Crítica | O Exorcista – 1×01

Crítica | O Exorcista – 1×01

COMPARTILHE!

Vários fãs do clássico ‘O Exorcista‘, obra que revolucionou o gênero do terror mais realista, esperavam ansiosos a estreia da série e outros mais estavam receosos com que iriam ver; eu fazia parte desse último time. Embora, alcance aqui, contornos narrativos próprios, a série se sai bem justamente por evitar comparações com o livro de William Blatty (o criador), e o filme de 1973 dirigido por William Friedkin.

A protagonista da série é a atriz Geena Davis (sempre ótima), que interpreta a mãe de uma jovem possuída pelas forças do mal. Tudo estará nas mãos de um sacerdote que ajudará a família a lutar contra o diabo e libertar a menina.

exorcista_4




Para surpresa, se tratando de um canal mais aberto e leve como a FOX, o cuidado técnico se fez presente mostrando eficientes efeitos especiais que reforçam a ideia do sobrenatural e o teor sombrio e macabro também não foi esquecido, como em cenas mais explícitas como aquela do sótão.

E a escalação de Alfonso Herrera como o Padre Tomás (o protagonista) e, principalmente, Ben Daniels como o Padre Marcus, foram outros acertos dos produtores. Ambos são ótimos atores e carregam dramaticidade e carisma em seus personagens, que estarão interligados diretamente na possessão demoníaca que terão de enfrentar.

Exorcist - CinePOP

Ainda é cedo para realçar o que a série vai se tornar, mas inicialmente, é competente no que se propõe (envolver o espectador nos elementos desse cânone) e ainda que não seja o frisson que o filme um dia causou, o tema clássico tocado no finalzinho já desse episódio-piloto, deixa qualquer fã da clássica obra com um gostinho de respeito!




Confira as primeiras críticas da série ‘O Exorcista’ 

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «