Brad Pitt diz que decisão de Angelina Jolie foi “para o bem da família”

Brad Pitt diz que decisão de Angelina Jolie foi “para o bem da família”

COMPARTILHE!

Brad Pitt quebrou o silêncio sobre o divórcio pela primeira vez em um comunicado à People.

“Estou muito triste com tudo isso. Mas o que mais importa agora é o bem-estar de nossa família. Pelo privacidade para o bem dos nossos filhos, e imploro que vocês deem o espaço que eles merecem neste momento difícil”, afirmou.

Ainda na nota, ele afirma que Jolie tomou a decisão “para o bem da família”.




No período da tarde, o advogado Robert Offer, que presta serviços para a atriz,  comentou:

“Essa decisão foi tomada pelo bem-estar da família. Ela não irá comentar, e pede que a família tenha privacidade neste momento”

A atriz entrou com a papelada para o processo de divórcio na segunda-feira, 19, alegando “diferenças irreconciliáveis”.

O TMZ afirma que Angelina se cansou do “uso excessivo de maconha e álcool” do marido, e que ela acredita que ele tenha problemas de comportamento que se tornaram um perigo para as crianças.




A atriz pede a custódia total dos seis filhos, dando direito a Brad visitá-los.

Angelina Jolie e Brad Pitt subiram ao altar em 23 de Agosto de 2015, na França, oficializando a união de nove anos. Somente 20 pessoas, entre familiares e amigos próximos, foram convidadas para a cerimônia, realizada em uma capela no Chateau Miraval, sul da França.

Veja as imagens do casamento!

Na ocasião, o casal assinou um acordo pré-nupcial de US$ 320 milhões, com 101 páginas e encomendado por Pitt. O pré-nupcial informa que cada um deve continuar sua fortuna original. Na eventualidade de uma separação, Brad iria manter sua fortuna de US$ 161 milhões de dólares, enquanto Angelina continuaria com seus US$ 144 milhões.

Esse é o segundo casamento de Pitt e o terceiro de Jolie.

Curta nossa ENTREVISTA com a Milla Jovovich:



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «