Diretor e roteirista tiram sarro do fracasso de ‘Bruxa de Blair’

Diretor e roteirista tiram sarro do fracasso de ‘Bruxa de Blair’

COMPARTILHE!

Dezessete anos após a estreia do filme original, ‘Bruxa de Blair‘ chegou aos cinemas norte-americanos decepcionando nas bilheterias.

O filme arrecadou apenas US$ 9,65 milhões em seu primeiro fim de semana, longe dos US$ 20 milhões que o estúdio esperava arrecadar. Para se ter uma ideia, a mal falada sequência ‘Bruxa de Blair – O Livro das Sombras‘ fez US$ 13 milhões em sua estreia em 2000.

No Twitter,  o diretor Adam Wingard (‘Você é o Próximo’) tirou sarro do fracasso em conversa com o roteirista Simon Barrett:




“Mano, eu te disse que a gente deveria ter feito aquele filme sobre o cara chato que pousou um avião na água, ao invés de Bruxa de Blair”, brincou, em referência ao líder de bilheterias ‘Sully – O Herói do Rio Hudson‘.




 

O roteirista respondeu:

“Bem, o nosso filme de terror pode ter sido uma decepção nas bilheterias neste fim de semana, mas pelo menos recebemos críticas esmagadoramente negativas.”

 

No Brasil, o filme surpreendeu e arrecadou ótimos R$ 3,9 milhões.

Co-diretor de ‘A Bruxa de Blair’ fala sobre o novo filme

A história dá sequência aos acontecimentos do filme homônimo, grande sucesso de público e crítica em 1999. Anteriormente divulgado como ‘The Woods‘, o filme foi anunciado como ‘Bruxa de Blair‘ na Comic-Con San Diego em julho, quando foi lançado o primeiro trailer. O terror, que mantêm o estilo found footage (filmagens supostamente verídicas encontradas por acaso), acompanha um grupo de estudantes de Milwaukee que, durante um acampamento, exploram a floresta sem saber os seres que ela esconde.

Curta nossa ENTREVISTA com a Milla Jovovich:



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «