“Ministro da Cultura ofendendo artistas é inadmissível”, se revolta Sonia Braga

“Ministro da Cultura ofendendo artistas é inadmissível”, se revolta Sonia Braga

COMPARTILHE!

No último mês, a atriz Sonia Braga e o resto do elenco do filme brasileiro ‘Aquarius‘ passou pelo tapete vermelho da 69ª edição do Festival de Cannes e denunciou o golpe político no Brasil.

A equipe do filme segurou cartazes com frases como “Um golpe aconteceu no Brasil“, “54.501.118 de votos foram queimados!” e “Vamos resistir“.

Como retaliação, o Ministro da Cultura no governo Michel Temer, Marcelo Calero, criticou a manifestação dos artistas brasileiros contra o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff.

“Estão comprometendo a imagem do País em nome de uma tese política, e isso é ruim. Eu acho até um pouco totalitário,Eu acho que a democracia precisa ser respeitada e acho que é um desrespeito falar em golpe de Estado com aqueles que viveram o golpe realmente, o de 1964. Pessoas morreram. As pessoas se esquecem disso. Então eu acho de uma irresponsabilidade quase infantil”, afirmou Calero em entrevista ao Preto no Branco.

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

Hoje,  Braga usou seu perfil no Facebook para responder a Calero.

Confira:

O filme brasileiro foi exibido hoje no festival e foi aplaudido – leia mais!


Crítica | Extraordinário é extraordinário... e vai te fazer chorar litros!


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.