Os 10 Melhores Filmes de Tom Cruise

Os 10 Melhores Filmes de Tom Cruise

COMPARTILHE!

O ator norte-americano Tom Cruise completa 54 anos hoje, dia 3 de Julho, e segue em alta ascensão na indústria cinematográfica hollywoodiana, sem nunca ter enfrentado baixas nos seus mais de trinta anos de carreira. Isso se deve, principalmente, por se cercar de projetos promissores e trabalhar com profissionais de primeira linha dentro da sétima arte.

Apesar de ser mais conhecido como astro de ação e, por conta de sua beleza, ser erroneamente taxado de “só mais um rostinho bonito”, Cruise estrelou filmes considerados jovens clássicos nas décadas que transitou. Ganhando inúmeros prêmios, inclusive sendo indicado três vezes ao Oscar e várias ao Globo de Ouro, vencendo em duas das ocasiões.

Nos altos dos anos noventa, quando era uma das principais celebridades do momento, o ator resolveu parar e dar um novo rumo a sua trajetória, se tornando também produtor. Foi quando estreou ao lado de Paula Wagner na C/W Productions, com Missão: Impossível (1996). Longa que também protagonizou e que na época foi um estrondoso sucesso de público e crítica. Desde então, o imbatível defensor da Cientologia, emplacou seguidas boas bilheterias.




Na última quinta-feira (13), chegou aos cinemas o quinto capítulo de sua franquia mais rentável, Missão: Impossível – Nação Secreta, uma obra interessantíssima que vem para mostrar a força do agente Ethan Hunt e dar um novo frescor à cinessérie. E para registrar o momento, o CinePOP reuniu uma lista com os dez filmes mais importantes da bela carreira construída por este ator que sempre demonstra bastante vontade em seus trabalhos.

10 – Questão de Honra (1992)

movies_tom_cruise_career_gallery_10

Um papel que marcou principalmente por Cruise contracenar ao lado do monstro sagrado Jack Nicholson e ter diálogos memoráveis. No filme, após um soldado morrer acidentalmente em uma base militar, depois de ter sido atacado por dois colegas da corporação, surge a forte suspeita de ter existido um “alerta vermelho”, uma espécie de punição extra-oficial na qual um oficial ordena a subordinados seus que castiguem um soldado que não tenha se comportado corretamente. Quando o caso chega aos tribunais, um jovem advogado (Tom Cruise) resolve não fazer nenhum tipo de acordo e tentar descobrir a verdade.




9 – Magnólia (1999)

magnolia-bfi-00m-x7y

Um dos trabalhos mais fascinantes que Tom Cruise já fez, isso por trafegar em vários tons que vão da comédia ao drama. Pôde então trabalhar com um dos cineastas americanos mais promissores dos últimos anos, Paul Thomas Anderson. A história se desenvolve em Los Angeles, nos arredores da Rua Magnólia, acompanhando um dia na vida de nove personagens, que moram na mesma área e cujas histórias se cruzam por coincidências do destino. O filme aborda diversos temas polêmicos, como incesto, homossexualidade, drogas e violência.

8 – De Olhos Bem Fechados (1999)

53c8193da92859c669bf3aee_eyes-wide-shut-02

Poucos atores tiveram a honra e oportunidade de trabalhar com o gênio Stanley Kubrick. Principalmente em seu último filme. Menos ainda ao lado da esposa, até aquele momento, a linda Nicole Kidman, que conheceu nas filmagens de Dias de Trovão (1990). Aqui ele interpreta Bill Harford, que é casado com a curadora de arte Alice (Kidman). Ambos vivem o casamento perfeito até que, logo após uma festa, Alice confessa que sentiu atração por outro homem no passado e que seria capaz de largar Bill e sua filha por ele. A confissão desnorteia o sujeito, que sai pelas ruas de Nova York assombrado com a imagem da mulher nos braços de outro. Ele acaba em meio a uma reunião secreta e uma mansão afastada.

7 – Minority Report – A Nova Lei (2002)

Minority-Report_2563465b

A parceria com o sempre mágico Steven Spielberg resultou em um sucesso instantâneo, que depois se repetiu em Guerra dos Mundos (2005). Adaptando um conto de Philip K. Dick, que se passa no ano de 2054, onde há um sistema que permite que crimes sejam previstos com precisão, o que fez com que a taxa de assassinatos caísse à zero. O problema começa a acontecer quando o detetive John Anderton, um dos principais agentes no combate ao crime, descobre que foi previsto um assassinato que ele mesmo irá cometer, colocando em dúvida sua reputação ou a confiabilidade do sistema.

6 – Jerry Maguire – A Grande Virada (1996)

tomcruise_2838644b

Sua passagem em Jerry Maguire não apenas serviu para que fosse indicado novamente ao Oscar, mas também por registrar a incrível marca de seu terceiro filme consecutivo ultrapassar US$ 100 milhões nos EUA. Neste papel marcante, Cruise é um agente esportivo bem-sucedido no ramo, mas numa noite escreve uma declaração de 25 páginas que sugere que os agentes tenham menos clientes e passem a usar um tratamento mais humano para com eles. Este fato provoca sua demissão em um curto espaço de tempo e ele começa a perder de uma só vez todos os seus clientes, sendo obrigado a concentrar toda a sua energia e potencial em seu único cliente, um temperamental jogador negro de futebol americano (Cuba Gooding Jr.) – que na época ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante.

5 – Entrevista com o Vampiro (1994)

994ITV_Tom_Cruise_031

É sabido que Cruise não dá ponto sem nó, mas é bem verdade que sua presença no papel de Lestat, em Entrevista com o Vampiro, foi uma aposta arriscada que no fim das contas acabou dando muito certo. Tendo feito poucas fantasias no cinema, este papel foi uma grande soma para o seu currículo. Passado em São Francisco, anos 1990. Um jornalista entrevista um jovem que afirma ser vampiro, narrando suas experiências dos últimos 200 anos. Em flashback, conhecemos Louis de Pointe du Lac (Brad Pitt), um homem que perdeu a mulher, morta durante o parto, e a vontade de viver. Com a ajuda de uma criatura da noite, Lestat de Lioncourt (Tom Cruise), ele se torna um vampiro e precisa aprender uma nova forma de vida.

4 – Missão Impossível (1996)

Mission-Impossible-1996-tom-cruise-27898891-1024-687

Como foi dito anteriormente, Tom Cruise já era um astro antes de estrelar o primeiro Missão Impossível, mas foi justamente depois de ser comandado por Brian De Palma, que o ator foi elevado a outro patamar, do ponto de vista mercadológico. Até hoje este é considerado por muitos o melhor filme da série. Na trama, durante uma missão em Praga, um grupo especial de agentes cai em uma cilada. O americano Ethan Hunt (Cruise) descobre que apenas ele e outra agente sobreviveram. Tomado como informante, ele foge e começa a agir por conta própria. Com a ajuda de um novo grupo, ele vai tentar limpar seu nome, descobrindo quem foi o espião que armou para o seu time.

3 – Rain Man (1988)

rain-man-screenplay-analysis1

Com inúmeras indicações ao Oscar, entre elas a de Melhor Filme – que inclusive venceu e se firmou como a primeira e única na carreira do ator a conseguir tal feito – esta produção de Barry Levinson foi um grande sucesso e mostrou ao mundo uma nova faceta do até então jovem Tom Cruise. Charlie (Tom Cruise) é um homem que cortou os laços com seu pai há muito tempo, mas quando descobre que este morreu, decide ver o que consegue como herança. E, para a sua surpresa, a maior parte do dinheiro foi destinada a Rain Man (Dustin Hoffman), seu irmão autista e gênio da matemática, cuja existência ele desconhecia. Os dois irmãos fazem uma viagem juntos até Los Angeles, onde Charlie quer exigir no tribunal a metade do dinheiro. No caminho, eles aprendem a se conhecer melhor.

2 – Top Gun – Ases Indomáveis (1986)

curis

Eis aqui o primeiro grande sucesso de Tom Cruise nos cinemas, o filme responsável por colocar o ator em evidência para sempre, a partir daí ele só faria papéis de destaque. Maverick (Cruise), um jovem piloto, ingressa na Academia Aérea para se tornar piloto de caça. Lá se envolve com Charlotte Blackwood (Kelly McGillis), uma bela mulher, e enfrenta um competidor à sua altura (Val Kilmer).

1 – Nascido em Quatro de Julho (1989)

bornonthefourth_3147942b

Talvez a melhor interpretação da carreira de Tom Cruise, um trabalho completamente diferente de tudo que já fez. Irreconhecível, o ator chocou a todos vivendo uma figura polêmica e jogada ao ostracismo. Oliver Stone exigiu o máximo de seus traços dramáticos. Cruise acabou sendo indicado ao Oscar e sua derrota é considerada por muitos como injusta. Interpretando um personagem idealista e cheio de sonhos, que deixou a namorada e a família para ir lutar no Vietnã. Já na guerra, ele é ferido e fica paraplégico. Ao voltar aos Estados Unidos é recebido como herói, mas logo se vê confrontando com a realidade do preconceito aos deficientes físicos, mesmo aqueles considerados heróis de guerra. Ron decide então se juntar a outros para lutar pelos seus direitos, agora negados pelo país que os enviara para a guerra.

Menções honrosas: Colateral (2004) A Cor do Dinheiro (1986), Leões e Cordeiros (2007), Vidas Sem Rumo (1983), No Limite do Amanhã (2014), Jack Reacher: O Último Tiro (2012) e Negócio Arriscado (1983).

Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema!


Não esqueça de CURTIR nossa MATÉRIA ESPECIAL: