Crítica | SING – Quem Canta Seus Males Espanta

Crítica | SING – Quem Canta Seus Males Espanta

COMPARTILHE!

Após acertar com a animaçãoMeu Malvado Favorito‘, a Illumination Entertainment tentou espremer até o último caldo do sucesso da franquia, desenvolvendo sequências e um spin-off – bem fraco – focado nos ‘Minions‘.

Sofrendo com o desgaste da marca, o estúdio de animação resolveu se reinventar com duas novas produções em 2016: o fofo ‘Pets: A Vida Secreta dos Bichos‘ e ‘SING – Quem Canta Seus Males Espanta‘.

E o estúdio acertou: ‘SING‘ é seu melhor e mais divertido filme desde o primeiro ‘Meu Malvado Favorito‘.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Situado em um mundo como o nosso, mas inteiramente habitado por animais, a animação traz Buster Moon, um Coala que comanda um antigo grande teatro que hoje tem passado por tempos difíceis. Enfrentando o desmoronamento/falência de seu teatro, ele terá uma última chance para restaurar sua joia produzindo a maior competição de canto do mundo.

Cinco competidores de peso surgem: Um rato, uma elefoa adolescente, uma mãe sobrecarregada, um gorila jovem gangster e um porco-espinho punk-rock. Todos os animais chegam ao palco de Buster acreditando que esta é sua chance de mudar o curso de suas vidas.

A maneira como os personagens são apresentados beira a genialidade, com cenas sobrepostas embaladas por músicas pop e dançantes que vai te dar vontade de dançar na cadeira do cinema.

São mais de 85 sucessos musicais na trilha sonora, incluindo artistas como Lady Gaga, Frank Sinatra, Seal, Limp Bizkit e Nicki Minaj.

A direção estilosa de Garth Jennings cria um visual colorido e alegre que agradará não apenas as crianças, mas também os adultos – algo muito difícil nas animações hoje em dia. É um filme para toda a família, que traz uma bela mensagem sobre aceitação e diversidade.

Misturando ‘Zootopia‘ com ‘The Voice‘, ‘SING – Quem Canta Seus Males Espanta‘ é uma jornada musical cheia de ritmo e diversão, que vai te fazer sair do cinema pulando e cantarolando. Afinal, alegria contagia!


Cenas Pós-Créditos de Liga da Justiça


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.