Crítica | Scream – 2×03: Vacancy

Crítica | Scream – 2×03: Vacancy

COMPARTILHE!

[SPOILERS na crítica]

Depois de um episódio relativamente morno, Scream está de volta com mais uma semana de matar (figurantes). Além de mais um cadáver, temos o retorno de Branson, o ex-namorado secreto/professor da Brooke. Assim como o Jake, nunca entendi o motivo para o personagem ter sobrevivido à primeira temporada, mas é ótimo ver que a segunda está pronta para corrigir os seus erros. Não, ele não rodou nesta semana, mas possivelmente irá entrar na faca em um futuro próximo. Seu retorno basicamente não trouxe nada de interessante à trama além da revelação a respeito das flores que a Brooke havia ganhado. Como já sabíamos, não foi o Jake porque ele estava muito ocupado estando morto, mas acredito que a maioria de nós, inclusive eu, pensou se tratar de um joguinho doentio do assassino. Não foi dessa vez, mas espero que em breve seja.

O que mais me impressiona nisso tudo é que nenhum dos personagens mostra qualquer preocupação em torno do sumiço do Jake. Ele já está desaparecido há um tempo considerável e nenhum dos sobreviventes considerou a possibilidade de ser algo sério? Quero dizer, há alguns meses eles estavam correndo pelas suas vidas, o assassino mandava mensagens em nome de suas vítimas e o Noah continua gritando para todos os cantos sobre um possível cúmplice, e ainda assim ninguém se preocupa com o fato do Jake não ter mostrado nenhum tipo de presença em dias? E outra, os pais da Emma vão até o novo xerife, alerta que alguém mandou diversas mensagens pelo e-mail da falecida Riley e ele não mostra qualquer preocupação a respeito disso? O trabalho policial dessa série é péssimo, mas eles poderiam pelo menos fingir esforço.




Crítica | Scream – 2×02: Psycho 

scream2_3_4

Depois de várias semanas, os personagens novos finalmente têm uma chance de desenvolvimento. Zoe, que inicialmente foi apresentada como uma antiga amiga da Emma, surpreendentemente ganha destaque ao ser pareada com a Brooke. Ela é possivelmente o novo interesse amoroso do Noah, e nós vamos torcer que as coisas deem certo desta vez, ou o nosso querido nerd já poderá ser considerado a viúva negra dessa série (no momento está praticamente todo o elenco empatado com 1 ponto). Gustavo também teve algum destaque, tendo a oportunidade de agir (quase) como uma pessoa normal pela primeira vez na temporada. Não gosto do personagem, talvez seja o ator ou a situação na qual o enredo o colocou, mas acho muito forçado – especialmente quando ele olha para câmera com a óbvia cara de eu-posso-ser-o-assassino.

‘Scream’: Teaser e sinopse do 4º episódio da segunda temporada 




Na crítica anterior, eu mencionei que os roteiristas haviam perdido uma incrível oportunidade de fazer um jogo de gato e rato com a Audrey e o assassino. Nesta semana, eles acertaram em cheio. Eu não sei quão grande foi a participação da Audrey nos crimes da primeira temporada, mas é difícil acreditar que ela tenha se envolvido muito. A personagem parece menos inteligente a cada episódio. É como se ela fizesse tudo o que pudesse para se incriminar, o que as vezes soa risível. Neste terceiro episódio, ao tentar acabar com as provas que haviam contra ela, a personagem conseguiu novas provas ainda mais concretas que a ligam com assassinatos recentes. Ela está obviamente está na mão do assassino, tendo que fazer o que ele quer, mas ainda assim liga para a polícia no final do episódio.

Não faz o menor sentido! Eu sei, vocês podem estar argumentando que ela preferia arriscar ser descoberta do que deixar sua amiga à mercê do novo assassino, mas algumas cenas antes ela quase rachou a cabeça do Noah – seu melhor amigo – por causa da mera possibilidade de um vídeo incriminador. Confesso que fiquei bastante surpreso com sua atitude radical. Pensei que ela teria mais consideração, mas deu para ver que ela está disposta a fazer o que for para não ser descoberta. Isso pode valer ouro nas mãos manipuladoras do novo vilão. Só espero que a Audrey mostre um pouco mais de inteligência nas próximas semanas. Neste episódio ela estava tão descontrolada, agindo feito uma lunática, que ficou até estranho o Noah não ter desconfiado de nada.

Os Filmes MAIS ASSUSTADORES dos Últimos Tempos 

Crítica | Scream – 2×01 

Pelo menos o novo assassino tem se mostrado muito mais eficiente do que a Piper. Além de ser bem mais brutal, parece que ele realmente gosta do que está fazendo. O recepcionista não era importante na trama, e sequer sabíamos se ele tinha alguma informação concreta – quero dizer, ele pensava saber, mas nunca chegou a dizer nada –, então é possível que o assassino só o tenha matado por causa do seu jogo doentio com a Audrey, mostrando a ela que não tem medo de derramar um pouco de sangue para provar um ponto. Apesar dessa interação ser interessante, espero que não se estenda por toda a temporada, quero que o assassino também se sinta inspirado a brincar com outros personagens. Scream se recuperou levemente esta semana; e não só porque houve outra morte, mas sim porque soube equilibrar o suspense com o desenvolvimento dos seus personagens.

PS. Quantos mais segredos a mãe da Emma (aka lying whore) guarda nas mangas? Toda semana alguma informação que ela esconde vaza. Ou abre o jogo logo, ou contrata a Marlene King para roteirizar o seu passado, querida.

 

Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema!


Não esqueça de CURTIR nossa MATÉRIA ESPECIAL: