Espólio do criador de Sherlock Holmes processa estúdios de filme com Ian McKellen

Espólio do criador de Sherlock Holmes processa estúdios de filme com Ian McKellen

COMPARTILHE!

O espólio do falecido Arthur Conan Doyle, o criador de Sherlock Holmes, está processando os estúdios Miramax, Roadside Attractions e o diretor Bill Condon, alegando que o vindouro ‘Mr. Holmes‘ infringe direitos autorais.

Sherlock Holmes se tornou domínio público desde 2013, mas o espólio do autor alega que o filme com Ian McKellen na pele do detetive aposentado usa os mesmos elementos de histórias publicadas entre 1923 e 1927, que ainda permanecem sobre a proteção de direitos autorais. Nos tais contos, um Holmes também aposentado analisa sua vida e acaba se envolvendo em um caso não solucionado – a mesma premissa do longa.

O processo também cita o escritor Mitch Cullin e a editora Penguin Random House, responsáveis pelo livro ‘A Slight Trick of the Mind’, no qual o filme inédito é baseado. O espólio de Doyle ainda acusa Cullin de ter copiado passagens inteiras da história ‘The Adventure of the Blanched Soldier’.




A Miramax ainda não se pronunciou sobre as acusações.

Confira o trailer de ‘Mr. Holmes‘, que estreia em 17 de julho nos EUA:




Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «