Matthew McConaughey pode ser o vilão da adaptação de ‘A Dança da Morte’

Matthew McConaughey pode ser o vilão da adaptação de ‘A Dança da Morte’

COMPARTILHE!

A adaptação cinematográfica do livro ‘A Dança da Morte’ (The Stand), de Stephen King, pode ter Matthew McConaughey (‘Clube de Compras Dallas’) no elenco.

De acordo com o Deadline, o vencedor do Oscar está negociando o papel do vilão Randall Flagg.

Em entrevista recente, o diretor Josh Boone (‘A Culpa é das Estrelas’, falou ao Vulture sobre o tom do filme:

“Vamos fazer um filme de três horas, com alta classificação etária (R-rated – 17 anos) e um elenco conhecido de Hollywood. Cada um desses personagens vão ser alguém que você vai se identificar ou alguém com quem você pode se relacionar. E vai ser incrível. Estou muito animado. É a coisa mais emocionante que eu já fiz na minha vida inteira”, afirmou.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

A Warner Bros. contratou Boone para substituir Scott Cooper (‘Coração Louco’), que pediu demissão após conflitos com a Warner Bros. pela classificação indicativa desejada: o estúdio queria uma baixa classificação 13 anos, enquanto o diretor lutava por uma censura 17 anos.

Boone disputava o cargo com Paul Greengrass (‘Capitão Phillips’), Denis Villeneuve (‘Os Suspeitos’) e Daniel Espinosa (‘Protegendo o Inimigo’). Ben Affleck (‘Argo’) e David Yates (‘Harry Potter’) já estiveram ligados à direção, mas também abandonaram o projeto.

A Warner está co-produzindo ao lado da CBS Filmes, que também pode participar no financiamento da produção. Trata-se de um projeto prioritário do grande estúdio. Roy Lee (‘A Mulher de Preto’, ‘Bates Motel’) produz.

Nat Wolff é o primeiro nome confirmado no elenco da

Escrito por Stephen King, o livro pós-apocalíptico foi lançado em 1978. Misturando fantasia e horror, a história narra um desastre biológico que dizimou 99% da população da Terra. Os sobreviventes têm de montar uma nova forma de humanidade no que se torna uma luta do bem contra o mal com elementos sobrenaturais.

Uma adaptação para a TV transformou o enorme romance em uma minissérie de 6 horas de duração, lançada em 1994. A produção foi indicada a 6 Emmy Awards, incluindo Melhor Minissérie, e levou 2 troféus técnicos, de Maquiagem e Mixagem de Som.


Crítica | Extraordinário é extraordinário... e vai te fazer chorar litros!


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.