Nicolas Cage revela que gostou de ‘Liga da Justiça’, e fala sobre interpretar o Superman

Nicolas Cage revela que gostou de ‘Liga da Justiça’, e fala sobre interpretar o Superman

COMPARTILHE!

Superman Lives‘, o filme do super-herói que teria Nicolas Cage no papel principal e Tim Burton na direção, nunca aconteceu.

Cage já estava pronto para interpretar o Superman, e chegou a ter até um teste de cena com o uniforme divulgado na internet. O astro é tão fã do personagem, que  tem um filho chamado Kal-El.

Em entrevista à Variety, o ator foi questionado se ainda se vê interpretando o Superman nos cinemas. A resposta foi muito simples:

“Não, de jeito nenhum”.



Eles também perguntaram a Cage se ele viu ‘Liga da Justiça’:

“Eu vi. Eu achei que foi divertido. Isso é tudo o que vou dizer.”

Recentemente, Cage comentou sobre o que o poder que ‘Superman Lives‘ teria sido como se o projeto tivesse vivido:

“O filme que Tim [Burton] e eu iriamos fazer seria o mais poderoso filme do Superman da história… Eu nem tive que fazer o filme e todos sabemos que seria o melhor filme já imaginado. Esse é o Superman. Esse é o filme. Mesmo que você nunca tenha visto isso – é o Superman”, afirmou.

Burton fechou um contrato de US$ 5 milhões para comandar o filme, com uma cláusula que garantia seu pagamento mesmo que o filme fosse cancelado. Cage assinou sob a mesma condição, por um salário de US$ 20 milhões.

A Warner Bros. lançaria o longa no verão de 1998, para comemorar o 60º aniversário da primeira aparição do Superman nos quadrinhos. O orçamento inicial, de US$ 190 milhões, foi baixado para US$ 100 milhões pelo roteirista Dan Gilroy, mas mesmo assim o projeto caiu por terra após torrar US$ 30 milhões.

Jim Carrey e Gary Oldman chegaram a ser considerados para o papel do vilão Brainiac – que também deve ser o principal antagonista no filme da Liga da Justiça.

O longa ainda mostraria a máquina Erradicador, uma espécie de aranha gigante biomecânica, que também poderia se transformar em uma armadura para Superman.

“Um Superman sem uniforme, sem voar… e uma aranha gigante no terceiro ato… Kevin Smith [o roteirista do filme] ainda foi capaz de incluir dois ursos polares”, disse Mohr sobre o ambicioso roteiro.