Cine Belas Artes reabrirá as portas em maio na cidade de São Paulo

Cine Belas Artes reabrirá as portas em maio na cidade de São Paulo

COMPARTILHE!

Belas Artes

O Cine Belas Artes, um dos cinemas mais tradicionais da cidade de São Paulo, voltará a funcionar em maio. Conhecido por sua programação de filmes de arte e alternativos, o Belas Artes estava fechado desde janeiro de 2011 por razões financeiras.

O retorno é resultado de uma parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a Caixa Econômica Federal. O financiamento do banco será destinado para manter a programação e a Prefeitura de São Paulo não terá gastos com a reabertura.

Um acordo prevê que outras empresas podem prestar auxílio financeiro para o Belas Artes, mas nenhuma outra entidade privada se envolveu até agora.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

“Vamos modernizar e colocar novos equipamentos, mas não mudaremos a programação”, declarou André Sturm, o diretor do cinema. “O Cine Belas Artes terá a mesma cara com a qual as pessoas estão acostumadas e gostam.”

Sturm, que também é diretor executivo do Museu da Imagem e do Som (MIS), ainda afirma que as salas do Belas Artes devem voltar a funcionar entre maio e junho.

O anúncio oficial deve acontecer durante a próxima semana, que terá a comemoração do aniversário da capital paulistana.

Localizado na avenida Consolação desde sua inauguração em 1967, o Belas Artes correu o risco de fechar em março de 2010, quando o HSBC retirou seu patrocínio. Apesar de um novo patrocinador, o cinema fechou as portas menos de um ano depois, após 43 anos de funcionamento.

O acontecimento causou comoção na época, com diversos grupos se mobilizando para reabrir o cinema. O Condephaat, órgão do governo estadual que preserva patrimônios históricos, decidiu tombar parte do prédio que abrigava o Belas Artes. Mesmo assim, o tombamento diz respeito apenas à fachada e aos primeiros quatro metros interiores a partir da entrada, e não obrigava que um cinema funcionasse no edifício.

Fernando Haddad, prefeito de São Paulo, cogitou transformar o prédio em que o Belas Artes funcionava em um centro cultural da Prefeitura, mas a ideia foi descartada.

O cinema exibiu o filme francês ‘Medos Privados em Lugares Públicos’, de Alain Resnais, por mais de três anos ininterruptos, ou seja, 144 semanas, um recorde no Brasil.

Como curiosidade, o letreiro que dizia “Desde 1952” na fachada do Belas Artes é um mistério para todos, pois o cinema foi inaugurado em 1967, e o edifício que o abrigava, em 1943. Nem Sturm consegue explicar. “Quando assumi, estava lá”, disse à Folha.


Crítica | Extraordinário é extraordinário... e vai te fazer chorar litros!


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.