Especial | Sobrenatural: A Origem

Especial | Sobrenatural: A Origem

COMPARTILHE!

Imagine um mundo que convive com o nosso; mais apavorante do que os seus pesadelos, ele invade seus sonhos e domina a sua vida acordado. Esse mundo é habitado pelos mortos e espíritos, que estão em atrito com o mundo dos vivos. Seus habitantes demoníacos querem retornar de um mundo para o outro. Alguns espíritos esperam compreender o sentido das suas mortes; outros sonham em fazer um novo contato com seus entes queridos. Porém, muitos estão loucos para extravasar sua raiva, se entregar à inveja, expressar seu ódio e ressentimento, executar sua vingança a qualquer custo…

Esse mundo dos espíritos é o Além, criado por Leigh Whannell e James Wan nos filmes de sucesso, Sobrenatural e Sobrenatural: Capítulo 2 (Insidious e Insidious: Chapter 2). Com Sobrenatural: A Origem (Insidious: Chapter 3), a aterradora série de terror segue um caminho ainda mais tenebroso pelo Além.

O produtor Jason Blum, cuja produtora Blumhouse também produziu as franquias A Entidade (Sinister), Uma Noite de Crime (The Purge), OuijaO Jogo dos Espíritos (Ouija) e Atividade Paranormal (Paranormal Activity), afirma:




“James e Leigh criaram um mundo único e apavorante em Sobrenatural (Insidious), e o novo capítulo nos leva ainda mais fundo através do Além”.

“O Além existe no seu próprio plano individual”, acrescenta Wan, que é produtor do novo filme. “Mas ele pode ter impacto sobre qualquer um de nós a qualquer momento”.

sobrenaturalset-6

O produtor Oren Peli revela:





“Nós aprendemos mais sobre o Além neste filme – mas a partir de um ângulo diferente. Esta história possui elementos que o público ainda não tinha visto nos filmes anteriores, com muitos sustos”.

Whannell, escritor e diretor do novo filme, comenta que “todos que curtem um bom susto curtem os filmes Insidious. Queremos que o público fique absolutamente apavorado”.

‘Sobrenatural: A Origem’ é exibido acidentalmente em sessão de ‘Divertida Mente’

‘Sobrenatural: A Origem’ deve começar nova franquia

Assista ao trailer legendado de ‘Sobrenatural: A Origem’

Enquanto avança ainda mais nos sustos, Sobrenatural: A Origem volta no tempo: ele se passa anos antes dos dois primeiros capítulos, que detalhavam a escalada dos episódios de assombração à família Lambert. Com o destino da família resolvido em Sobrenatural: Capítulo 2 (Insidious: Chapter 2), Whannell decidiu voltar suas atenções para uma constante na saga: a indômita paranormal Elise Rainier, interpretada por Lin Shaye.

Elise tinha sido eliminada como parte da luta para salvar Lambert, mas “eu amo a personagem e fiquei me perguntando como eu poderia trazê-la de volta”, diz Whannell.

“Lidar com uma ‘Elise fantasma’ não era a ideia; eu a queria viva! As pessoas gostaram do avanço no tempo na nossa trama do segundo filme, e eu senti que ela me ajudaria a encontrar uma história que desse um significado mais profundo à trajetória de Elise. Eu comecei a inventar uma história de origem, uma prequel, passada alguns anos antes do primeiro filme na qual conceitos fundamentais para Sobrenatural (Insidious) tomam forma e onde poderíamos explorar o passado de Elise. Assim que eu comecei a escrever, eu me apaixonei pela história”.

sobrenaturalset-2

Shaye ficou impressionado com a forma como o roteiro de Whannell “nos fornece mais detalhes sobre os personagens; em Sobrenatural: A Origem, passamos a conhecer mais a vida pessoal de Elise. Essas ideias eram emocionantes, porque a personagem e a história são o que importa para mim”.

Blum vibra dizendo que “quando vemos Lin interpretando Elise na tela, você acredita que ela é capaz de se comunicar com demônios e fantasmas. Na maioria dos filmes sobre o paranormal, é difícil fazer o personagem do perito parecer crível, mas a Lin é ótima por fazer exatamente isso”.

 “Lin é uma atriz que você ama ter no set”, afirma Whannell, “porque ela é 100% dedicada em todos os momentos. Para qualquer roteirista, é encorajador trabalhar com um ator que gosta de conversar tanto sobre o seu roteiro com você”.

“Eu tive muitas discussões com a Lin enquanto eu estava escrevendo Sobrenatural: A Origem, e eu sinto que nós criamos uma personagem ainda mais forte do que nos dois primeiros filmes – com uma ampla gama de emoções que ela sabe expressar tão bem”.

sobrenaturalset-4

Wan afirma, “Lin Shaye é o coração desses filmes, e agora o novo filme continuará a expandir o legado da série”.

“É uma ótima nova história que transcorre no mesmo universo”, elabora Peli. “Leigh introduz uma nova família – e revisita alguns personagens favoritos dos capítulos anteriores, como Elise. Poderemos ver como ela evoluiu para ser a Elise que o público conheceu e por quem se apaixonou nos dois primeiros capítulos de Sobrenatural (Insidious) – a mulher altruísta que está disposta a se sacrificar para lutar contra forças demoníacas para ajudar uma família”.

Whannell acrescenta:

“Eu comecei a ver o arco de Elise em Sobrenatural: A Origem como a resinificação da história ocidental clássica do pistoleiro que deixa de lado a aposentadoria. Ou, nos dias de hoje, é um assassino que faz isso. Mas quantas vezes veremos isso com uma mulher mais velha?”

“Quando conhecemos Elise com [seus colegas] Tucker e Specs no primeiro filme, estava claro que eles já tinham uma história de trabalho em conjunto. Então, eu poderia explorar como eles se conheceram – e ligar isso ao primeiro filme através de pequenos fios narrativos; deixamos “ovos de Páscoa” para os fãs e, todos os dias, eu me perguntava: ‘O que os fãs vão achar?”, eu não queria decepcioná-los, porque eles realmente apreciam todas as mínimas peculiaridades dos filmes”.

Enquanto o novo enredo tem muito a oferecer aos fãs de carteirinha dos filmes, ele também é intrigante para um público que só agora está conhecendo a saga.

sobrenaturalset-3

 

Whannell relembra:

“Todos nós temos medos, não importa qual seja a sua cultura ou país. Basicamente, toda história de fantasmas é sobre morte e perda. É por isso que elas são relacionáveis. Sobrenatural: A Origem não é exceção; as pessoas podem ir ver esse filme não tendo assistido a nenhum dos capítulos anteriores e vão entender o que os personagens estão enfrentando aqui”.

“A minha abordagem para este filme foi levá-lo de volta para o tom de terror realista do primeiro, onde temos uma família que não sabe o que está acontecendo com eles e nem pode imaginar o que está por vir”.

E agora, em Sobrenatural: A Origem, uma família comum é assombrada: uma aspirante a atriz de 17 anos, Quinn (Stefanie Scott), um geek techie de 9 anos, Alex (Tate Berney), e seu pai viúvo, Sean (Dermot Mulroney). O falecimento da esposa e mãe, Lily, marcou todos os membros da família Brenner, mas Quinn é particularmente sensível, está numa idade vulnerável e toma a decisão fatídica de entrar em contato com a médium Elise na esperança de se comunicar com a mãe.

O filme estreou hoje nos cinemas nacionais.

 

 

sobrenaturalorigem_1

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «