As 12 piores cenas em CGI

As 12 piores cenas em CGI

COMPARTILHE!

Com a tecnologia atual do cinema, principalmente na pós-produção dos filmes, o uso de CGI é cada vez mais frequente. O problema é que nem todos dominam o uso deste recurso e as vezes o resultado não é nada satisfatório. E é sobre esses momentos que o site Bloody Disgusting listou os piores momentos do CGI em filmes de terror. Veja:

O Enigma do Horizonte‘ (‘Event Horizon‘, 1997)

Misturando ficção científica com terror, ‘O Enigma do Horizonte‘ é o famoso divisor de águas, adorado por alguns e detestado por outros. Tendo passagens interessante, o filme de 1997 traz elementos flutuantes em cenas de anti-gravidade. Mesmo para a época não é legal ver desenhos animados vagando pela tela em um filme tão sério.

 

     

Blade, O Caçador de Vampiros‘ (‘Blade‘, 1998)

Baseado nas HQs da Marvel Comics, Blade (Wesley Snipes) é uma das melhores adaptações de quadrinhos da década de 1990. O único problema do filme foi ser lançado na época em que o CGI ainda estava em seus estágios iniciais. A cena em questão mostra bastante sangue na tela, mas o resultado final do efeito é similar as terríveis projeções “3D” do Windows 95 e 98 quando acionava o protetor de tela. O pior é que a cena acontece no grande embate final do filme.

Anaconda‘ (1997)

Anaconda é um clássico do cinema B e trash dos anos 90, não há quem não tenha assistido e se divertido com o filme. Esbanjando efeitos práticos muito bem produzidos, ‘Anaconda‘ também sofreu com a fase inicial do CGI. Em sua cena final, o filme de Luis Llosa apresenta uma das cenas mais horríveis (esteticamente) já vistas na história do cinema. Relembre:

Do Fundo do Mar‘ (‘Deep Blue Sea‘, 1999)

Pouco depois de ‘Anaconda‘, ‘Do Fundo do Mar‘ chega ao mesmo estilo cinema B. Misturando elementos trahs, com thriller de suspense e doses de ação, o filme estrelado por Samuel L. Jackson consegue ter uma cena ainda pior que a de ‘Anaconda‘, veja o vídeo abaixo. (Se você nunca assistiu a este filme, considere a cena como um grande spoiler).

Fenda no Tempo‘ (‘The Langoliers‘, 1995)

Baseado na obra ‘The Langoliers‘ de Stephen King, a minissérie foi divida em dois telefilmes com pouco mais de duas horas de duração. O problema da adaptação é a solução encontrada para a criação do monstro na história. Descrito como uma esfera com dentes serrilhados, a criatura tem como resultado final um dos visuais mais feios do cinema.

O Retorno da Múmia‘ (‘The Mummy Returns‘, 2001)

O Retorno da Múmia traz uma cena bastante bizarra em seus efeitos visuais. O longa de 2001 não fez uma cena feia com o uso de CGI. Ele apenas passou vergonha com uma solução visual tão ridícula. A sorte é que o ocorrido aconteceu apenas no terceiro ato do filme, se fosse antes muitos espectadores teriam abonado a sala do cinema. Reveja a cena:

Spawn, O Soldado do Inferno‘ (‘Spawn‘, 1997)

Sofrendo com os poucos recursos dos anos 90, ‘Spawn‘ tem boas soluções visuais, mas o grande problema é a transformação de Clown (John Leguizamo) no Violator. Na época até poderia ser aceitável, mas hoje, realmente, não é nada legal.

O Chamado 2 – O Círculo se Fecha‘ (‘The Ring 2‘, 2005)

O Chamado 2‘ está naquela imensa lista de continuações que não deveriam ter acontecido. E como se não bastasse carregar este rótulo, ele conseguiu estar entre os filmes de terror com a pior no uso de CGI. A cena dos alces até começa bem, mas o resultado final é péssimo.

Carta Para a Morte‘ (‘The Gravedancers‘, 2005)

 

Na metade dos anos 2000, o recurso o CGI já tinha tido um grande avanço em sua qualidade visual – se comparado com os ano 90. O fato é que ‘Carta Para a Morte‘ é um bom filme de terror, e até o final estava sendo totalmente correto. Mas devido a má gestão do orçamento disponível para o filme, o CGI utilizado nos minutos finais tem uma queda de qualidade é absurda. Veja o resultado:

Tubarão III‘ (‘Jaws 3-D‘, 1983)

Na década de 80 não havia como esperar algo espetacular nos efeitos visuais do cinema. Mas se franquias como ‘Star Wars‘ e ‘Star Trek‘ caprichavam bastante nos efeitos, mesmo com tantas limitações. O terceiro filme da quadrilogia Tubarão, apesar de divertido, peca totalmente ao querer inserir os elementos “3-D” quando o tubarão é explodido por uma granada. A cena deveria assustar, mas acaba sendo extremamente engraçada. Veja esta e mais uma cena bizarra do filme logo abaixo:

Cena 1

Cena 2

A Hora do Pesadelo‘ (‘A Nightmare on Elm Street‘, 2010)

Freddy Krueger é um dos personagens mais icônicos da história do cinema. O filme de 2010 tenta recriar a franquia, que teve diversas continuações. Mas o remake de Samuel Bayer consegue ter efeitos muito mal feitos. O clássico de Wes Craven de 1984 é melhor em todos os sentidos, inclusive nos efeitos visuais. Veja a imagem, de 2010, onde Freddy espiona Nancy pela parede:

Deixa Ela Entrar‘ (‘Let the Right One In‘, 2008)

O filme sueco de Tomas Alfredson é ótimo, e dois anos depois do seu lançamento ganhou uma versão americana (‘Deixe-me Entrar‘) com Chlöe Grace Moretz. Apesar de ter muita qualidade no roteiro, o filme exagera no CGI, o que é uma pena.

Lembra de alguma cena onde o CGI é horrível em um filme de terror que não está na lista? Deixe nos comentários.


Crítica | Annabelle 2 - A Criação do Mal - Vale a pena?



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.