Por personagem gay, ‘A Bela e a Fera’ é classificado para (+16) na Rússia

Por personagem gay, ‘A Bela e a Fera’ é classificado para (+16) na Rússia

COMPARTILHE!

O Ministério da Cultura Russo confirmou ao Screen Daily que ‘A Bela e a Fera‘ recebeu classificação indicativa +16.

Nesse fim de semana, o filme passou por uma nova revisão cerca de 12 horas após o diretor do live-action, Bill Condon, confirmar a uma revista americana que o personagem interpretado por Josh Gad seria gay.

A partir disso, o governo do país concluiu que ‘A Bela e a Fera‘ não pode ser exibido para crianças ou adolescentes menores de 16 anos por conter “apologias a conteúdos sexuais não condizentes com a sociedade russa”.

A Disney, até então, não comentou sobre o assunto.

     

A nova versão de ‘A Bela e a Fera‘ conta a fantástica jornada de Bela (Emma Watson), uma jovem bela e brilhante que se torna prisioneira de uma fera malvada (Dan Stevens) em seu castelo. Apesar da terrível situação, Bela se torna amiga dos habitantes do castelo encantado e, por fim, aprende a ver além do exterior da Fera e descobre o coração e a alma de um príncipe.

Bill Condon, responsável pelos dois últimos filmes da ‘Saga Crepúsculo‘, dirige.  Stephen Chbosky, autor do livro ‘As Vantagens de Ser Invisível‘, roteiriza a adaptação para o cinema.

A estreia nos cinemas nacionais acontece dia 16 de Março.


Crítica | Annabelle 2 - A Criação do Mal - Vale a pena?



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.