Confira os 7 remakes live-action que a Disney fará após ‘A Bela e a Fera’

Confira os 7 remakes live-action que a Disney fará após ‘A Bela e a Fera’

COMPARTILHE!

A nova versão de ‘A Bela e a Fera‘ chega aos cinemas hoje, e apesar de ter dividido os críticos, deve fazer bonito nas bilheterias.

A aventura conta a fantástica jornada de Bela (Emma Watson), uma jovem bela e brilhante que se torna prisioneira de uma fera malvada (Dan Stevens) em seu castelo. Apesar da terrível situação, Bela se torna amiga dos habitantes do castelo encantado e, por fim, aprende a ver além do exterior da Fera e descobre o coração e a alma de um príncipe.

Trata-se do quinto remake live-action da Disney, após ‘Alice no País das Maravilhas‘, ‘Malévola‘, ‘Cinderela‘ e ‘Mogli – O Menino Lobo‘, e o estúdio prepara mais várias atualizações dos seus clássicos para a nova geração.

O CinePOP separou para você os 7 remakes live-action da Disney que chegarão aos cinemas entre 2018 e 2020.

     

Confira:

O Rei Leão

A Walt Disney já iniciou a produção da versão live-action de ‘O Rei Leão, adaptação da clássica animação que faturou US$ 987 milhões em 1994.

O projeto virá pelas mãos de Jon Favreau, o mesmo que dirigiu o bem sucedido mix de computação gráfica e live-actionMogli – O Menino Lobo‘.

Com poucos detalhes, o comunicado oficial também afirma que a trilha sonora e as músicas da produção original serão mantidas. O projeto ainda não tem data de estreia definida.

 

Alladin

A Disney está em negociações avançadas com Guy Ritchie, da franquia ‘Sherlock Holmes‘, para que ele assuma o live-action de ‘Aladdin‘, longa que será inspirado no clássico de 1992.

A publicação ainda menciona que a ideia do roteirista John August é manter-se fiel a história que emocionou o mundo nos anos 90. Além de ter faturado mais de US$ 500 milhões no mundo, sendo a maior bilheteria daquele ano, a animação conquistou dois Oscars.

 

Mulan

mulan_1

Niki Caro, do inédito ‘O Zoológico de Varsóvia‘, foi contratada para dirigir o live-action de ‘Mulan‘. A Disney já agendou a data de estreia: 2 de novembro de 2018.

O estúdio também cogitou nomes como o de Patty Jenkins (‘Mulher-Maravilha’) e Michelle MacLaren (‘Breaking Bad’, ‘Game of Thrones’).

Rick Jaffa e Amanda Silver roteirizam a nova versão.

A busca por uma atriz chinesa também já foi iniciada. O objetivo da Disney é encontrar uma atriz com os traços chineses, mas que não necessariamente viva na China.

O longa fará uma releitura da lenda chinesa de Hua Mulan, guerreira que se disfarça de homem para substituir o debilitado pai nas forças armadas. A personagem já foi retratada numa animação de 1998.

O longa animado original faturou US$ 304,3 milhões pelo mundo, conquistou indicações ao Globo de Ouro, Oscar e deu origem a uma sequência lançada diretamente em DVD em 2005, ‘Mulan 2 – A Lenda Continua’.

 

Sininho

A próxima personagem do estúdio a ganhar um filme live-action é Tinker Bell (a Sininho), que será vivida por Reese Witherspoon no filme ‘Tink‘.

Victoria Strouse (‘Procurando Dory’) será a responsável pelo roteiro do longa, e um diretor será anunciado em breve.

A história acompanhará a juventude da fada, que sonha em se transformar em uma mulher adulta. Vale lembrar que a personagem já foi vivida por Julia Roberts em ‘Hook‘ (1991).

 

 

A Pequena Sereia

pequenasereia_1

Um dos maiores sucessos da Walt Disney Animation Studios está prestes a ganhar também uma versão em live-action. O clássicoA Pequena Sereia‘ (The Little Mermaid) ganhará em breve uma versão com atores reais.

Sofia Coppola chegou a negociar para dirigir, mas abandonou o projeto – que procura uma nova diretoraKelly Marcel (Cinquenta Tons de Cinza) roteiriza a nova versão.

A atriz Lindsay Lohan está fazendo campanha para viver a protagonista!

A Pequena Sereia‘  é inspirada no livro de mesmo nome escrito por Hans Christian Andersen e lançado em 1837. A história fala de uma sereia chamada Ariel, a filha caçula do Rei Tritão, comandante dos sete mares. Insatisfeita com sua vida, ela deseja caminhar entre os humanos para conhecê-los melhor, mas sempre é proibida por seu pai, que considera os humanos como sendo “bárbaros comedores de peixe”.

Até que ela se apaixona por um jovem príncipe e, no intuito de conhecê-lo, resolve firmar um pacto com Úrsula, a bruxa do reino, que faz com que ela ganhe pernas e se torne uma verdadeira humana. Porém, Úrsula também tem seus planos e eles incluem a conquista do reino de Tritão.

Fantasia

A Disney está desenvolvendo uma sequência em live-action de ‘Fantasia’, clássica animação do estúdio lançada em 1940. Terceiro longa animado da Disney, ‘Fantasia’ consiste de oito segmentos, acompanhados cada um por músicas clássicas conduzidas por Leopold Stokowski e sua orquestra.

O filme com atores continuará a história do segmento ‘Uma Noite no Monte Calvo’ (Night on Bald Mountain), sobre uma criatura sombria que vive no alto de uma montanha e ressuscita os espíritos dos mortos na noite de Halloween.

Matt Sazama e Burk Sharpless servirão como roteiristas e produtores do projeto, ainda sem cronograma definido.

 

101 Dálmatas

cruella

A Walt Disney Pictures está avançando com um projeto live-action centrado em Cruella de Vil, a icônica vilã de 101 Dálmatas.

Alex Timbers, co-criador de ‘Mozart in the Jungle‘, dirige.

Jez Butterworth (‘007 Contra Spectre’) vai reescrever o roteiro de Kelly Marcel (‘Walt nos Bastidores de Mary Poppins’).

Emma Stone (‘O Espetacular Homem-Aranha’) já assinou para interpretar Cruella. O novo filme será uma história de origem, seguindo a mesma linha de ‘Malévola‘.

A equipe também conta com um nome ilustre: Glenn Close, que interpretou Cruella em 101 Dálmatas e ‘102 Dálmatas’, será produtora executiva do filme.

A personagem surgiu em 1956, criada pela escritora Dodie Smith no livro 101 Dálmatas (The One Hundred and One Dalmatians). Cinco anos depois, a Disney produziu a primeira adaptação cinematográfica da história, em forma de animação.


Crítica 'Mãe!' | O filme mais insano de 2017!


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.