Os Filmes de Tyler Perry | Do Pior ao Melhor

Os Filmes de Tyler Perry | Do Pior ao Melhor


🍿 URGENTE! Inscreva-se no nosso canal do YouTube para receber vídeos EXCLUSIVOS e PROMOÇÕES! 🍿



O suspense dramático Acrimônia está em cartaz nos cinemas e, embora muitos não saibam, o filme marca um fato inédito em nosso país. Trata-se do primeiro longa-metragem do cineasta Tyler Perry exibido em nossas salas. Com 46 créditos no currículo como diretor – entre filmes, peças filmadas em vídeo e séries -, Perry é um dos maiores representantes do cinema negro atual. Tanto que muitos nomes de peso não dispensam a chance de trabalhar com ele.

Mesmo com muitas obras irregulares na opinião dos especialistas, a importância de Perry junto a seu público cativo não pode ser menosprezada. E aproveitando o lançamento de seu mais recente longa, protagonizado pela indicada ao Oscar Taraji P. Henson, vamos dar uma olhada em seus 18 filmes feitos para o cinema (lançados direto em vídeo por aqui), ranqueados do pior ao melhor em nossa nova lista.

Ps. Quem quiser saber mais sobre Perry e sua nova produção Acrimônia, confira neste link.

18 | Boo 2! O Halloween de Madea (2017)




Bom, também devo dizer que parte do repertório de Tyler Perry, ou seu prato principal, é a personagem Madea. Uma espécie de ‘Minha Vovó é uma Peça’, a idosa truculenta e cheia de atitude é interpretada pelo próprio diretor, se tornando sua marca registrada. A maioria dos filmes cômicos do cineasta contam com a personagem. E aqui, Perry encontrou um filão ao adicioná-la em uma trama de Halloween e terror de mentirinha. Tanto que esta já é a continuação. Infelizmente, é também o filme menos apreciado do artista, rendendo apenas 6% de aprovação no agregador Rotten Tomatoes.

17 | Relação em Risco (2013)

Tyler Perry intercala seus filmes entre comédias escrachadas (protagonizadas por ele mesmo em drag, na pele de Madea), dramas lacrimosos sobre relacionamentos e dramas mais “intensos” puxados para o thriller. Relação em Risco se encaixa na última categoria. Na trama, Jurnee Smollett-Bell interpreta uma jovem casada, dona de um brilhante futuro. Tudo muda quando ela conhece um bilionário em seu ambiente de trabalho, deixando seu casamento abalado. Traição e melodrama: teu nome é Tyler Perry. Para sentir o tamanho do problema, aqui temos a participação de Kim Kardashian no elenco. O filme soma 15% de aprovação.

16 | O Clube das Mães Solteiras (2014)

Quem disse que mamães solteiras não podem se divertir? Certamente não foi Tyler Perry. Nesta comédia dramática, que surpreendentemente não conta com a presença de Madea, cinco mulheres formam uma sociedade para equilibrar suas tarefas como donas de casa e mães, com suas realidades de descasadas em busca de diversão. O filme quebra um paradigma para o diretor e apresenta personagens principais brancas (como Wendi McLendon-Covery, Amy Smart e Zulay Henao). Quem comanda o elenco, no entanto, é a ótima Nia Long. O filme tem 19% de aprovação.

15 | O Natal de Madea (2013)

Antepenúltimo filme lançado da personagem nos cinemas – até o momento - , Tyler Perry resolve comemorar outro feriado famoso ao lado da vovó incorreta. No natal, Madea viaja para passar as festividades na casa da filha de uma amiga, precisando igualmente dividir espaço com os pais brancos e caipiras do namorado da moça. O filme tem 20% de aprovação.

14 | As Testemunhas de Madea (2012)

Enquanto alguns vibravam com Os Vingadores e O Cavaleiro das Trevas Ressurge nos cinemas, no mesmo ano era lançado As Testemunhas de Madea. Quem estava certo ou errado nas escolhas de filme para assistir na época? Sexto longa protagonizado pela personagem e dirigido por Perry, a obra mistura um investidor fraudulento de Wall Street (papel de Eugene Levy, o pai do Jim de American Pie) perseguido pela máfia, precisando ser relocado através do sistema de proteção a testemunhas. E adivinha onde ele vai parar? Exato, na vizinhança de Madea. No elenco, a musa 90´s Denise Richards. O filme acumula 20% de aprovação.

13 | Acrimônia (2018)

O mais recente lançamento de Tyler Perry, em cartaz nos cinemas nacionais, marca a terceira colaboração do diretor com a atriz Taraji P. Henson. Desta vez, novamente apostando no drama e no suspense, o cineasta conta a história de um amor que começa a sair dos trilhos até atingir consequências trágicas. O interessante é a forma como Perry manipula seu espectador. Acredite. Acrimônia, no entanto, não esquece seu lado “Maria do Bairro” e junto aos críticos marca irrisórios 21% de aprovação.

12 | Boo! O Halloween de Madea (2016)

O público adora filmes de terror. Até mesmo o público de Tyler Perry. Tanto que esta última aparição de Madea nas telonas fez sucesso a ponto de gerar continuação – sendo a única sequência na carreira da personagem. O diretor usa diversos elementos para satirizar as produções do gênero. O primeiro experimento do cineasta pelo terreno do “terror”, ou ‘terrir’, no entanto, conquistou apenas 23% de aprovação junto aos especialistas.

11 | Madea´s Family Reunion (2006)

Este foi o primeiro filme dirigido por Tyler Perry em sua carreira. Antes, o cineasta havia comandado as filmagens de suas peças. Mas foi com Madea´s Family Reunion, a sua estreia nos cinemas. Como o título já diz, no filme, Madea planeja uma reunião de família, com todos os dramas e problemas – levados na base da comédia – acarretados quando se promove um encontro familiar. Uma curiosidade é que esta não foi a primeira aparição da personagem nos cinemas. O debute de Madea ocorreu em Diário de uma Louca (2005) no ano anterior, igualmente baseado num texto de Perry. Tal filme não irá figurar em nossa lista porque não foi dirigido pelo intérprete da personagem, e sim por Darren Grant, o único cineasta além de Perry a comandar um filme da excêntrica vovó. Outro detalhe, encontrado em ambos os filmes iniciais de Madea, era o fato da personagem andar armada, portando uma pistola. Tal elemento foi abandonado nos longas mais recentes. O filme soma 25% de aprovação junto aos críticos. Enquanto Diário de uma Louca soma 16% de aprovação.

10 | As Garotinhas do Papai (2007)

Todos os filmes da lista, obviamente, são escritos e dirigidos por Tyler Perry. Aqui, no segundo filme comandado pelo cineasta, ocorria também sua primeira incursão longe de Madea e longe da comédia escrachada. As Garotinhas do Papai é um drama que aborda a luta de um pai (papel de Idris Elba) pela guarda das pequenas filhas. Gabrielle Union interpreta a advogada que irá ajuda-lo e se apaixonar por ele e pelas meninas – ei, este ainda é o universo utópico de contos de fada de Tyler Perry. O longa marca 26% de aprovação.

09 | Por que Eu Me Casei Também? (2010)

Como dito anteriormente, os filmes de Haloween, Boo!, serviram para marcar a primeira continuação da personagem Madea, recorrente em várias produções, mas todas de temáticas diferente. No entanto, Boo não foi a primeira continuação da carreira de Perry. Antes do primeiro Boo ser lançado, o diretor já havia confeccionado esta continuação da história sobre um grupo de amigos refletindo sobre seus casamentos. Esta sequência surgiu três anos após o filme original e conta com a irmã do rei do pop, Janet Jackson, como uma das protagonistas. O filme marca 27% de aprovação.

08 | Madea Goes to Jail (2009)

Tyler Perry costuma intercalar um filme cômico de sua personagem fetiche com algum drama de pseudo seriedade. Aqui, o diretor leva Madea para a prisão. O filme marca a quarta aparição da personagem nas telonas, a terceira dirigida por Perry e a segunda com seu nome no título, depois de Madea´s Family Reunion. O curioso aqui é que o longa conta com nomes como Viola Davis e Sofía Vergara no elenco. Madea Goes to Jail marca 28% de aprovação.

07 | Uma Boa Ação (2012)

No mesmo ano em que lançava a fanfarra As Testemunhas de Madea, Tyler Perry – que é uma máquina e não para de trabalhar – também estreava este “drama” nas telonas. Geralmente utilizando personagens femininas como protagonistas de seus filmes, em Uma Boa Ação o diretor resolve ser o personagem principal. Na trama, Perry vive um homem bem sucedido e certinho, vindo de família rica e casado, que tem sua vida perfeita sacudida quando conhece e se apaixona pela faxineira de eu escritório (papel de Thandie Newton). Como sutileza não é o forte do cineasta, o nome de seu personagem no longa é Wesley Deeds – forçada de barra com o título original Good Deeds – sacaram o trocadilho entre o nome do protagonista e o termo “boas ações”? O filme marca 30% de aprovação.

06 | For Colored Girls (2010)

Este é o único filme da lista cuja ideia não partiu da mente de Tyler Perry. Embora o diretor tenha adaptado o roteiro, ele é baseado numa série de poemas transformados em uma peça de Ntozake Shange, sobre diferentes mulheres lidando com questões femininas e negras. Isto faz de For Colored Girls uma miscelânea de contos e uma produção única na filmografia do cineasta. Além disso, conta com talvez o melhor elenco recheando um projeto assinado por Perry – com nomes como Whoppi Goldberg, Janet Jackson, Kerry Washington, Thandie Newton e Tessa Thompson. Mesmo assim, o filme marca apenas 32% de aprovação.

05 | Meet the Browns (2008)

Quarto filme dirigido por Perry e o segundo portando a personagem Madea, embora não tenha seu nome no título – fato ocorrido apenas duas vezes, até o momento, na filmografia do diretor. Apesar de não ter gerado continuação, Meet the Browns se tornou uma série de TV logo no ano seguinte, com 17 episódios – todos dirigidos por Tyler Perry. Na trama, uma belíssima Angela Bassett interpreta uma mulher que leva os filhos pequenos para o funeral do pai que nunca conheceu. Mãe solteira, ela logo é apresentada à família e se junta ao novo clã. O filme tem 32% de aprovação.

04 | Madea´s Big Happy Family (2011)

Este é o filme com o nome da personagem Madea no título mais bem avaliado pelos especialistas. A trama, mais uma vez, mostra a reunião da desbocada senhora com a família para um jantar, no qual muitas verdades e lavação de roupa suja virão à tona. O filme marca 37% de aprovação.

03 | Por Que Eu Me Casei? (2007)

Agora nos aproximamos dos filmes que receberam uma aprovação quase mediana dos especialistas, dentro da carreira do diretor. Esta é a primeira parte do filme que se propõe a discutir o casamento de quatro casais de amigos e suas questões. O filme marca a primeira parceira de Janet Jackson com o diretor e tem 46% de aprovação.

02 | The Family that Preys (2008)

Surpreendentemente, este é um dos únicos filmes de toda a carreira do diretor que recebeu uma avaliação mediana. A produção marca 52% de aprovação, pairando, por pouco, acima da média. Na trama, o relacionamento de uma jovem mulher negra com um rapaz branco traz um conflito entre as famílias de ambos quando estas precisam se conhecer e conviver. No elenco, a ótima Sanaa Lathan – uma de minhas atrizes preferidas – protagoniza em sua única participação num filme do diretor. Além dela, a vencedora do Oscar Kathy Bates, Alfre Woodard, Taraji P. Henson, Robin Givens (ex de Mike Tyson) e o próprio Perry.

01 | I Can Do Bad All By Myself (2009)

Taraji P. Henson pode ter protagonizado Acrimônia, mas também é a protagonista do filme mais elogiado pelos críticos da carreira de Tyler Perry. Na trama, a atriz vive uma mulher descompensada, que precisa cuidar de crianças pequenas temporariamente. A situação termina sendo um curso de amadurecimento relâmpago para a protagonista. Este é o segundo e último filme – até o momento – que conta com a participação da personagem Madea, sem ter seu nome no título do longa. O filme tem 63% de aprovação – passando da média e ganhando o tomate fresco pela primeira vez na lista dos filmes do cineasta.

Bônus:

Nobody´s Fool (2018)

Como prova de que todo artista negro que está em ascensão não recusa um convite para um filme do diretor, o mais recente trabalho de Tyler Perry conta com ninguém menos do que Tiffany Haddish, a comediante do momento. No longa, ela interpreta uma mulher que acabou de sair da cadeia e passa a viver com a irmã rica e bem sucedida. Whoopi Goldberg vive a mãe das duas. Vamos esperar e ver qual nota a comédia irá ganhar da imprensa.





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » http://goo.gl/mPcJ5c