Neil Gaiman justifica ausência de ‘Sandman’ no calendário de estreias dos filmes da DC

Neil Gaiman justifica ausência de ‘Sandman’ no calendário de estreias dos filmes da DC

COMPARTILHE!

Neil Gaiman, autor e criador de Sandman, comentou no seu Tumblr a ausência da adaptação ao cinema de sua HQ no cronograma de filmes da Warner/DC.

Sandman não é um filme da DC Comics. É um filme da Vertigo [selo adulto da DC]. Então faz parte de um cronograma diferente de filmes e será anunciado em um momento diferente”, explicou, incitando que a Vertigo também pode ter seu próprio calendário de longas-metragens.

Joseph Gordon-Levitt, protagonista, roteirista e possivelmente diretor da adaptação de Sandman, conversou recentemente com o Movie Fone sobre o andamento do projeto.

“Neste momento, nós estamos trabalhando no roteiro, eu, Goyer, o roteirista Jack Thorne e Neil Gaiman, junto com o pessoal da DC e Warner Bros. É um time muito bom de pessoas, muitas delas são as mesmas que trabalharam nos filmes de Nolan sobre o Batman. Isso é muito empolgante. Não há um roteiro ainda, porque é uma adaptação bem complicada. ‘Sandman’ não foi escrito como revista, assim como ‘Sin City’. São 75 capítulos. Há um motivo para as pessoas que tentaram adaptar ‘Sandman’ nos últimos 20 anos e falharam.”

Gordon-Levitt não especificou quais funções terá no filme, pois diz que o projeto está “bem, bem, bem no começo.” Embora um anúncio oficial ainda não tenha sido feito, supõe-se que ele vai estrelar, dirigir e co-produzir o longa ao lado de David S. Goyer (roteirista da trilogia ‘Batman’ e ‘O Homem de Aço’).



Publicidade

A criação mais popular de Gaiman é centrada no ser mítico Sonho, parte de um grupo conhecido como Os Perpétuos ou Os Sem Fim. Como seu nome indica, o protagonista dos quadrinhos reina sobre o mundo dos sonhos. A trama tem início quando ele escapa de seu cativeiro, que durou 70 anos, e encontra seu reino dilapidado nos dias atuais.

O projeto está sendo planejado pela Warner desde o fim da década de 1990, e teve o cineasta Roger Avary (‘Regras da Atração’) cotado para dirigir.

Em 2001, o filme foi abandonado, e Gaiman chegou a declarar 6 anos mais tarde, na Comic-Com, que preferiria “não ver nenhum filme de Sandman do que ver um filme ruim de Sandman.” Ele acrescentou: “Mas eu sinto que está chegando a hora de um filme de Sandman. Precisamos de alguém que tenha a mesma obsessão com a obra original que Peter Jackson teve com ‘O Senhor dos Anéis’ ou Sam Raimi teve com ‘Homem-Aranha’.”


Publicidade

Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c