'Cloverfield' faz 10 anos: Conheça os maiores segredos e mistérios por trás do filme!

'Cloverfield' faz 10 anos: Conheça os maiores segredos e mistérios por trás do filme!


🍿 URGENTE! Inscreva-se no nosso canal do YouTube para receber vídeos EXCLUSIVOS e PROMOÇÕES! 🍿



Dá para acreditar que já faz 10 anos que o enigmático Cloverfield lançou nos cinemas mundiais? Em 16 de janeiro de 2008, o mundo conheceu aquele que viria a se tornar um dos maiores clássicos do found footage. Mas o que fez o filme produzido por J.J. Abrams e dirigido pelo atual diretor de The Batman, Matt Reeves, se tronar um sucesso instantâneo?

O segredo que manteve Cloverfield vivo até hoje está em sua fórmula única de mistério. O filme que foi exibido nos cinemas é apenas a ponta do iceberg, já que uma das maiores (e talvez melhores!) campanhas de marketing que o cinema já teve estabeleceu todo um universo realista de mistérios, o famoso “arg” (ou jogo de realidade alternativa) foi e ainda é extremamente rico em detalhes, como os perfis falsos dos jovens protagonistas do filme no facebook em 2007, a bebida “Slusho!”, que faz seu estômago explodir e a empresa Tagruato, responsável por boa parte dos "incidentes" da trama. Você viu isso no filme? Não, pois 'Cloverfield' mantém sua beleza é na internet.

E nós do CinePop somos muito fãs da “mystery box” do J.J. Abrams e, para comemorar os 10 anos do filme, escolhemos alguns mistérios e segredos fantásticos para comentar:

1 – Slusho! A bebida que "você não consegue tomar apenas seis":




Slusho!” é uma bebida fictícia que está presente na trama de Cloverfield, apesar de ter aparecido no filme como um pequeno easter egg, é na internet que ela tem maior força. O que sabemos é que essa bebida misteriosa é semelhante a um refrigerante, foi criada no Japão pela empresa Tagruato e possui uma “fórmula misteriosa” encontrada nas profundezas do oceano. Isso te lembra alguma coisa? Sim, o monstro está no mar quando o filme começa (mesmo que tenha vindo do espaço, mas isso é assunto para outro momento!) e, de acordo com as melhores teorias, foi na tentativa de encontrar essa tal fórmula secreta, que a empresa Tagruato “acordou” o monstrão, ou, a mais assustadora: a bebida é feita com o sangue do monstro. O que explica a famosa frase em seu site, (sim, os caras do marketing do filme criaram um site real): “é de explodir barrigas”. E o que acontece com os humanos quando os monstros os mordem? Explodem!

A “Slusho!” ainda é um mistério, o site é um mistério e está no ar até hoje (apesar de ter saído essa semana do ar para entrar um novo "jogo" visando o novo filme), o que mostra que os produtores ainda têm planos para a marca no futuro. Será?

O site da Slusho! Pode ser conferido nesse link.

2 – Tagruato - A empresa que explora o fundo do mar:

A Tagruato é uma empresa fictícia que serve de base para tudo que Cloverfield mostra nos cinemas. Tem, desde personagens da trama que são ex-funcionários da empresa, até mesmo uma citação dela no filme, na cena em que mostra a plataforma de petróleo sendo destruída pelo monstro, em uma reportagem da TV, isso mesmo, essa plataforma é da Tagruato! Vindo do mesma mente criativa, a Tagruato funciona para Cloverfield como a Dharma funciona paraLost. Ambas são cercadas de mistérios com experiências científicas e erros que causam tragédias.

A Tagruato estava sumida por anos, até reaparecer no “arg” de ‘Rua Cloverfield, 10’, afinal, é para essa empresa que o personagem do John Goodman, o Howard Stambler, trabalha e diz saber dos “segredos sombrios” que ela esconde, o que o levou a construir o banker com antecedência, antes dos eventos do filme começar. Inclusive, há uma cena no filme em que a personagem da Mary Elizabeth Winstead pega um documento que mostra que Howard trabalhou na divisão chamada “Bold Futura”, que cuida de tecnologia avançada e satélites.

Assim como a “Slusho!”, o site da Tagruato ainda está ativado (apesar de ter saído essa semana do ar para entrar um novo "jogo" visando o novo filme) e cercado de mistérios escondidos. Provavelmente a empresa vai reaparecer e será mais bem explicada nos cinemas com ‘The Cloverfield Paradox’. É esperar para ver.

O site da Tagruato pode ser conferido nesse link.

3 – O monstro veio do espaço?

Provavelmente você já viu aquela última cena do filme, em que mostra Rob (Michael Stahl-David) e Beth (Odette Annable) numa roda gigante, em um lindo dia na praia. Até ai tudo bem, mas já reparou no que acontece no fundo da cena? Então, algo cai do céu em direção ao mar. Veja:

O que seria esse “algo” e por qual razão os roteiristas colocariam esse pequeno detalhe na cena? Então, há teorias de que o mostro viveu na Terra por milhares de anos, nas profundezas do oceano, porém, a melhor teoria e a que faz mais sentido é de que a criatura veio mesmo é do espaço, agarrada a um satélite (da Tagruato) que caiu na Terra. Isso explicaria muito da trama de ‘Rua Cloverfield, 10’, com os extraterrestres futuristas e também serviria de conexão com o próximo filme da franquia, ‘The Cloverfield Paradox’, que será situado em uma estação espacial.

Uma coisa é certa, a franquia que nasceu com um filme de baixo orçamento, agora está se expandindo para algo grandioso, e toda essa subtrama serve de conexão entre os filmes. Se você não viu muita ligação entre Cloverfield e ‘Rua Cloverfield, 10’, talvez conheça apenas o que está sendo mostrado na tela grande e desconheça os mistérios e easter eggs dos bastidores. Vale à pena olhar mais uma vez, e dessa vez, com atenção.

Cloverfield completa 10 anos, mas ainda tem muita coisa para acontecer e o “arg” de ‘The Cloverfield Paradox’ começou essa semana na página do Reddit chamada ‘Cloververse’, que vocês podem conferir aqui nesse link.

Boa diversão e boa caçada!

‘The Cloverfield Paradox’, filme que é considerado o 3º 'Cloverfield' já está disponível na Netflix.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c