Fracasso nos EUA, ‘O Bebê de Bridget Jones’ é a 2ª maior bilheteria da história no Reino Unido

Fracasso nos EUA, ‘O Bebê de Bridget Jones’ é a 2ª maior bilheteria da história no Reino Unido

COMPARTILHE!

O Bebê de Bridget Jones‘ (Bridget Jones’s Baby) conseguiu capturar o espírito da franquia e entregou uma sequência divertida e moderna.

O filme fracassou nos Estados Unidos, que têm demonstrado uma certa repulsa por sequências de franquias antigas (vide Inferno‘), mas está quebrando recordes na Europa.

A comédia estrelada por Renée Zellweger se tornou o filme mais visto do ano no Reino Unido, com arrecadação de US$ 56,8 milhões.




Para se ter uma ideia, é a segunda maior bilheteria da história do Reino Unido, atrás apenas de ‘Ou Tudo Ou Nada‘ (que arrecadou US$ 85 milhões em 1997).

O Bebê de Bridget Jones‘ arrecadou apenas US$ 24 milhões nos EUA, e US$ 150 milhões no resto do mundo. O filme custou US$ 35 milhões.

Fracasso nos EUA, ‘O Bebê de Bridget Jones’ faz sucesso no resto do mundo 




Renée Zellweger, Colin Firth e Patrick Dempsey estampam. Hugh Grant não retorna.

O Bebê de Bridget Jones‘ (Bridget Jones’ Baby) apresenta uma nova fase da conturbada jornalista. Cercada de amigos e pronta para ser feliz para sempre, Bridget Jones segue confiante já que sua vida está dando sinais de melhora: agora ela é produtora do noticiário em que trabalhava e se orgulha por ter uma boa relação com seu ex-namorado, o advogado Mark Darcy (Colin Firth). Quando tudo parece estar as mil maravilhas, ela descobre que, aos 40 anos de idade, está esperando seu primeiro filho.

 

Curta nossa crítica de La La Land:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «