceituoso e não achei Cinquenta Tons de Cinza tão ruim quanto dizem, mas Cinquenta Tons Mais Escuros é tenebroso de ruim. Mal roteirizado, mal dirigido e muito mal atuado. A Dakota Johnson parecia não querer estar ali fazendo cara de sonsa o filme todo, e o Jamie Dornan tentando sensualizar fazendo a boquinha torta não rolou. Sem contar que o filme foi vendido como um suspense, e não tem nenhuma cena de suspense. Alias, eu ri metade do filme.

Alien – Covenant

Prometheus não era muito bom, mas tinha seu charme e um roteiro mirabolante. Mas Alien – Covenant é terrível. Não tem roteiro, os personagens são burros, e aquele androide vivido por Michael Fassbender me irrita… Ainda mais nesse filme que ele tá em dose dupla. Para mim, esse filme enterrou a franquia Alien. É chato, maçante e o maior terror foi ter que assisti-lo até o fim. Sorte do James Franco, que morre logo no começo.

A Múmia

Eu amo os dois filmes estrelados pelo Brendan Fraser e Rachel Weisz, e foi um dos grandes clássicos da minha infância. Toda vez que O Retorno da Múmia ou Escorpião Rei está passando na TV, eu paro para assistir. Adoro o clima do filme que mistura o egito antigo com suspense e humor.
Mas esse novo filme do Tom Cruise é horroroso. Me deu uma saudade enorme do Imothep. A direção do Alex Kurtzman é porca, o roteiro é risível e a história é ridícula. Nem motivações a Múmia teve, e a história se passar nos dias de hoje tirou todo o charme da franquia.
A participação totalmente dispensável do Russell Crowe como o Médico e o Monstro me fez rir, e eu acredito que o Dark Universe já nasceu morto.
Só salva pelo elenco feminino… A Sofia Boutella tá linda… até demais pra uma Múmia.

A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell

Era o filme mais esperado do ano para mim. O trailer ao som de Enjoy the Silence me fez vibrar, pular da cadeira e ter taquicardia. Ver Scarlett Johansson naquela roupa colada na adaptação de um dos animes mais inteligentes que já vi. E o visual era incrível. Mas só.
O filme é um deleite visual, mas não tem vida. O diretor Rupert Sanders comete o mesmo erro de A Branca de Neve e o Caçador: um filme visualmente espetacular sem roteiro. Ele conseguiu tirar toda a importância da história do anime em um filme raso e sem graça.
Coitada da Scarlet, fez suas bombas esse ano.

Qual é a sua opinião? Que filme mais te decepcionou?


Renato Marafon faz tatuagem de Deadpool na CCXP


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.