“Ninguém imaginava que o filme faria sucesso”, afirma ator de ‘Pânico’

“Ninguém imaginava que o filme faria sucesso”, afirma ator de ‘Pânico’

COMPARTILHE!

A franquia ‘Pânico‘ completa 20 anos no dia 20 de Dezembro de 2016, e o CinePOP está preparando uma série de textos especiais para celebrar o filme que fez renascer o subgênero Slasher.

Neste primeiro texto, o ator Matthew Lillard  revelou em entrevista que ninguém imaginava o sucesso que o filme faria em 1996. Ele interpretou o louquinho Stu Macher.

“Ninguém imaginava que o filme faria sucesso. Foi um minúsculo filme de terror. Essa era a minha mentalidade. Não era um grande momento para o terror. Não era um filme importante. Não tinha nada especial. Lembro-me de estar no set e ver Wes pegar uma caixa cheia de máscaras de Halloween. O filme já tinha começado a ser filmado, e eles estavam lutando para encontrar uma máscara para o assassino”, afirmou em entrevista ao Consequences of Sound.

Segundo ele, o elenco era de atores jovens pouco conhecidos.

     

Courteney Cox era uma celebridade, mas não tinha feito nenhum sucesso de bilheteria. Ninguém jamais ouvira falar de Skeet [Ulrich], e Neve [Campbell] era aquela garota da série Party of Five. Ninguém esperava um sucesso. Era Wes Craven, que tinha feito filmes de terror sua vida toda, fazendo o melhor filme que podia”, concluiu.

Pânico tornou-se num grande sucesso comercial na altura de sua estréia, e foi um dos filmes mais lucrativos de 1996, sendo aclamado por críticos de todo o mundo.

Devido ao seu sucesso, resultaram três sequências: ‘Pânico 2‘, ‘Pânico 3′ e ‘Pânico 4‘, que no total arrecadaram ótimos US$ 604 mundialmente.

O resultado produtivo desta quadrilogia se deve a uma série de fatores, entre eles: boas atuações de seus protagonistas Neve Campbell (a indefesa Sidney Prescott), Courteney Cox (da série ‘Friends’) e David Arquette (de diversos filmes desconhecidos na época). A participação especial de Drew Barrymore (‘As Panteras’) recuperada das drogas também ajudou na divulgação e promoção do filme. As homenagens aos clássicos da década de 80 e as participações especiais nos três filmes marcaram esta trilogia, responsável por trazer a tona uma serie de filmes com temática parecidas, alguns muito bons e inteligentes (‘Eu sei o que vocês fizeram no verão passado’ e ‘Prova Final’), outros razoáveis (‘Lenda Urbana’) e alguns muito ruins (‘Medo em Cherry Falls’).

Eleito como um dos 500 melhores filmes da historia do cinema, ‘Pânico‘ ainda ganha lugar no cânone cinematográfico ao ser indicado por diretores de renome como Quentin Tarantino, Guilherme Del Toro e o premiado Pedro Almodóvar.

panico_2


Crítica | Annabelle 2 - A Criação do Mal - Vale a pena?



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.