Astro de ‘Crepúsculo’ diz achar estranho ter “inspirado” ’50 Tons de Cinza’

COMPARTILHE!

Durante sua passagem no Festival de Berlim, onde promove o drama ‘Life’, Robert Pattinson falou sobre o que pensa da polêmica adaptação do best-seller ’Cinquenta Tons de Cinza’, que estreou hoje no Brasil.

Em entrevista à Reuters, o ator britânico confessou achar estranho o fato de seu personagem em ‘A Saga Crepúsculo’ – o vampiro Edward Cullen – ter servido de inspiração para o personagem Christian Grey (feito por Jamie Dornan).

“É de certo modo estranho, além disso eu conheço Jamie há cerca de 10 anos. Eu realmente não li o livro, mas acho que deve ser muito, muito diferente [o filme]. Não vejo como isso possa funcionar se não for diferente. Incrível essa quantidade de fãs. Há algum tipo de profunda conexão que um grupo de pessoas tem com ele, e nunca descobri exatamente o que é.”




Crítica | Cinquenta Tons de Cinza

Cinquenta Tons de Cinza‘ entrou em cartaz hoje, dia 12 de fevereiro, nos cinemas brasileiros. O filme está sendo exibido em 1.090 salas de cinemas em 200 cidades.

‘Cinquenta Tons de Cinza’ ganhará sequências

Baseado no best-seller de EL James, que vendeu mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo, o longa retrata o relacionamento entre o bilionário de 27 anos Christian Grey, interpretando por Jamie Dornan, e a estudante Anastasia Steele, papel de Dakota Johnson. Com estreia mundial na data que corresponde ao dia dos namorados nos Estados Unidos (Valentine’s Day), o filme traz à tona a relação íntima e intensa do casal e mescla os sentimentos da jovem inexperiente Anastasia com os do poderoso e sedutor Grey, um homem de interesses extremamente peculiares.




“O público não verá meu pênis em ‘Cinquenta Tons de Cinza’”, diz Jamie Dornan.

 

Curta nossa ENTREVISTA com a Milla Jovovich:



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «