Por Onde Andam… os astros de ‘Percy Jackson’?!

Por Onde Andam… os astros de ‘Percy Jackson’?!

COMPARTILHE!

Andávamos meio sumidos com a coluna Por Onde Andam, é verdade. Mas não esquecemos desta coluna que todos vocês adoram. E depois desse breve hiato, nada melhor do que retornar com uma franquia amada pelos fãs de literatura jovem adulta, criada por Rick Riordan, e que casa muito bem com o tom fantástico e de fantasia da época do Halloween: Percy Jackson.

Ps. Nesta edição levaremos em conta as duas produções cinematográficas de Percy Jackson e seus personagens: O Ladrão de Raios (2010) e Mar de Monstros (2013).

Como sempre, não esqueça de conferir nossas edições passadas da coluna: As Patricinhas de Beverly Hills, O Clube dos Cinco, Supergirl – O Filme, A Múmia e American Pie. E não esqueça também de comentar deixando sua opinião. Vamos começar?

Logan Lerman (Percy Jackson)

Participe do nosso GRUPO ESPECIAL do Facebook » https://goo.gl/kg8NYU

     

No melhor estilo Harry Potter, nosso protagonista é um jovem que acha sua vida sem graça, até se descobrir como descendente de Deuses Gregos. Seu intérprete, o jovem Logan Lerman, de 25 anos, já havia participado de produções como Os Indomáveis (2007) e Gamer (2009) antes de ser escolhido para o papel. Depois de protagonizar esta aventura, Lerman conseguiu destaque em filmes como Os Três Mosqueteiros (2011), As Vantagens de Ser Invisível (2012), Noé (2014) e Corações de Ferro (2014). Seu último trabalho foi no drama de época Indignação, lançado em 2016. O ator também poderá ser visto em breve no thriller dramático Sidney Hall, ao lado de Elle Fanning e Michelle Monaghan.

Alexandra Daddario (Annabeth)

A beldade Alexandra Daddario, de 31 anos, talvez seja a atriz do elenco de Percy Jackson que mais destaque na carreira vem conseguindo, isso incluindo até mesmo o protagonista Lerman. No mesmo ano do segundo filme da franquia, Daddario protagonizava O Massacre da Serra Elétrica 3D – A Lenda Continua, o sétimo filme da famosa série de terror. Depois, os holofotes novamente voltariam para a moça, em sua participação numa das melhores minisséries de antologia de todos os tempos, a enigmática True Detective, que estreava sua primeira temporada em 2014. Daí vieram participações na série American Horror Story, na adaptação de Nicholas Sparks A Escolha, e em duas superproduções ao lado de Dwayne Johnson, Terremoto: A Falha de San Andreas (2015) e Baywatch (2017). Este ano, a atriz lança o romance When We First Met, ao lado de Robbie Amell e estará na sequência de San Andreas, já anunciada.

Brandon T. Jackson (Grover)

Grover, o melhor amigo de Percy Jackson, é na verdade um fauno, meio homem, meio bode. Jackson já havia marcado presença com sua hilária personificação do rapper Alpha Chino na comédia igualmente hilária Trovão Tropical (2008). Depois do primeiro Percy Jackson, viveu o filho de Martin Lawrence na continuação Vovó… Zona 3: Tal Pai, Tal Filho (2011). No mesmo ano da estreia do segundo Percy Jackson, o ator interpretou Aaron Foley, filho do Tira da Pesada em pessoa, Axel Foley (Eddie Murphy), num episódio piloto da série que não vingou. Um dos últimos filmes de Jackson foi o terror Eloise (2017), protagonizado por Eliza Dushku, a eterna Faith de Buffy – A Caça-Vampiros.

Pierce Brosnan (Chiron)

O ator britânico dispensa apresentações, já que antes da franquia personificou por quatro filmes o agente secreto mais famoso da sétima arte, 007. Após sua participação no primeiro Percy Jackson (o ator não retornaria para viver o mesmo personagem na sequência), interpretando o centauro Chiron (meio homem, meio cavalo), Brosnan teve uma série de filmes nada memoráveis em seu currículo. Alguns dos principais destaques foram os trabalhos na minissérie Bag of Bones (2011), baseada no livro de Stephen King; Heróis de Ressaca (2013), de Edgar Wright; nos recentes The Only Living Boy in New York (2017), de Mark Webb; e no ainda inédito no Brasil Urge, um suspense intrigante. Um de seus últimos filmes lançados foi o thriller de ação e espionagem O Estrangeiro (2017), o qual protagoniza ao lado do lendário Jackie Chan.

Anthony Stewart Head (Chiron)

Com a saída de Pierce Brosnan da franquia, coube ao eterno bibliotecário Giles de Buffy (a série aí de novo) substituí-lo no mesmo personagem. O ator Anthony Stewart Head, agora conhecido apenas como Anthony Head, como dito, ficou imortalizado como o mentor de Sarah Michelle Gellar na cultuada série juvenil Buffy. Depois, o ator teve participações em filmes como Scoop – O Grande Furo (2006), de Woody Allen, A Dama de Ferro (2011) e Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança (2011). Além disso, o ator participou de uma versão moderna do musical cult, The Rocky Horror Picture Show (2006). Um dos últimos trabalhos de Head foi no drama da Sony, Um Gato de Rua Chamado Bob (2016).

Sean Bean (Zeus)

O ator Sean Bean tem fama de morrer na maioria dos filmes e séries que participa. E seu papel como Ned Stark na prestigiada Game of Thrones não deixa mentir. É claro que antes, Bean já havia marcado presença em filmes como 007 Contra Goldeneye (1995), no qual contracenou com o colega de elenco Pierce Brosnan, Ronin (1998) e na trilogia Senhor dos Anéis (2001, 2002 e 2003). Recentemente, o ator pôde ser visto em Perdido em Marte (2015), filme indicado ao Oscar na categoria principal. Este ano o ator esteve em Drone, novo suspense militar que discute o uso das máquinas, depois de Good Kill: Máxima Precisão (2014) e Decisão de Risco (2015); e na série dramática Broken, na qual interpreta um padre.

Rosario Dawson (Persephone)

Rosario Dawson é mais uma atriz talentosa que emprestou seu nome para a franquia, mas não voltou para a segunda parte. É claro que entre os trabalhos da moça destacam-se filmes como Sin City – Cidade do Pecado (2005), À Prova de Morte (2007), de Quentin Tarantino, e o drama Sete Vidas (2008), no entanto, Dawson começou a carreira no cinema em 1995, como parte do elenco do polêmico Kids, escrito por Harmony Korine (diretor de Spring Breakers e o sujeito que tentou roubar Meryl Streep no programa de David Letterman). Depois vieram produções como Jogada Decisiva (1998) e A Última Noite (2002), ambas de Spike Lee, Josie e as Gatinhas (2001) e Homens de Preto 2 (2002). Atualmente, a atriz vai muito bem, obrigado, mais conhecida como Claire Temple, de todas as séries da parceria Marvel / Netflix (vide as duas temporadas de Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, Punho de Ferro e Os Defensores).

Uma Thurman (Medusa)

A modelo transformada em atriz iniciou a carreira no cinema participando de produções como As Aventuras do Barão de Münchausen (1988), de Terry Gilliam, e Ligações Perigosas (1988), de Stephen Frears. No início da década de 1990, Thurman chegaria a um dos pontos mais altos de sua carreira com Pulp Fiction (1994), de Quentin Tarantino, sétimo filme mais bem votado de todos os tempos na preferência do público do maior site de cinema da rede, o IMDB. Além disso, Pulp Fiction renderia para a atriz sua única indicação ao Oscar. Parceria esta reprisada com Tarantino no épico de vingança dividido em duas partes, Kill Bill – Volume 1 (2003) e Volume 2 (2004).

No final da mesma década (90), a atriz conheceria também alguns dos pontos mais baixos de seu currículo, participando de superproduções malfadadas, vide Batman & Robin (1997) e Os Vingadores (1998). Nos últimos anos, Thurman também participou de outro épico dividido em duas partes, este bem mais polêmico, saído de uma mente muito mais controversa: Ninfomaníaca 1 e 2 (ambos de 2013), de Lars von Trier. O próximo trabalho da atriz é justamente ao lado do cineasta dinamarquês, no suspense The House That Jack Built, sobre a vida de um serial killer ao longo de 12 anos, com estreia prometida para ano que vem.

Leven Rambin (Clarisse)

Clarisse foi uma das novas personagens adicionadas na continuação Mar de Monstros (2013), e que ganhou grande destaque na trama. A jovem marrenta criou uma boa dinâmica de embate com os protagonistas, inicialmente se tornando aquele tipo de personagem que adoramos odiar. A bela texana Leven Rambin já havia aparecido nas telonas em outra franquia de muito sucesso no ano anterior ao lançamento do segundo Percy Jackson: Jogos Vorazes (2012), no qual interpretou a personagem Glimmer.

Depois de sua participação na série como Clarisse, e seguindo os passos de sua colega de elenco Alexandra Daddario, Rambin ganhou um papel na segunda temporada do programa de prestígio da HBO, True Detective, no qual viveu a irmã da personagem de Rachel McAdams. Além disso, a atriz esteve no drama gay independente I Am Michael, com James Franco e Zachary Quinto. A próxima parada para a moça é o seriado sobre sequestros Gone, baseado no livro de Chelsea Cain, que estreia em 2018.

Douglas Smith (Tyson)

Embora muitos não o reconheçam, Douglas Smith foi o jovem ciclope, meio irmão do protagonista Percy Jackson, no segundo (e último) filme da franquia inacabada. Antes desta curiosa participação, Smith havia personificado Ben Henrickson por 53 episódios na série Amor Imenso (Big Love), com o saudoso Bill Paxton. Depois de sua incursão na franquia baseada nos livros de sucesso, o ator esteve em filmes de terror como Ouija: O Jogo dos Espíritos (2014) e Nunca Diga o Seu Nome (2017), em blockbusters como O Exterminador do Futuro: Gênesis (2015), e em séries como Vinyl (2016), de Martin Scorsese. Seu próximo trabalho é na série de época, crime e drama, The Alienist, protagonizada por Dakota Fanning, Daniel Brühl e Luke Evans, e criada por Cary Fukunaga (True Detective e It – A Coisa).

Chris Columbus (Diretor – Primeiro Filme)

O cineasta Chris Columbus também dispensa apresentações. Na década de 1980, o diretor foi responsável pelo roteiro de alguns dos maiores sucessos da época, vide Gremlins (1984), Os Goonies (1985) e O Enigma da Pirâmide (1985). Como diretor emplacava enormes campeões de bilheteria na década seguinte, vide Esqueceram de Mim (1990) e sua continuação (1992), e Uma Babá Quase Perfeita (1993).

É claro, não podemos esquecer (desculpe pelo infame trocadilho) que Columbus foi o responsável pelo pontapé inicial da mais bem sucedida franquia baseada em literatura jovem adulta da história, tendo comandado os dois primeiros filmes de Harry Potter (2001 e 2002).  O último trabalho até o momento do diretor obteve uma recepção morna, apesar da premissa nostálgica: Pixels (2015), com Adam Sandler. Seu próximo projeto pode ser The Secret Lives of Road Crews, uma comédia de ação sobre um grupo de operários de estrada precisando combater uma ameaça alienígena. Vizinhos Imediatos de 3º Grau (2012), alguém?

Thor Freudenthal (Diretor – Segundo Filme)

Cineasta de pouca expressividade, Freudenthal começou a carreira no cinema com filmes de comédia infantil, vide Hotel para Cachorros (2009), com Emma Roberts, e Diário de um Banana (2010). Depois de sua incursão na série Percy Jackson, o diretor se voltou para a TV e comandou episódios de seriados de heróis como Flash, Supergirl e Arrow. Seu próximo trabalho será a direção de um episódio da vindoura The Tick, na nova roupagem do herói cômico com fantasia de carrapato azul, com estreia para 2018.


Cenas Pós-Créditos de Liga da Justiça


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.