Britânico é condenado a 33 meses de prisão por piratear ‘Velozes e Furiosos 6’

Britânico é condenado a 33 meses de prisão por piratear ‘Velozes e Furiosos 6’

COMPARTILHE!

O jovem britânico Philip Danks foi condenado a 33 meses de prisão por ter gravado escondido o filme ‘Velozes e Furiosos 6‘ em uma sala de cinema e depois distribuído o material na Internet.

Segundo a BBC, a cópia ilegal teve cerca de 700 mil downloads e, segundo a Fact (Federação Contra o Roubo de Direitos Autorais), gerou um prejuízo de “milhões de libras” para o estúdio Universal.

Michael Bell, ex-namorado da irmã de Danks, ajudou a divulgar as cópias piratas de ‘Velozes e Furiosos 6‘ e também foi condenado pelo crime – este a cumprir 120 horas de serviços comunitários.

Mesmo após sua prisão, na metade do ano passado, Danks continuou distribuindo ilegalmente filmes e ainda tentou vender DVDs piratas por meio de sua página no Facebook.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Autoridades localizaram o jovem de 25 anos após ele ter deixado um comentário em um popular site de filmes piratas com o seu nickname, ‘TheCod3r’.

O tribunal que condenou Danks o descreveu como “ousado, arrogante e prepotente”.


Renato Marafon faz tatuagem de Deadpool na CCXP


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.