Diretor de ‘As Bem Armadas’ deve assumir ‘Os Caça-Fantasmas 3’

COMPARTILHE!

Segundo o The Hollywood Reporter, o diretor Paul Feig (‘Missão Madrinha de Casamento’ e ‘As Bem Armadas’) é o preferido da Sony Pictures para assumir a direção de ‘Os Caça-Fantasmas 3‘.

A fonte diz que as negociações ainda estão em estágios iniciais, mas ambas as partes estão interessadas em assinar contrato.

As filmagens começam em 2015, na cidade de Nova York.

Após a morte de Harold Ramis, o diretor Ivan Reitman desistiu de dirigir ‘Os Caça-Fantasmas 3‘ e ficará apenas como produtor.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Ruben Fleischer (‘Zumbilândia’), e Phil Lord e Chris Miller (‘Anjos da Lei’) chegaram a ser convidados para assumir o cargo, mas declinaram a proposta.

O roteiro terá cenas reescritas para se adequar à morte de Ramis, e fazer uma homenagem ao prestigiado ator.  O ator retornaria apenas para uma participação especial, que envolveria os Caça-Fantasmas originais (Dan Aykroyd, Ernie Hudson e Bill Murray) passando o bastão para uma nova geração.

Emma Stone rejeitou a proposta da Sony para estrelar, como uma personagem chamada Anna. Jonah Hill continua cotado para o papel de Jeremy, protagonista masculino.

Vários roteiristas ofereceram suas versões do filmeLee Eisenberg e Gene Stupnitsky, dupla que assinou ‘Professora Sem Classe’, teria fornecido um roteiro em 2012, e uma reescrita teria sido realizada por Harold Ramis e Dan Aykroyd, que escreveram o primeiro Os Caça-Fantasmas e estrelaram o filme e sua sequência.

Aykroyd é a principal peça no desenvolvimento de Os Caça-Fantasmas 3’. Ele chegou a confirmar que Bill Murray reprisaria o papel do Dr. Peter Venkman, mas o próprio desmentiu a informação, dizendo que “você tem que ter um roteiro muito bom, você sabe, é difícil.”

Lançado em 1984, Os Caça-Fantasmas teve um enorme impacto cultural, além de arrecadar US$ 238,6 milhões nas bilheterias norte-americanas e outros US$ 53 milhões no resto do mundo. A sequência estreou em 1989 e, embora tenha rendido bem menos que o primeiro filme nos EUA, seu faturamento internacional dobrou.

A franquia inclui ainda duas séries animadas, exibidas nos anos 1980 e 1990, e diversos jogos de videogame.


Crítica | Extraordinário é extraordinário... e vai te fazer chorar litros!


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.