‘Jogos Vorazes: A Esperança – O Final’ encerra a franquia com Chave de Ouro

‘Jogos Vorazes: A Esperança – O Final’ encerra a franquia com Chave de Ouro

COMPARTILHE!

Até o fã mais xiita vai se sentir realizado quando terminar a sessão de ‘Jogos Vorazes: A Esperança – O Final’, que entrega um desfecho excepcional para a saga de quatro filmes.

Com um roteiro ágil e bem amarrado escrito pela dupla Peter Craig e Danny Strong, o filme consegue adaptar fielmente ‘A Esperança‘ (Mockingjay), terceiro livro da franquia ‘Jogos Vorazes‘, sucesso mundial da escritora Suzanne Collins.

A história retoma no exato momento que a ‘Parte 1’ terminou. Após ser atacada por um irreconhecível Peeta, a destemida heroína Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) decide se vingar do Presidente Snow (Donald Sutherland) e parte para a Capital com o intuito de assassiná-lo.




jogosvorazesfinal_17

Com a ajuda de seus melhores amigos – Gale (Liam Hemsworth) e Finnick (Sam Claflin) – Katniss parte em uma missão com o grupo do Distrito 13, enquanto arriscam suas vidas para libertar os cidadãos de Panem e planejar a tentativa de assassinato do Presidente Snow, que está cada vez mais obcecado em destruí-la. As armadilhas mortais, inimigos e escolhas morais que aguardam por Katniss vão desafiá-la mais do que qualquer arena que ela tenha enfrentado nos Jogos Vorazes.

Apesar de ser baseado em um livro infanto-juvenil, ‘O Final‘ é um filme sombrio e violento. Mesmo se passando em um futuro distópico, é impressionante como a história traça uma crítica política moderna e atual. Um presidente corrupto e tirano precisa ser derrubado pelas mãos da líder da revolução, ajudada por outra política com interesses próprios e sedenta por poder. Não dá uma sensação de Déjà vu?

A urgência da trama chega ao seu ponto máximo nesse filme, que além de ter as maiores sequências de ação de toda a saga também tem uma carga dramática e emotiva gigantesca.




jogos vorazes 1

Um dos maiores acertos da franquia está na escolha de Jennifer Lawrence para viver a protagonista Katniss Everdeen. A atriz dá um show de interpretação como a garota inocente que acaba se tornando a líder de uma revolução, mesmo que isso nunca esteve em seus planos. O interessante é que Katniss é uma personagem observadora e com poucas falas, dando margem para Lawrence brilhar com uma atuação extraordinária e digna da vencedora do Oscar.

Quem também brilha é Josh Hutcherson, que consegue passar para o espectador a angústia de Peeta Mellark, controlado pelo Presidente Snow com a intenção de assassinar Katniss, o personagem passa o filme em um conflito interno sufocante que é transmitido brilhantemente por seu intérprete.

O elenco de apoio é um dos melhores que Hollywood já reuniu em uma produção. Temos um fantástico Woody Harrelson, uma atuação sensacional do mestre Donald Sutherland e os ótimos Sam Claflin, Elizabeth Banks e Jena Malone.

Philip Seymour Hoffman também nos brinda com uma atuação digna de sua carreira, deixando os fãs saudosos por ter falecido no meio das filmagens. Algumas de suas cenas tiveram que ser reescritas, mas seu personagem termina com um adeus que deixará os fãs emocionados.

jogos vorazes 2

O único ponto baixo do elenco fica pela atuação inexpressiva de Liam Hemsworth como Gale Hawthorne, visivelmente perdido em cena.

A direção de Francis Lawrence é primorosa, mesclando cenas de ação muito bem desenvolvidas e orquestradas com sequências bastante tensas, que deixarão os cinéfilos grudados na cadeira do início até o desfecho, marcado por situações dramáticas que devem tirar lágrimas da platéia.

Com uma das maiores atrizes de Hollywood como protagonista, ‘O Final’ consegue entreter audiências de todas as idades ao brindar o público com uma ficção científica de primeira.

Jogos Vorazes: A Esperança – O Final’ encerra com chave de ouro uma das melhores franquias que Hollywood nos entregou.

 

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «