Fox quer protagonista feminina no reboot de ‘A Liga Extraordinária’

Fox quer protagonista feminina no reboot de ‘A Liga Extraordinária’

COMPARTILHE!

Após ‘Quarteto Fantástico‘, a 20th Century Fox vai recomeçar outra franquia: ‘A Liga Extraordinária’. O estúdio está ansioso para repaginar o conto após fracasso que foi o filme de 2003, estrelado por Sean Connery,

Em entrevista ao Collider, o produtor John Davis explicou suas ideias para o filme e revelou que desta vez teremos uma protagonista feminina.

“Ao voltar para as raízes e torná-lo autêntico, percebemos que os fãs queriam que a história fosse protagonizada por uma personagem feminina, o que eu acho interessante. Eu acho que o novo Mad Max foi ótimo. Eu acho que você pode sempre encontrar novas maneiras de renovar alguma coisa, e mesmo voltar às raízes”, afirmou.




Sendo assim, o filme será focado em Mina Murray, personagem baseada no romance de terror gótico ‘Drácula de Bram Stoker’. Nos quadrinhos, Mina é a vampira que reúne a Liga da Justiça – algo que foi alterado para o filme 2003.

John Davis (Predador) produzirá a nova versão, baseada nos quadrinhos de Alan Moore e Kevin O’Neill. Ambientada na era vitoriana, a trama mostra personagens como Capitão Nemo, Homem Invisível, Tom Sawyer, Dr. Jekyll e Mr. Hyde contra uma ameaça global.

O longa original arrecadou modestos US$ 179,2 milhões pelo mundo e afundou os planos do estúdio de iniciar uma franquia. Sean Connery interpretou o líder do grupo, o aventureiro Allan Quatermain.

Não há cronograma definido para o novo ‘A Liga Extraordinária’.




Curta nossa ENTREVISTA com a Milla Jovovich:



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «