Funcionários da Porsche comemoram acidentes com modelo de carro que matou Paul Walker

Funcionários da Porsche comemoram acidentes com modelo de carro que matou Paul Walker

COMPARTILHE!

O site TMZ divulgou nesta quarta-feira (15) uma cópia de um e-mail em que funcionários da montadora alemã Porsche comemoram o número de acidentes envolvendo o modelo de carro (Carrera GT), o mesmo que matou o ator Paul Walker em 2013.

No documento, que registra a data de 4 de dezembro de 2006, um empregado “celebra” mais um acidente com o automóvel, caçoando a  mais recente vítima pelo ocorrido.

Ao longo do e-mail ele afirma que “apenas 200 dos 1.280 Carrera GT vendidos entre 2004 e 2006 deram perda total, o que seria uma grande notícia para os demais proprietários, uma vez que esse tipo de problema se torna mais raro”.

Em outra ocasião, mais um funcionário reage ao mesmo tipo de problema, alegando que “isso fica na minha mente toda vez que fico atrás do volante de um desses automóveis”.

     

Ao ser procurado pelo site, Jeffrey Milam, advogado da filha do astro, Meadow Walker, alegou irresponsabilidade por parte da montadora, além de acusá-la por esconder evidências que seriam prejudiciais para a Porsche durante o processo:

“A Porsche ocultou informações do público para proteger sua imagem e marca. Qualquer empresa ética teria retirado o carro do mercado – ou, pelo menos, advertido as pessoas a respeito de seus perigos”.

O conteúdo editado dos e-mails apenas foi descoberto depois de um episódio envolvendo o advogado, em dezembro passado. Na circunstância, Milam decidiu checar novamente os documentos, desta vez em seu computador – um iMac – e só então as transcrições que estavam apagadas se tornaram transparentes. Segundo o advogado, o material só havia sido visto anteriormente em um computador de seu escritório, o que justifica o desconhecimento das informações até então.

Os novos e-mails já foram submetidos ao Tribunal Superior de Los Angeles, na última terça-feira (14), e esta nova fase do processo pede um montante equivalente a US$ 52,75 mil de danos punitivos contra a empresa devido à fraude e ocultação nos documentos.

O acidente

Paul Walker morreu em 2013, vítima de um trágico acidente devido a uma falha mecânica em seu Porsche, modelo Carrera GT. Na ocasião, ele estava no banco do passageiro, até que o veículo perdeu o controle e bateu em um poste de luz, causando uma grande explosão que deixou o carro esportivo em chamas. 

 

“Tenho inveja por Paul Walker ter morrido primeiro”, diz Michelle Rodriguez 

 


Entrevista Michael Bay | Transformers



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.