Crítica | Scream – 2×04: Happy Birthday to Me

Crítica | Scream – 2×04: Happy Birthday to Me

COMPARTILHE!

[SPOILERS na crítica]

Finalmente, depois de quatro semanas, os nossos personagens estão cientes de que há um novo assassino à solta. O ritmo está inegavelmente mais lento do que na primeira temporada, o que deve ser apenas uma consequência da desnecessária encomenda de mais episódios. Mas, enfim, vamos falar sobre o que está acontecendo em Happy Birthday to Me, título que homenageia um slasher cult dos anos 80. Curiosamente, o pôster original do filme trazia a frase de efeito “seis dos mais bizarros assassinatos que você já viu”, o que acabou não sendo verdade. A morte mais chamativa da produção estampava, ironicamente, a arte do próprio pôster. Em Scream, não há nenhuma referência que se destaque além do fato de ser o aniversário do Kieran.

Crítica | Scream – 2×02: Psycho 




Vamos logo deixar claro que esse episódio não teve nada de muito especial. Apesar dos vídeos promocionais empolgantes, na prática, a série deixou muito a desejar. Vamos começar pelas toscas e óbvias sequências de sonho. A primeira temporada usou e abusou desse recurso, e o mesmo está acontecendo com essa segunda. Eu detesto esse tipo de apelação e Scream sequer conseguir soar convincente em suas tentativas. Uma sequência de sonho nos minutos iniciais com o Kieran morrendo? Eu entendo que a maioria dos fãs queria ver isso acontecer, mas acho que eles estavam pedindo pela morte de verdade. Infelizmente, tenho certeza que eles voltarão a usar esse recurso outras vezes no decorrer da temporada, e não espero nada sutil.

Aliás, o que é uma sequência de sonho quando a base de todo o episódio foi o elenco chapado tendo alucinações pela casa da Emma? Quando percebi o que caminho pelo qual o roteiro estava indo, já comecei a ficar bastante decepcionado. Chá de Ayahuasca é mesmo um alucinógeno poderoso, mas o principal objetivo daqueles que o tomam é a busca de um redirecionamento espiritual. Considerando que o enredo podia alterar a realidade e entrar na cabeça dos nossos atormentados sobreviventes, eu esperava que eles pelo menos tivessem imaginação suficiente para criarem situações tensas/interessantes. Audrey, que devia ter sido a mais afetada pela sua culpa, viu sua namorada por dois segundos e logo descolou uma pegação a três com seu melhor amigo e a Zoe.

‘Scream’: Teaser e sinopse do 4º episódio da segunda temporada 

Os Filmes MAIS ASSUSTADORES dos Últimos Tempos 




Crítica | Scream – 2×01 

E o que dizer a respeito da cena em que a Zoe deixa implícito que o Noah está apaixonado pela Audrey? Quero dizer, alguém percebeu alguma coisa antes disso? Ou melhor, alguém realmente quer que os dois sejam mais do que bons amigos? Já disse e repito: detesto essa forçação de barra em torno de formação de casais e triângulos amorosos. E esses roteiristas estão obcecados com isso. Até a Emma está tendo cenas cheia de clima e olhares quero-te-pegar com o parente do Kieran lá. E qual a necessidade disso? Não estou dizendo que dispenso dramas, mas esses plots são apenas chatos e superficiais. Existe muito mais para investir do que quem está beijando na boca de quem.

scream2_4

O que salvou o episódio dessa semana certamente foram os seus minutos finais, quando a Brooke finalmente ficou cara a cara com o seu (ex)namorado desaparecido. Estava esperando essa cena desde que ela apareceu no primeiro trailer da temporada, mas a realidade não foi tão interessante quanto parecia ser. A cena foi rápida demais; mas ainda conseguiu passar o choque de forma eficiente – para os personagens –, evidenciando que tudo está prestes a acontecer novamente. Lakewood six agora é oficialmente #LakewoodFive. Além disso, ainda a respeito da cena, impossível não comentar a óbvia homenagem ao clássico Carrie, A Estranha. Brooke é mesmo nossa rainha sofredora!

Crítica | Scream – 2×03: Vacancy 

Enfim, fãs do horror, outra semana abaixo das expectativas. Não foi um episódio ruim, mas teve muito potencial desperdiçado. As alucinações com o Will na temporada passada foram muito mais eficientes do que qualquer uma que aconteceu neste episódio. Já que eles investiram no tema, deveriam ter apresentado algumas coisas realmente bizarras e perturbadoras. Vamos ver como será a dinâmica da série agora que todo mundo sabe que há um novo assassino na área. Provavelmente não irá mudar muita coisa de imediato, focando mais na reação dos outros sobreviventes. Quero ver a Brooke lidando com essa perda, considerando que ela foi a mais afetada – em todos os sentidos da palavra. Até semana que vem, e não se esqueçam de fazer um pedido!

 

Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema!


Não esqueça de CURTIR nossa MATÉRIA ESPECIAL: