Downey Jr. diz que ‘Capitão América: Guera Civil’ não é ‘Homem de Ferro 4’

Downey Jr. diz que ‘Capitão América: Guera Civil’ não é ‘Homem de Ferro 4’

COMPARTILHE!

Robert Downey Jr. (Homem de Ferro) tem um papel substancial em ‘Capitão América: Guerra Civil’, mas em entrevista à Empire, o ator fez questão de deixar claro que seu herói não será o centro das atenções.

“Ultimamente, é a história de Steve; não é um ‘Homem de Ferro 4: Guerra Civil’. Mas eu acho isso ótimo, porque Chris [Evans] está faminto para trazer à tona um lado obscuro [do Capitão]. Eu me lembro dos quadrinhos – pela superfície, você vê um Capitão que gosta de beisebol e torta de maçã, mas no fundo há toda a preocupação por ser um homem fora do seu tempo. Agora nós sabemos que ele fez as pazes com isso.”

Downey Jr. também esclareceu que não considera o Homem de Ferro o vilão de ‘Capitão América 3’, embora o filme colocará os dois heróis em lados opostos de uma guerra.




“A questão principal para mim é que tipo de incidente pode ocorrer e em qual tipo de armação Tony poderia estar envolvido? Os [irmãos] Russo foram brilhantes nisso e Kevin [Feige, chefão da Marvel] os apoiaram. As pistas estão em ‘Vingadores: Era de Ultron’, sobre o que acontecerá a seguir com Tony.”

Além de Downey Jr., ‘Capitão América: Guerra Civil’ também terá os retornos de Chris Evans (Steve Rogers/Capitão América), Anthony Mackie (Falcão), Scarlett Johansson (Viúva Negra) e Sebastian Stan (Soldado Invernal). Também participam do filme: Chadwick Boseman (Pantera Negra), Frank Grillo (Ossos Cruzados), Daniel Bruhl (Barão Zemo) e o Homem-Aranha (leia mais).

As filmagens começam em abril e devem durar cerca de cinco meses. ‘Capitão América: Guerra Civil’ chega aos cinemas em 6 de maio de 2016.

Kevin Feige fala sobre como será a Guerra Civil nos cinemas




Inicialmente, Downey Jr. faria uma rápida participação em ‘Capitão América: Guerra Civil’, embora almejasse um destaque maior; então seu Tony Stark/Homem de Ferro foi excluído do roteiro. Kevin Feige, porém, interveio e começou a renegociar a aparição de Downey Jr., que agora de fato terá uma participação maior.

Os eventos de ‘Vingadores 2: Era de Ultron‘ acarretarão grandes consequências para Tony Stark.

SPOILERS a seguir!

capitao-america-3-logo

Culpado pela destruição provocada pelo Ultron em ‘Vingadores 2‘, Tony Stark vai considerar a aposentaria do Homem de Ferro e acabará se afastando dos Vingadores, motivando outros heróis a fazer o mesmo.

Com o grupo desfalcado, Steve Rogers (Chris Evans) assume o posto de líder no final do longa e escala uma nova formação de heróis: Falcão, Máquina de Combate, Mercúrio, Feiticeira Escalarte, Viúva Negra e possivelmente Visão – o que reforça os boatos da ausência de Homem de Ferro, Thor e Hulk em ‘Os Vingadores 3.

Este cenário sombrio, com heróis dispersos e derrotados, teria continuação em ‘Capitão América: Guerra Civil‘, que marca o início da Fase 3 da Marvel e do próximo grande evento da Marvel no cinema, a adaptação do arco ‘Guerra Civil‘.

Marvel revela sua Fase 3 no cinema

Na minissérie ‘Guerra Civil‘, Homem de Ferro e Capitão América lideram lados opostos da guerra do governo norte-americano contra os super-heróis. Originalmente, o arco foi publicado pela Marvel entre 2006 e 2007, mas será relançado pela editora na metade do próximo ano.

Em função destes eventos, os irmãos e diretores de ‘Capitão América 3‘, Anthony e Joe Russo, estariam negociando também a direção de ‘Os Vingadores 3‘ – que será chamado ‘Vingadores: Guerra Infinita‘ e dividido em duas partes – substituindo Joss Whedon no cargo.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «