Michelle Rodriguez fala pela primeira vez sobre morte de Paul Walker

Michelle Rodriguez fala pela primeira vez sobre morte de Paul Walker

COMPARTILHE!

Michelle Rodriguez decidiu abrir o coração e falou pela primeira vez sobre a morte de Paul Walker, falecido em novembro de 2013, em entrevista à revista EW.

A atriz começou falando sobre como enfrentou a perda do amigo e colega de elenco na franquia ‘Velozes e Furiosos’, definido por ela como “o cara mais profundo que conheceu”.

“Eu fiquei um pouco na farra, fui à loucura. Na verdade, fiquei bem louca. Fiz várias coisas no ano passado que eu nunca faria se estivesse no meu juízo perfeito”, disse, enxugando as lágrimas.




Algumas das “aventuras” de Michelle chegaram às páginas dos tabloides – ela foi fotografada em momentos românticos com a supermodelo britânica Cara Delevingne, também em momentos íntimos com Zac Efron na Espanha e em Sardenha, e ainda festejando com Justin Bieber em um iate.

“Eu ficava me forçando a sentir as coisas. Era como se nada que eu fizesse pudesse me fazer sentir viva. Então, eu viajava e fazia sexo, tentando ignorar tudo que eu estava sentindo”, justificou.

Ao contrário da maioria do elenco da franquia, Rodriguez não tem cônjuge ou filhos, por conta disso, a tristeza pela morte de Walker, com quem mantinha uma amizade há 16 anos, foi agravada pela ausência de uma estrutura familiar.

“Eu via Paul uma vez a cada dois anos e mesmo assim sabia que havia outro ser humano no planeta tão profundo como eu, que sabe amar tanto quanto eu. Quando isso desapareceu, fiquei imaginando, ‘Espera um minuto, como vou segurar a barra?’. Não havia nada mais que me prendesse a esta existência. Era tipo, ‘Que p**** estou fazendo aqui?’ e ‘Por que você partiu sem mim?’”, desabafou.




Michelle confessou que ainda sente dor pela perda do amigo, mas que, no início do ano, redescobriu um senso de propósito na vida.

“Eu acordei uma manhã com um profundo respeito pela vida. Eu levantei um dia e disse, ‘Sabe de uma coisa, Michelle? Para de se esconder, p****. Se manifeste’. Então, de repente, eu comecei a me recompor.”

Vin Diesel recentemente se emocionou ao homenagear Paul Walker na première de ‘Velozes e Furiosos 7‘ – leia mais.

Cenas de Paul Walker emocionam público em exibição de ‘Velozes e Furiosos 7′

Velozes e Furiosos 7‘ chega aos cinemas brasileiros, convertido em 3D, no próximo dia 2 de abril.

Dirigido por James Wan, de ‘Jogos Mortais‘ e ‘Invocação do Mal‘, ‘Velozes e Furiosos 7′ é uma das mais esperadas estreias do ano, além de ser o último filme de Paul Walker, que morreu na época das filmagens. Para dar prosseguimento às gravações, paralisadas durante quatro meses, o ator foi substituído por seus irmãos Caleb e Coby Walker nas últimas cenas. O filme tem roteiro assinado por Chris Morgan e Gary Scott Thompson.

Franquia ‘Velozes e Furiosos’ terá no mínimo mais três filmes

Os produtores revelaram que a franquia irá continuar, mesmo após a morte de Paul Walker.

“É uma franquia em crescimento. Veremos o que acontece depois de ‘Velozes 7’, obviamente, mas a bilheteria [dos filmes] tem crescido ao longo dos últimos três ou quatro filmes, e particularmente no mercado internacional. Então nós achamos que há mais para explorar. Mas, claro, vamos ficar muito atentos para não cansar [o público].”, revelou a presidente do estúdio Universal, Donna Langley.

Justin Lin, que dirigiu quatro filmes da série ‘Velozes e Furiosos’ mas abdicou do cargo no sétimo, pode retornar para comandar a conclusão da franquia.

A Universal iniciou negociações com o cineasta para assumir as últimas partes da série, que serão rodadas simultaneamente – seguindo o padrão de blockbusters como ‘Harry Potter‘, ‘Crepúsculo‘, ‘Jogos Vorazes‘ e o vindouro ‘Vingadores: Guerra Infinita‘. Lin só deve fechar contrato, porém, depois de dirigir os primeiros dois episódios da segunda temporada de ‘True Detective‘.

A reportagem diz ainda que o final da saga de Dominic Toretto (Vin Diesel) e companhia ganhará “múltiplos filmes” – provavelmente a nova trilogia citada pela presidente da Universal.

Depois de dirigir ‘Velozes e Furiosos 6‘ em 2013, Lin foi substituído por James Wan (‘Invocação do Mal’) em ‘Velozes e Furiosos 7’; ele, por sua vez, também vai abandonar a franquia de ação para voltar ao comando de sua própria série – dirigindo a sequência de ‘Invocação do Mal’.

velozesefuriosos7_11

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «