Chris Evans convida garoto que sofre bullying para estreia de 'Vingadores: Guerra Infinita'

Chris Evans convida garoto que sofre bullying para estreia de 'Vingadores: Guerra Infinita'

COMPARTILHE!

Um vídeo de um garoto chamado Keaton Jones começou a circular nas redes sociais durante essa semana. Chamando a atenção de muitos atores e atrizes de Hollywood. No vídeo, o menino conta todas as formas que os colegas de escola fazem bullying com ele e como ele estava se sentindo em relação a isso.

Comovido com as declarações do menino, o ator Chris Evans usou seu perfil pessoal para encorajar Jones e convidá-lo para a estreia de 'Vingadores: Guerra Infinita'.

"Aguente firme, Keaton. Não deixe que eles te tornem frio. Te prometo que as coisas melhoram. Enquanto esses caras na sua escola estão decidindo que tipo de pessoa eles querem ser no mundo, você e sua mãe gostariam de vir para a estreia de Vingadores em Los Angeles no ano que vem?"




Porém, o caso teve uma reviravolta após a descoberta de publicações racistas da mãe dele, Kimberly Jones, no Facebook, em que um retrato da família surgiu ao lado de uma bandeira dos Confederados, conhecido grupo dos estados americanos escravistas.

Outro publicação, Kimberly criticava o jogador de futebol americano Colin Kaepernick, que protestou durante o hino nacional à respeito da violência contra os negros.

Logo alguns perfis no Twitter chegaram a alegar que o menino sofreu bullying após dar apelidos racistas aos colegas. Assista ao vídeo:

A atriz Patricia Arquette foi uma das que usou o Twitter para pedir um posicionamento da família do garoto em relação às acusações de racismo:

"Se Keaton disse frases racistas aos colegas, ele e a mãe precisam ir para o escritório do diretor também e pedir desculpas para aquelas crianças".

 




Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c