As 10 Melhores Sequências do Terror

As 10 Melhores Sequências do Terror

COMPARTILHE!
Dê a sua Nota

É corriqueiro na indústria do audiovisual que quando um título alcança certo sucesso ganhará seguidamente uma continuação, ainda que a obra original não abra parâmetro para isto. No gênero do Terror, é ainda mais comum que tal fato aconteça. Se olharmos para trás, é difícil achar um produto relevante que não tenha sequer tido um material extra, seja sequência, prequel ou remake. Clássicos como Psicose (1960), O Exorcista (1973) e O Massacre da Serra Elétrica (1974) não só foram continuados, como ganharam inúmeros produtos posteriores.

Geralmente, essas novas empreitadas tendem a dar errado, aliás, achar bons exemplos é uma tarefa um tanto árdua neste quesito. Mas, assim como fizemos uma matéria com os melhores e piores remakes, aceitamos o desafio de criar aqui uma lista com grandes continuações que deram certo. Com o lançamento de A Entidade 2, dessa vez fomos mais pontuais, escolhemos o gênero que o leitor do CinePOP mais aprecia: o cinema de horror.

Se eles não acertam na segunda vez, quem sabe na terceira ou na quarta ou na quinta vez? Citamos dez sequências que quebraram aquele paradigma de que não pode mexer no time que está ganhando. Em alguns casos, o que seria apenas para ser um longa-metragem acaba se tornando uma franquia renomada e obtendo lucros insonháveis, eternizando-se ainda na cultura pop. Se duvida, então vamos à lista.




10 – Premonição 2 (2003)

tt03095932

Usar a mesma fórmula nem sempre acaba sendo algo ruim, Final Destination é a maior prova disso. A fita traz o mesmo esquema do anterior, onde a criatividade está nas construções dos “acidentes” mortais que estão por vir.
Kimberly Corman (A.J. Cook) é uma jovem que está viajando pela estrada 23 para passar um final de semana com seus amigos, até que vê diante de si um caminhão com peso excessivo de madeira tombar e se desgovernar, causando um grande acidente que resulta em uma grande quantidade de metal retorcido e corpos, incluindo o dela. Porém, nada disso aconteceu.

9 – Atividade Paranormal 2 (2010)




maxresdefault

Este ainda é o filme mais lucrativo da história do cinema, em proporções numéricas – o recorde pertencia anteriormente a Bruxa de Blair (1999). Paranormal Activity custou 15 mil dólares e arrecadou mais de 100 milhões. A continuação era certa, e esta tornou a ideia numa franquia, que já ganhou até spin-off.

Na nova história, Kristi (Sprague Grayden), irmã de Katie (Katie Featherston), teve recentemente um filho com Daniel (Brian Boland), que já era pai de uma adolescente. Um dia, ao chegarem em casa, a encontram completamente revirada. Tentando evitar que a situação se repita, Daniel compra um sistema de segurança que instala câmeras em diversos cômodos e no lado de fora da casa. Ao mesmo tempo o casal e a adolescente têm por costume filmar tudo o que acontece ao seu redor. Até que um dia situações estranhas começam a acontecer, o que faz com que o trio acredite que a casa é mal-assombrada.

8 – Sobrenatural – Capítulo 2 (2013)

IL1A1630.CR2

James Wan é o maior nome do Terror popular contemporâneo, foi responsável por sucessos como Jogos Mortais (2004), Invocação do Mal (2013) e Sobrenatural (2010), este último esse ano ganhou uma terceira parte. Acontece que o segundo tem ligação direta com o final do original e manteve a mesma qualidade. Tanto que é adorado pelos fãs do gênero.
Enquanto a polícia investiga a residência do trio, eles são abrigados por Lorraine Lambert (Barbara Hershey), mas até no novo lar Josh apresenta um comportamento irreconhecível e Renai é assombrada por uma estranha figura feminina.

7 – A Centopeia Humana 2 (2011)

maxresdefault (1)

Essa “coisa” já foi citada no site anteriormente, na lista dos filmes mais polêmicos do cinema, mas vamos convir que a sequência de A Centopeia Humana conseguiu algo impossível: superar o longa original em nível de maluquice de ideias e grafismo de violência.
Martin (Laurence R. Harvey) é um homem solitário com problemas mentais, que vive com a mãe. Ele trabalha no turno da noite como segurança em um complexo de estacionamento sombrio e sinistro. A fim de esquecer sua lamentosa existência, Martin começa a reproduzir as meticulosas habilidades cirúrgicas do Dr. Heiter (Dieter Laser).

6 – Jogos Mortais 3 (2006)

saw-3_470968_13147

Saw é sem duvidas a franquia de Terror que mais rendeu nos últimos anos, foram sete filmes e todos eles lançados para o cinema, conseguindo bilheterias consideráveis para o que se propõe. Foi confirmado que teremos uma oitava parte em 2016. Mas o terceiro filme foi aquele que expandiu o universo de Jigsaw e deixou o público empolgado com o que viria.
Dessa vez Jigsaw (Tobin Bell) tem a ajuda da sua assistente Amanda (Shawnee Smith), que passou a ser sua aliada depois de ser obrigada a participar duas vezes dos jogos mortais do assassino. Jigsaw conseguiu escapar da polícia, e enquanto foge de um grupo de detetives, ele e Amanda têm um novo alvo: A médica Lynn Denlon (Bahar Soomekh).

