‘Dheepan’ vence a Palma de Ouro em Cannes

‘Dheepan’ vence a Palma de Ouro em Cannes

COMPARTILHE!

Por Janaina Pereira, de Cannes

O filme ‘Dheepan‘, de Jacques Audiard, foi o grande vencedor da edição 68 do Festival de Cannes. O diretor havia ganhado o Grande Prêmio do Júri em 2009 com ‘O Profeta‘, e concorreu em 2012 com ‘Ferrugem e Osso‘, voltou com tudo este ano à Croissette. Seu filme sobre três pessoas que fogem da guerra civil no Sri Lanka – todo falado na língua original dos não-atores.

‘Love’ choca Cannes com cenas de sexo explícito em 3D; Assista ao trailer!




Com o tema da imigração efervescente por toda a Europa, a discussão levantada por Audiard é necessária e importante.

O Grande Prêmio do Júri, segunda premiação mais importante, ficou com o húngaro ‘O Filho de Saul‘, de Laszlo Nemes.

Já o prêmio de melhor diretor foi para Hou Hsiad Hsien, de ‘The Assassin‘. Michel Franco, diretor e roteirista de ‘Chronic‘, faturou o prêmio de melhor roteiro. O filme aborda a relação de um enfermeiro com pacientes terminais, e foi uma das boas surpresas do Festival, tendo sido apresentado somente na última sexta-feira, quando a premiação já parecia definida. O Prêmio do Júri foi para ‘The Lobster‘, do grego Yorgos Lanthimos.

O francês Vicent Lindon ganhou como melhor ator pelo filme ‘La Loi du Marché‘ (A Lei do Mercado). Foi uma surpresa, porque ele não estava cotado para o prêmio. Mas o público e a crítica ficaram pasmos com a premiação de melhor atriz. Rooney Mara – e não Cate Blanchett, como todo mundo esperava – ganhou como atriz. E ainda dividiu o prêmio com a francesa Emmanuelle Bercot, de ‘Mon Roi‘.




O Festival de Cannes, considerado o maior festival de cinema do mundo, deu o pontapé inicial para a temporada de prêmios que culminam com o Oscar 2016.

‘O Pequeno Príncipe’ tem estreia arrasadora em Cannes

Quer saber mais sobre o Festival de Cannes? Confere o vídeo!

Dheepan’ vence a Palma de Ouro em Cannes

Posted by CinePOP on Domingo, 24 de maio de 2015

Confira os vencedores:

Palma de Ouro

Dheepan, de Jacques Audiard (França)

Grande Prêmio do Júri

Son of Saul (O filho de Saul), de László Nemes

Melhor Diretor

Hou Hsiao Hsien, por The Assassin (A assassina) (Taiwan)

Prêmio do Júri

The Lobster, de Yorgos Lanthimos

Melhor Atriz

Rooney Mara, por Carol (EUA)
Emmanuelle Bercot, por Mon Roi (Meu rei) (França)

Melhor Ator

Vincent Lindon, por La Loi du Marché (A lei do mercado) (França)

Melhor Roteiro

Michel Franco, por Chronic (México)

 

MOSTRA UN CERTAIN REGARD

Melhor Filme Hrútar

Prêmio do Júri Zvizdan

Melhor Diretor Journey to the Shore

Prêmio Um Certo Talento Comoara

Revelação Masaan / Nahid

 

Curta nossa Crítica:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «