‘Get Out’: Diretor é o 1º afro-americano a bater recorde em sua estreia na direção

‘Get Out’: Diretor é o 1º afro-americano a bater recorde em sua estreia na direção

COMPARTILHE!

O terror com temática racista ‘Get Out’ continua impressionando o mundo com seu sucesso e acaba de atingir um novo recorde. O diretor e roteirista Jordan Peele se tornou o primeiro cineasta afro-americano a conquistar uma bilheteria de US$ 100 milhões em sua estreia na direção.

E os números da produção são cada vez mais positivos.

Em seu fim de semana de estreia, ‘Get Out’ faturou US$ 33 milhões. Ainda que o valor seja inferior aos grandes blockbusters, o terror não sofreu a mesma queda de arrecadação que filmes como ‘Logan’ tiveram.

Enquanto o último capítulo do Wolverine teve uma queda de 50% em sua segunda semana nos cinema, o filme de Jordan Peele teve uma queda de apenas 15%, fazendo com que a consistência e constância do sucesso da produção fosse maior.

     

Crítica | Get Out – Um dos filmes de terror mais ANGUSTIANTES da década 

De acordo com o site The Wrap, o diferencial de ‘Get Out’ foi justamente sua estabilidade na bilheteria, se destacando dentre outros filmes do gênero.

Segundo o portal, produções de terror normalmente tem maior movimentação em seu fim de semana de estreia. Mas com a obra de Peele a história foi diferente, levando o thriller a quebrar um segundo recorde de bilheteria, se consagrando como o filme mais rápido da produtora Blumhouse a atingir a marca de US$ 100 milhões. Get Out’ conseguiu o feito em 16 dias, três dias antes de ‘Fragmentado’, outro sucesso da empresa.

Vale ressaltar que a produção ainda não foi lançada fora do território norte-americano, o que pode ampliar ainda mais o sucesso do terror.

Get Out‘ foi feito com um orçamento referente a US$ 4 milhões, o que significa que a produção pode se tornar uma das mais rentáveis de 2017.

Em ‘Get Out‘ Chris (Daniel Kaluuya) é um jovem negro que planeja conhecer a família de sua namorada branca Rose (Allison Williams) em uma pequena cidade no interior dos EUA. No começo, ele acredita que o comportamento excessivamente amoroso por parte da família dela é uma tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro. Porém, Chris começa a percebe que a família esconde algo muito mais perturbador.

Assista, com o trailer:


Crítica | Em Ritmo de Fuga - FILMÃO DA PORR*



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.