5 – A Hora do Pesadelo – Os Guerreiros dos Sonhos (1987)

NOES_3_225 Nightmare on Elm Street , August 23, 2004 Photo by New Line/newline.wireimage.com To license this image (4558482), contact NewLine: U.S. +1-212-686-8900 / U.K. +44-207-868-8940 / Australia +61-2-8262-9222 / Japan: +81-3-5464-7020 +1 212-686-8901 (fax) info@wireimage.com (e-mail) NewLine.wireimage.com (web site)

É sabido que Freddy Krueger é uma das figuras mais icônicas do Terror mundial. Depois do lançamento do terceiro filme da franquia, o personagem ganhou quadrinhos, games e transcendeu em mídias como nenhum outro personagem do gênero havia feito.
Nancy Thompson (Heather Langenkamp), uma das sobreviventes dos ataques de Freddy Krueger (Robert Englund), é agora uma psicóloga especialista em sonhos. Ela trata de alguns adolescentes em um sanatório, que são atacados por Krueger em seus sonhos. Para combatê-lo, Nancy ensina as crianças a usarem suas habilidades especiais no mundo onírico. Quando Krueger sequestra um de seus pupilos, Nancy lidera uma busca no domínio do assassino para resgatá-lo.

4 – Pânico 2 (1997)

Scream2-Stab-Movie-Premiere-Audience

Wes Craven dá uma aula de como se faz uma continuação, com este segundo Pânico, pois, além de trazer novamente a imagem pop do assassino Ghostface, o diretor descontrói o gênero e entrega uma obra metalinguística que referência títulos clássicos do estilo. Bravo.
Dois anos pós o massacre em Woodsboro, Sidney Prescott (Neve Campbell) e Randy Meeks estão tentando refazer suas vidas em uma nova cidade. Estudando no colégio de Windsor, eles vão lidar com uma nova onda de assassinatos quando o terrível psicopata retorna para assombrá-los nas vésperas do lançamento do filme baseado nos seus crimes.

3 – Uma Noite Alucinante 2 (1987)

Uma Noite Alucinante 2 (02)

O cineasta Sam Raimi misturou em The Evil Dead o gore ou trash com o um estilo quadrinístico e pulsante, e acabou criando um fenômeno pop que muita gente intitula como a obra definitiva do gênero. A continuação mais parece uma espécie de remake: é um filme com as mesmas características e ideias, só que com uma produção maior. Que gerou um terceiro, um remake e agora vem aí uma série.
Ash (Bruce Campbell) leva sua namorada Linda (Denise Bixler) até uma casa abandonada, onde encontra uma fita de áudio abandonada por um professor. Ash coloca a fita para tocar, ouvindo citações do livro dos mortos. Os encantamentos despertam as forças do mal na floresta ao lado, que transformam Linda em um monstruoso Deadite. O objetivo é fazer o mesmo com Ash, mas ele recebe a ajuda da filha do professor, de um mecânico que trabalhava com ele e sua namorada.

2 – Sexta-Feira 13 – Parte III (1982)

4L1MSZo8dQ20x4AhBDKfDs1cOjs

Jason Voorhees é o maior símbolo do Terror americano. Ponto. Suas mais de dez sequências nos cinemas, a invasão em outras mídias, a venda de action figures e da clássica máscara de hóquei são provas disso. Todas essas particularidades se estabeleceram a partir do terceiro filme, quando finalmente a maioria desses conceitos foi enfim desenvolvida.
Naquela noite, enquanto Chris e Rick estão dando uma volta na floresta, retornando do passeio, Chris e Rick encontram a casa vazia e a investigam. Quando se separam, Jason mata Rick esmagando sua cabeça com as próprias mãos. Jason joga o corpo de Rick pela janela em direção à Chris, que tenta fugir em seu furgão. Mas no caminho, ela acaba sendo obrigada a voltar correndo para o celeiro, onde ocorre seu confronto com Jason.

1 – Aliens – O Resgate (1986)

aliens-1986-newt-and-alien

A obra-prima de Ridley Scott flerta muito mais com o suspense do que propriamente o horror, mas ao decorrer da exibição, o clima claustrofóbico, a “scream girl versão badass” e um monstro assustador e invencível nos fazem coloca-lo como uma das grandes obras do Terror moderno. E é bem verdade que a continuação de James Cameron leva a ficção cientifica e ação como primeiro plano, mas por melhor explanar o universo dos Aliens, o diretor deixou tudo aquilo ainda mais interessante e amedrontador. A franquia tomou dimensões inimagináveis.
Depois de um sono de cinquenta e sete anos, Ellen Ripley (Sigourney Weaver), a única sobrevivente da tragédia espacial, descobre que o local onde tudo ocorreu com sua nave foi colonizado por humanos. Inicialmente relutante, ela aceita retornar para enfrentar seu pior pesadelo e tentar salvar as setenta famílias que lá habitam.

Menções honrosas: Halloween 2 – O Pesadelo Continua! (1981), REC 2 – Possuídos (2009), Brinquedo Assassino 2 (1990), Damien: A Profecia II (1978), Resident Evil 4: Recomeço (2010) e Hellraiser II – Renascido das Trevas (1988).

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «