Crítica em Vídeo | Bright – Superprodução da Netflix é uma bagunça…

Crítica em Vídeo | Bright – Superprodução da Netflix é uma bagunça…

COMPARTILHE!

O editor-chefe Renato Marafon traz a crítica em vídeo de ‘Bright‘, superprodução da Netflix que já está disponível no catálogo do serviço de streaming.

Assista:

‘Bright’: David Ayer se irrita com crítico que classificou o filme como o pior do ano 

Crítica | Bright – Filme da Netflix é PIOR que ‘Esquadrão Suicida’

A direção é de David Ayer, que trabalhou com Smith ano passado em ‘Esquadrão Suicida’.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Ambientado em um presente alternativo onde humanos, orcs, elfos e fadas coexistem desde o início dos tempos, Bright é um filme que desafia a definição de gêneros cinematográficos. A ação acompanha dois policiais com perfis bem diferentes, Ward (Will Smith) e Jakoby (Joel Edgerton), que em uma patrulha noturna de rotina esbarram com uma força maligna que mudará definitivamente o futuro e o mundo.

 Noomi Rapace vive uma elfa.  

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.