Disney vai repensar longa em live-action do gênio por conta de Robin Williams

Disney vai repensar longa em live-action do gênio por conta de Robin Williams

COMPARTILHE!

Você muito possivelmente deve saber que logo após a morte de Robin Williams foi liberada uma notícia de que sua imagem e voz não podem ser utilizadas para fins comerciais por 25 anos, certo?!

Pois bem, os executivos da Disney confirmaram ao The New York Post que há muito material extra das duas produções pela qual Williams concedeu sua voz para o Gênio da Lâmpada.

Em tese, sua dublagem poderia ser perfeitamente utilizada para o longa solo do personagem, que está em planejamento. Porém, os executivos do Mickey Mouse irão estudar melhor a ideia para não levar um processo pela família do astro.




Vale lembrar que o longa já foi anunciado em julho e se, de fato, não trouxer a voz de Robin Williams é melhor nem fazer. Isso por que não há como realizar o gênio de carne e osso, logo ele será por meio de computação gráfica. Portanto, faz-se necessário a voz do lendário Williams.

 

Conheça as próximas adaptações do estúdio:

 





O Livro da Selva

mogli_2

Baseado no clássico livro de Rudyard Kipling, a animação com live-action da Disney terá Idris Elba emprestando sua voz ao tigre Shere Khan, e Jon Favreau (‘Homem de Ferro’) na direção.

Scarlett Johansson (‘Sob a Pele’) e Lupita Nyong’o (’12 Anos de Escravidão’) estão em negociações para dublar. Se assinar contrato, Johansson dublará a cobra píton Kaa, e Nyong’o emprestará sua voz à loba Rakcha, que adota Mogli.

Trata-se de uma das prioridades do estúdio. O roteiro é da estreante Callie Kloves, filha do roteirista Steve Kloves, que assinou sete filmes da franquia ‘Harry Potter’ para a Warner. Ele participa do projeto como produtor.

O filme é uma adaptação do livro de Rudyard Kipling, lançado no Brasil com o título de ‘O Livro da Jângal’, mas conhecido também como ‘O Livro da Selva’.

A obra reúne várias histórias que narram as aventuras de Mogli, um garoto órfão que é criado por animais na selva.

Além deste projeto, a Warner também prepara uma versão de ‘The Jungle Book’ com Ron Howard (Rush – No Limite da Emoção) na direção.

 

 

A Pequena Sereia

pequenasereia_1

Um dos maiores sucessos da Walt Disney Animation Studios está prestes a ganhar também uma versão em live-action. O clássicoA Pequena Sereia‘ (The Little Mermaid) ganhará em breve uma versão com atores reais.

Kelly Marcel foi contratada para roteirizar. Ela recentemente finalizou o roteiro da adaptação de ‘50 Tons de Cinza‘.

Sofia Coppola dirigirá.

A Pequena Sereia‘  é inspirada no livro de mesmo nome escrito por Hans Christian Andersen e lançado em 1837. A história fala de uma sereia chamada Ariel, a filha caçula do Rei Tritão, comandante dos sete mares. Insatisfeita com sua vida, ela deseja caminhar entre os humanos para conhecê-los melhor, mas sempre é proibida por seu pai, que considera os humanos como sendo “bárbaros comedores de peixe”.

Até que ela se apaixona por um jovem príncipe e, no intuito de conhecê-lo, resolve firmar um pacto com Úrsula, a bruxa do reino, que faz com que ela ganhe pernas e se torne uma verdadeira humana. Porém, Úrsula também tem seus planos e eles incluem a conquista do reino de Tritão.

 

 

Mulan

mulan_1

O diretor Charles Russel (‘O Escorpião Rei’) foi substituído por Jan de Bont (‘Lara Croft: Tomb Raider – A Origem da Vida’).

A atriz chinesa Zhang Ziyi (‘O Clã das Adagas Voadoras’, ‘O Tigre e o Dragão’) viverá a protagonista da história, que vive na remota China Imperial e arrisca sua vida se disfarçando de homem para ir à guerra no lugar de seu pai, que está doente.

Com a produção agendada para iniciar em outubro deste ano, na China, a Disney investirá US$ 100 milhões no projeto.

Quem deve também estar no elenco é o cantor e ator Wang Lee Hom, cotado para viver o general Li, que arrisca a própria vida para proteger Mulan e impedi-la de ser exposta.

 

 

101 Dálmatas

cruella

A Walt Disney Pictures está avançando com um projeto live-action centrado em Cruella de Vil, a icônica vilã de 101 Dálmatas. O estúdio já contratou a roteirista Aline Brosh McKenna (‘O Diabo Veste Prada’) para escrever Cruella.

McKenna co-produzirá o longa ao lado de Andrew Gunn, que já trabalhou com a Disney em ‘Sexta-Feira Muito Louca’‘Super Escola de Heróis’ e ‘Um Faz de Conta que Acontece’, entre outros.

A equipe também conta com um nome ilustre: Glenn Close, que interpretou Cruella em 101 Dálmatas e ‘102 Dálmatas’, será produtora executiva do filme.

A personagem surgiu em 1956, criada pela escritora Dodie Smith no livro 101 Dálmatas (The One Hundred and One Dalmatians). Cinco anos depois, a Disney produziu a primeira adaptação cinematográfica da história, em forma de animação.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «