‘Extraordinário’ tira ‘Liga da Justiça’ da liderança das bilheterias nacionais

‘Extraordinário’ tira ‘Liga da Justiça’ da liderança das bilheterias nacionais

COMPARTILHE!

Extraordinário’, a adaptação do livro homônimo do escritor R. J. Palacio, fez a melhor abertura do fim de semana na bilheteria brasileira e ficou à frente do blockbuster ‘Liga da Justiça’.

Com estreia na última quinta (7/12), em 800 salas, a produção tem um acumulado de 812 mil espectadores e R$ 13 milhões em renda, o que conferiu ao filme a 1ª posição nos cinemas, com a melhor média de público por sala. Nos Estados Unidos, o longa produzido pela Lionsgate se manteve entre os 3 primeiros do ranking e acumula mais de U$ 100 milhões em renda. O valor de produção é estimado em U$ 20 milhões.

Com deficiência facial, que, até agora, o impediram de ir a uma escola convencional, Auggie se torna o mais improvável dos heróis quando ele ingressa na 5ª série de uma escola comum. Sua família, seus novos colegas de classe e a comunidade lutam no desenvolvimento da compaixão e da aceitação.  A extraordinária jornada de Auggie os unirá e provará que não é possível se misturar quando se nasce para se destacar.

Assista nossa crítica em vídeo:

Crítica | Extraordinário é um daqueles raros filmes que nos fazem chorar 

Recentemente, o diretor Stephen Chbosky falou sobre os desafios em traduzir essa simbólica história para o cinema, de maneira que respeite o material original e impacte o público.

Segundo ele, construir o protagonista em Jacob Tremblay foi um deles:

“De cara, o maior desafio que enfrentamos foi transformar Jacob Tremblay em Auggie Pullman. O nosso designer de maquiagem, Arjen Tuiten, é realmente brilhante e nos deu a confiança e a tranquilidade de que essa mudança poderia ser feita. Além disso, outra adversidade foi encontrar o retrato certo. Todos conhecem o clássico clichê de que uma imagem vale mais do que mil palavras e eu fui buscar isso. E não me refiro literalmente a um retrato apenas, mas de modo geral, de ter o elenco certo para construir isso. Eu não tinha cinco capítulos para explicar e caracterizar Summer, então chamei Millie Davis para assumir essa responsabilidade. Também não tinha todo o tempo do mundo para fazer a audiência entender o quão forte, amorosa e incrível uma mãe pode ser, então implorei para que Julia Roberts fizesse isso e ainda bem que ela disse sim.”

O filme já está em exibição nos cinemas nacionais.

 

 

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.