Marvel: Conversamos com Cort Lane, Vice-Presidente de Animação e Entretenimento

Marvel: Conversamos com Cort Lane, Vice-Presidente de Animação e Entretenimento

COMPARTILHE!

Nesta quarta-feira (4), durante a Rio2C (Rio Creative Conference), na Cidade das Artes, localizada na Barra da Tijuca (RJ), aconteceu a coletiva de imprensa com o Vice-Presidente Sênior da Marvel para Animação e Entretenimento Familiar, Cort Lane. A conversa com a imprensa aconteceu logo depois do painel apresentado pelo mesmo, “O Negócio do Universo da Marvel, em que o vice-presidente apresentou algumas surpresas para o público e conteúdo exclusivo.

Lane, bastante descontraído, ficou feliz com as perguntas feitas pela imprensa brasileira dizendo que recebeu indagações nunca antes apresentadas e ainda aplaudiu os mesmos presentes. Aproveitou também para elogiar a tradutora pelo excelente trabalho e respondeu a todos os questionamentos ponderadamente e com consideração. A coletiva durou cerca de vinte minutos e abaixo segue a primeira pergunta, feita pelo CinePOP, e os pontos mais importantes da entrevista.

Karolen Passos: A DC Comics é famosa por fazer filmes animados com teor e traços mais adultos. Muitos, inclusive, os consideram melhores que os live-action do estúdio. Tendo isso em mente, a Marvel não considera explorar esse nicho de animações voltadas para um público de mais idade?

Cort Lane: Boa pergunta! Pensamos nisso o tempo todo, a Marvel, à medida que vem crescendo, nosso público tem sido de cada vez mais adolescentes e os jovens-adultos, inclusive agora em setembro estamos lançando um filme voltado para meninas entre sete e onze anos, então, este é um pensamento recorrente dentro da Marvel. Porém, quanto aos adultos, levando em conta os 70 anos de publicação da empresa, o quanto isso já era conhecido, mais os espetaculares filmes feitos, a gente acredita que o público já está coberto. O nosso foco hoje é apresentar a Marvel para os novos públicos, usar as nossas histórias para apresentar o nosso universo a pessoas que não tiveram acesso aos quadrinhos, que não cresceram com isso como os mais velhos, para que eles passem a se apaixonar por nossos personagens e tenham essa relação com a Marvel pela vida toda.




Quando questionado a respeito da preocupação na hora de criar as personagens femininas da Marvel Rising, em relação as roupas para que não ficassem sexualizadas, ele respondeu:

"Sim. A gente sempre tem isso em mente na hora de trabalhar com nossos personagens. Os quadrinhos tradicionalmente são muito feitos para homens adultos. Já na Marvel Rising foram as meninas que escolheram as personagens favoritas, esquecendo essa questão da sexualização e sim pensando nas personagens com quem elas poderiam se identificar. E não só a moda para garotas desta idade é importante, mas, também, tomamos um passo à frente e escolhemos diferentes tipos de corpo, que as mães e as crianças queriam ver para se identificar melhor."

Sobre a personagem Kamala Khan, que fez muito sucesso nos quadrinhos, estar inserida na nova animação, ele comentou que ama a personagem e que trabalha com Sana AmanatG. Willow Wilson uma mulher muçulmana-americana. Lane também disse que veremos muito dela (Kamala Khan) nas próximas animações e que ela estará em todo lugar, em diversas produções da Marvel. O Vice-Presidente falou da falta de personagens muçulmanos-americanos tendo narrativas exploradas e como é importante a presença de Kamala. O executivo terminou afirmando que Manto e Adaga é excelente e acredita que será um sucesso.

A Rio2C acontece entre os dias 3 e 8 de abril, sendo de terça-feira a sexta-feira a conferência e no final de semana o festival. Para mais informações acesse o site do evento clicando aqui e continue acompanhando a nossa cobertura.




Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c