‘Cinderela’ passa dos US$ 500 milhões nas bilheterias

‘Cinderela’ passa dos US$ 500 milhões nas bilheterias

COMPARTILHE!

Ainda em cartaz nos EUA e em outros mercados, ’Cinderela’ ultrapassou a barreira dos US$ 500 milhões nas bilheterias, informou a Disney.

O filme arrecadou até agora US$ 195 milhões em solo americano e mais US$ 308 milhões internacionalmente, totalizando US$ 503 milhões de bilheteria mundial. Embora os números sejam impressionantes, a fantasia em live-action ainda fica atrás de outros sucessos do estúdio, como ‘Alice no País das Maravilhas’ (US$ 1 bilhão) e ‘Malévola’ (US$ 758,4 milhões).

Entre as próximas versões com atores de clássicas animações da Disney estão ‘Mulan’, ’Ursinho Pooh’ e ‘Pinóquio’.




A história de ‘Cinderela‘ segue a vida da jovem Ella (Lily James), cujo pai comerciante casa novamente depois que fica viúvo de sua mãe. Ansiosa para apoiar o adorado pai, Ella recebe bem a madrasta (Cate Blanchett) e suas filhas, Anastasia (Holliday Grainger) e Drisella (Sophie McShera), na casa da família. Mas quando o pai de Ella falece inesperadamente, ela se vê à mercê de uma nova família cruel e invejosa. Relegada à posição de empregada da família, a jovem sempre coberta de cinzas, que passou a ser chamada de Cinderela, bem que poderia ter começado a perder a esperança. Mas, apesar da crueldade a que fora submetida, Ella está determinada a honrar as palavras de sua falecida mãe e “ter coragem de ser gentil”. Ela não cederá ao desespero nem aos que a maltratam. E depois tem o belo estranho que ela conhece na floresta. Sem saber que, na verdade, trata-se de um príncipe, não um mero aprendiz do Palácio, Ella finalmente sente que encontrou uma boa alma. Parece que sua sorte está prestes a mudar quando o Palácio envia um convite aberto a todas as donzelas do reino para ir a um baile, aumentando as esperanças de Ella de encontrar novamente o encantador Kit (Richard Madden). Infelizmente, sua madrasta a proíbe de ir ao baile e, impiedosamente, rasga seu vestido. Mas, como em todo bom conto de fadas, surge ajuda, e uma gentil mendiga (Helena Bonham-Carter) aparece e – armada com uma abóbora e alguns ratinhos – muda a vida de Cinderela para sempre.

Vale lembrar que a Universal anunciou que também adaptará ‘Cinderella‘ às telonas, e contratou Ann Peacock (‘As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e o GuardaRoupa’) para roteirizar. A personagem agora é propriedade de domínio público.

Cinderela-poster-ellaprincipe




Curta nossa ENTREVISTA com a Milla Jovovich:



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «