Diretor desaprova campanha de marketing de ‘O Exterminador do Futuro: Gênesis’

Diretor desaprova campanha de marketing de ‘O Exterminador do Futuro: Gênesis’

COMPARTILHE!

Muitos fãs criticaram a campanha de marketing que a Paramount Pictures criou para ‘O Exterminador do Futuro: Gênesis’, cheia de Spoilers.

Em março, um trailer foi divulgado que revelava uma das maiores reviravoltas na trama do novo filme: o herói John Connor (Jason Clarke) tornou-se uma espécie de Exterminador e agora é o vilão.

Em entrevista ao Uproxx, o diretor Alan Taylor concordou que o marketing do filme entregou demais e estragou uma das maiores surpresas da história.




“Eu certamente dirigi essas cenas com a intenção de que ninguém saberia até o lançamento do filme. Um dos meus momentos favoritos – e eu acho que Jason Clarke fez um grande trabalho nessa cena – é quando John Connor entra no hospital em 2017 e tudo mudou. Eles estavam preocupados que as pessoas achassem que o filme fosse um reinício, e nenhum de nós queria reiniciar os dois filmes perfeitos de James Cameron. Eu acho que eles sentiram que tinham que mudar a maneira como os fãs estavam vendo o filme”, afirmou.

Taylor revelou que quando assistiu ao trailer, teve “conversas desagradáveis com os produtores e tentou bloquear a divulgação do material”, mas no final o trailer revelador acabou sendo lançado.

SPOILER: Herói de ‘Exterminador do Futuro’ será o vilão do reboot

Assista ao trailer:




Schwarzenegger conta que passou dificuldades antes de ‘O Exterminador do Futuro’ 

O Exterminador do Futuro: Gênesis’ será lançado no Brasil em 2 de julho.

A franquia ‘O Exterminador do Futuro‘ foi lançada em 1984 com Schwarzenegger interpretando o personagem principal e teve três filmes na sequência, que arrecadaram mais de US$ 1 bilhão em bilheterias de todo o mundo.

Arnold Schwarzenegger retorna, ao lado de Emilia Clarke, a nova Sarah Connor, e Jason Clarke, como seu filho, John Connor. A direção é de Alan Taylor (‘Game of Thrones’).

Novo ‘O Exterminador do Futuro’ é filme sobre uma família disfuncional, diz diretor

Quando John Connor (Jason Clarke), líder da resistência humana, envia o Sargento Kyle Reese (Jai Courtney) de volta para 1984 para proteger Sarah Connor (Emilia Clarke) e salvaguardar o futuro, uma mudança inesperada nos acontecimentos cria uma linha do tempo fragmentada. Agora, o Sargento Reese se encontra em uma nova e desconhecida versão do passado, onde ele encontra aliados improváveis, incluindo o Guardião (Arnold Schwarzenegger), novos e perigosos inimigos e uma missão nova e inesperada: redefinir o futuro…

Curta nossa Crítica:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «