Crítica | Permanência

Crítica | Permanência

COMPARTILHE!

Uma das poucas razões de sermos tão apegados as memórias, é que elas não mudam, mesmo que as pessoas tenham mudado. O novo longa-metragem estrelado pelo excelente ator brasileiro Irandhir Santos, Permanência, é um filme bem sincero com o público, não há clímax, apenas lembranças de um passado amoroso, a descoberta de novas possibilidades e as conseqüências de assuntos mal resolvidos.  O roteiro, muito interessante por sinal, navega na linha dos bons diálogos. Pensando sobre isso e utilizando essa base como argumento, podemos dizer que possui uma certa semelhança com o clássico de Richard Linklater Antes do Amanhecer.

Na trama, conhecemos Ivo (Irandhir Santos) ujm fotógrafo de Recife que chega em são Paulo para sua primeira exposição solo. Resolve se hospedar na casa de um antigo amor, Rita (Rita Carelli) hoje casada e um pouco mudada em relação ao que se lembrara dela. Navegando no marasmo das incertezas, o personagem principal desta história tenta se redescobrir como artista, ter mais segurança em sua vida profissional e principalmente se encontrar no viver.

Permanência não deixa de ser atemporal, e um marcante retrato de uma intimidade que pertence apenas aos envolvidos. Aos poucos vamos desmascarando desejos guardados que como um salto de mágica transbordam na vida do protagonista. Nas linhas detalhadas dos ótimos diálogos, papos sobre Twin Peaks, Recife, fotografia envolvem o espectador. A direção de Leonardo Lacca também merece destaque: Inteligente, consegue captar cada detalhe da intimidade dos personagens sem ser indelicado com a história de cada um deles.




Nesse despertar de lembranças, percebemos como é impressionante o trabalho de Irandhir Santos. Esse é um dos poucos artistas brasileiros que consegue desenvolver qualquer tipo de personagem com maestria. Ivo é um homem simples, de fala mansa, que parece redescobrir a vida a cada novo dia. A simplicidade em suas ações, esconde um pouco a confusão de sentimentos que transparecem em determinados momentos de seu presente indefinido.

Permanência estreia nas salas de todo o Brasil no próximo dia 28 de maio. Esse é uma daquelas raridades intrigantes que volta e meia o cinema nacional surpreende o público positivamente.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «