Roteiro de ‘Quarteto Fantástico’ era bem mais legal que o filme

Roteiro de ‘Quarteto Fantástico’ era bem mais legal que o filme

COMPARTILHE!

Quarteto Fantástico‘ fracassou nas bilheterias, mas poderia ter sido bem diferente. O roteirista Max Landis (‘American Ultra’), que trabalhou com o diretor Josh Trank em ‘Poder Sem Limites‘, contou em entrevista ao Daily Beast como era a versão inicial do roteiro entregue à 20th Century Fox.

“Meu Quarteto Fantástico começava com a origem dos heróis, após eles irem ilegalmente para outra dimensão e voltarem com poderes. Eles se tornam as maiores celebridades do mundo, mas começam a descobrir que seus poderes são destrutivos. O governo começa a caçá-los e eles se separam, e você realmente entende a dinâmica dessas pessoas e como elas estão aprendendo a controlar seus poderes. Portanto, a origem é mostrada nos primeiros dois minutos e, em seguida, você aprende que é um filme sobre esses personagens. Os Vingadores tinha acabado de sair quando terminei o roteiro,  e eu queria apresentar a equipe de super-heróis da Fox de modo que qualquer um deles poderia derrotar todos os Vingadores, e qualquer um deles poderia ser o vilão de um filme dos Vingadores. Reed Richards é indestrutível. Sue Storm pode controlar a luz. Johnny Storm pode queimar mais quente que o sol. O Coisa é incrivelmente forte, e você não pode machucá-lo, não importa o que você faça. Esses quatro amigos poderiam acidentalmente se tornar deuses”, revelou.

Landis imaginava uma trilogia de filmes, que seria focada na transição do Doutor Destino para o lado mal.




Doutor Destino seria um dos heróis, um dos amigos de faculdade de Reed. Durante o filme, ele está tentando encontrá-los e ajudá-los, mas não ficava claro se ele era bom ou ruim, até no final do filme. Quando você acha que ele é um vilão, ele terminava o filme salvando o Quarteto”, afirmou.

Por fim, o roteiro foi reescrito por Simon Kinberg (‘X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido‘ e ‘X-Men: O Confronto Final‘).

Mesmo com o fracasso de ‘Quarteto Fantástico‘, a Fox não está disposta a devolver o direito da franquia para a Marvel Studios e seguirá em frente com a sequência. O estúdio espera perder aproximadamente US$ 60 milhões com o filme (o orçamento foi de US$ 120 milhões), mas decidiu não jogar a toalha.

Segundo o HitFix, a sequência já está sendo preparada.




“O estúdio vai avançar com a sequência de Quarteto Fantástico. Pode ser que não chegue na data inicialmente programada em 2017, mas eles definitivamente estão planejando fazer isso.”, afirmou a fonte.

O site também colocou mais lenha na fogueira na briga entre o diretor Josh Trank e a Fox, após ele afirmar que sua versão não chegou nos cinemas.

“Ele pode até afirmar que sua versão estava pronta há um ano e era incrível, mas essa era uma opinião que a maioria das pessoas envolvidas na produção não tinha. O estúdio fez várias reuniões pensando em cancelar tudo, de tão forte que era a preocupação com a conduta do diretor”, afirmou a fonte.

Quarteto Fantástico’ já está em exibição nos cinemas nacionais. A Entertainment Weekly investigou o que aconteceu nos bastidores da produção, e a famosa briga entre o diretor Josh Trank e a 20th Century Fox, e os últimos detalhes são definitivamente chocantes – Saiba mais!

Entenda a peruca bizarra usada por Kate Mara em ‘Quarteto Fantástico’… 

Leia nossa crítica!

O novo filme tem apenas 9% de aprovação no Rotten Tomatoes, contra 27% do criticado filme de 2005 dirigido por Tim Story.

 

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «